Policia prende assassinos do gesseiro

Bruno, o baixinho, é o chefe da quadrilha de ladrões de moto; O de camisa branca é Sergio Diovane, intrujão da moto roubada do Cesar; Gabriel é o que fo reconhecido pelo gesseiro e deu os golpes; O Gordinho é o 'dimenor' L.F... Todos estão por conta do contribuinte no Hotel Recanto das Margaridas.

Bruno, o baixinho, é o chefe da quadrilha de ladrões de moto; O de camisa branca é Sergio Diovane, intrujão da moto roubada do Cesar; Gabriel é o que foi reconhecido pelo gesseiro e deu os golpes; O Gordinho é o ‘dimenor’ L.F… Todos estão por conta do contribuinte no Hotel Recanto das Margaridas.

Desde que foi comunicada do latrocínio do gesseiro Cesar Jose de Carvalho, ao pé da manha desta terça na cidade de Conceição dos Ouros, a policia não descansou enquanto não colocou as pulseiras de prata nos assassinos. Foram quase quatro vinte e quatro horas de perseguição e outras tantas para esclarecer o crime, sentar os assassinos ao piano e manda-los para o xadrez!

O fio da meada foi a informação de um amigo oculto da lei que diz ter visto um dos suspeitos tentando esconder a arma do crime em um pasto nas imediações de sua casa. Para a prisão dos suspeitos foi um pulinho!

O primeiro suspeito a receber a visita dos homens da lei foi o furador de poço Bruno Henrique Costa, residente no Bairro Santa Barbara em Conceição dos Ouros. A entrada em sua casa foi autorizada pelo Homem da Capa Preta da Comarca de Cachoeira de Minas. Lá os policiais encontraram os indícios do crime, tais como roupas e sapatos sujos de barro e gesso e dois amortecedores de moto!

Interpelado sobre o que fizera na noite anterior, Bruno Henrique respondeu que ficara em casa assistindo filmes na companhia dos amigos Lucas e Gabriel. Era quase isso… Na verdade eles passaram parte da noite ‘participando’ de um filme… De terror!

 

Pedaços de caibros...

Pedaços de caibros…

Lucas e Gabriel foram localizados em um pasto não muito distante dali e como haviam esquecido de combinar o álibi com Bruno, caíram em contradição. A seguir os policiais localizaram na beira de um mato vários pedaços de caibros  e uma faca quebrada com manchas de sangue  e gesso, usados no assassinato de Cesar.

Com a casa caída, Bruno tentou empurrar toda a responsabilidade para os parceiros Lucas e Gabriel. Quanto à moto roubada do gesseiro ele disse que estava na posse do intrujão Sergio Diovane Braz, morador da cidade de São Bento do Sapucaí. Já no final da noite os policiais apresentaram as pulseiras de prata à Diovane no bairro Canta Galo na cidade serrana e recuperou a moto roubada.

Segundo a policia apurou, o roubo foi cometido pelo trio Bruno Henrique Costa, 18, Gabriel Fernando da Fonseca, 18 e L.F.A.P. 17, todos residentes no município de Conceição dos Ouros. Os assassinos usaram os pedaços de madeira da própria fabrica de gesso – usados para fazer escoras – para golpear a vitima por todo corpo, especialmente na cabeça, conforme necropsia.

– Era apenas para levar a moto, mas o Cesar me reconheceu… Aí eu tive que bater na cabeça dele com o pedaço de pau – confessou Gabriel Fernando da Fonseca.

O gesseiro Cesar foi inicialmente atacado com uma faca e recebeu alguns golpes superficiais nas costas, como mostram a necropsia, mas a faca se quebrou!

 

Moto roubada do Cesar.

Moto roubada do Cesar.

Logo depois de matar o gesseiro, Bruno foi levar a moto roubada para o intrujão na cidade São bento do Sapucaí. De manhãzinha Sergio o trouxe de volta para Conceição dos Ouros na mesma moto roubada. Na ocasião sugeriu e ajudou os assassinos a queimarem as roupas usadas no crime no inicio da madrugada. Isso faz dele participe de todo o crime. Como não existe crime perfeito, esqueceram de queimar todas as provas do crime!

Segundo policiais civis de Cachoeira de Minas, que participaram ativamente da caçada aos assassinos do gesseiro, a quadrilha de ladrões de motos composta por Bruno Henrique,L.F., Gabriel Fernando e Sergio Diovane há meses vinha sendo investigada pelos policia da comarca. O quarteto é suspeito de dezenas de furtos de motos na região do polvilho! Agora o caldo engrossou!

 

 

Anúncios

Latrocínio em Conceição dos Ouros

Cesar morreu por traumatismo craniano em virtude das pauladas

Cesar morreu por traumatismo craniano em virtude das pauladas.

O sinistro aconteceu no inicio da madrugada desta terça, 24, no bairro Santa Efigênia, zona rural de Conceição dos Ouros, capital do polvilho.

Cesar Jose de Carvalho mal havia iniciado seu turno de trabalho na fabrica de gesso, quando foi surpreendido pelos ladrões. Ele tentou defender o patrimônio e lutou bravamente com os assaltantes, mas foi vencido. Cesar morreu com vários golpes do que parece ser, pelos ferimentos, um pedaço de caibro, em quase todo o corpo, principalmente na cabeça, sofrendo traumatismo craniano.

O crime foi descoberto e comunicado a policia pela manhã. Desde então a policia militar está perseguindo os assassinos. Além da motocicleta, o patrão de Cesar não soube informar o que mais foi levado da fabrica de gesso, pelos latrocidas.

Até as cinco e meia da tarde desta terça, com dois suspeitos na mira, a policia ainda não havia concluído as diligencias.

O corpo do gesseiro Cesar Jose de Carvalho, 52 anos, passou por exame de necropsia no IML de Pouso Alegre e foi liberado para a família no inicio da tarde.

 

* Leia daqui a pouco: Cebolinha caiu de  novo

 

Meninos que vi crescer… Entre os ‘adultos’ de Pouso Alegre!

Airton Chips e seu "Meninos..." e Maristela Saponara Correa, Secretaria da Academia Pousoalegrense de Letras e autora do livro "Teatro Municipal de Pouso Alegre".

Airton Chips e seu “Meninos…”, e Maristela Saponara Corrêa, secretaria da Academia Pousoalegrense de Letras e autora do livro “Teatro Municipal de Pouso Alegre”.

Na ultima de outubro, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Pouso Alegre, em parceria com a Biblioteca Municipal Prisciliana Duarte de Almeida, realizou uma exposição de livros no saguão da Biblioteca Municipal, na Praça Senador Jose Bento. O objetivo do evento era, além de comemorar a Semana Nacional do Livro, expor as obras e homenagear os autores pousoalegrenses. Cerca de 100 livros de 89 autores radicados em Pouso Alegre foram expostos.

O livro de crônicas policiais “Meninos que vi crescer”, de autoria deste blogueiro, esteve em exposição.

Ver meu “Meninos…” entre as obras de Amadeu de Queiroz, João Beraldo, Jorge Beltrão, Octavio Miranda Gouveia e outros conterrâneos ilustres deixou-me ligeiramente garboso e motivado a lançar o segundo volume!

livro  Meninos que vi crescer, livro robusto com 50 crônicas policiais vivenciadas pelo autor na cidade de Pouso Alegre e região, contadas ao longo de 469 paginas, já está à venda nas livrarias e bancas de revistas de Pouso Alegre e através do site “meninosquevicrescer.com.br”. No entanto, o lançamento formal da obra será feito no inicio do ano que vem, em parceria com a Academia Pousoalegrense de Letras!

 

Concurso em Conceição dos Ouros! Vacilo ou maracutaia?

Diante da indignação dos concursandos, a prefeitura resolveu cancelas o concurso!

Diante do ‘esperneio’dos concursandos, a prefeitura resolveu cancelar o concurso!

A simpática Conceição dos Ouros, a 40 quilômetros de Pouso Alegre, caminho dos pousoalegrenses que vão para a praia de Ubachuva, desculpe, Ubatuba, realizou neste domingo, 08, concurso publico para preencher vagas na prefeitura municipal.

As provas para diversos cargos foram realizadas em dois períodos: de manha e de tarde! E, como na maioria dos concursos atualmente, o concursando pôde levar o caderno de provas para casa!

Até aí ‘tudo dentro dos conformes’! Só tem um problema… A prova de Conhecimentos Gerais, que valia 10 pontos, era idêntica nos dois períodos, tanto de manha quanto de tarde! Ou seja, quem fez a prova de tarde já sabia o que teria que responder! E pôde levar as respostas na ponta da língua… Ou da memoria!

E aí? Houve vacilo da empresa que realizou o concurso? Ou maracutaia?

Na pequena cidade abençoada por N.S. da Conceição, onde o principal entretenimento da população – e isso não é defeito – é a rivalidade politica, o assunto virou o prato do dia com direito a sobremesa apimentada! E  ganhou as redes sociais com ares de indignação, principalmente porque – segundo os leitores do blog – uma filha do prefeito fez provas no período da tarde sabendo as perguntas que teria que responder sobre Conhecimentos Gerais!

O assunto extremamente apimentado explodiu nas redes sociais! Foi como atirar pedra numa caixa de marimbondos…!

O estardalhaço foi tão grande que a empresa responsável pela realização do Concurso Publico, teve que cancelar o concurso! Em nota publicada pela Prefeitura Municipal de Conceição dos Ouros, cuja copia pelo mesmo caminho chegou ao Blog, a empresa REIS & REIS Auditores Associados, com sede em Belo Horizonte informou  que, devido a “erro de impressão” nas provas aplicadas no período da tarde, cancelou o concurso! Na mesma Nota a empresa informa que marcará nova data para realização do sobredito concurso!

E tem mais uma ‘dedo de moça’ pra apimentar o biscoito, quero dizer, o imbróglio…

O mesmo leitor que trouxe a noticia do concurso eivado de ‘vacilo’… Ou de ‘maracutaia’ ao blog, informa que a empresa Reis & Reis Auditores Associados é a mesma que realizou recentemente um concurso parecido na vizinha Senador Amaral , ‘caçulinha’ do Sul de Minas! E afirma que lá no alto da serra da cidade produtora de morango, de batata e de mandioca salsa, o concurso teria custado aos cofres públicos R$ 30 mil. Na capital do polvilho, caminho de Ubachuva, desculpe, Ubatuba, teria custado R$ 69 mil!

Minha simpática Conceição dos Ouros de boas lembranças, – inclusive da minha velha e fiel amiga Lessie – que no mês passado deixou o prefeito em saia justa depois que a conselheira tutelar Bruna Rosa Mendes usou o único veiculo do Conselho Tutelar para ir às compras em Pouso Alegre e São Paulo, acaba de produzir mais um pepino para o nobre prefeito descascar!

 

Conselheira usa veiculo do Conselho Tutelar para dar um ‘rolê’!

Bruna N.Rosa Mendes... Conselheira ou policial?

Bruna N.Rosa Mendes… Conselheira ou policial?

O servidor que nunca usou uma viatura oficial para cuidar de assuntos pessoais, que atire a primeira pedra! Quem já não deu uma desviadinha de rota para tomar um cafezinho na lanchonete de um amigo? Quem nunca deu uma esticadinha para sentar no ‘trono’ limpinho da sua própria casa fora da área de atuação?

São desviadinhas básicas e inocentes que, embora feitas por poucos minutos com um veiculo de trabalho, não trazem prejuízos para ninguém!

Mas e você estimado leitor e cidadão pagador de impostos…! O que faria se no momento em que o servidor estiver usando o veiculo oficial para seu próprio deleite, precisar do atendimento daquela viatura…???

Pois esta conjuntura aconteceu na pequenina Conceição dos Ouros, capital sul mineira do polvilho, abençoada por N.S. da Conceição, a 40 quilômetros de Pouso Alegre.

Uma conselheira tutelar foi viajar com o único veiculo do Conselho no município e deixou a plantonista seguinte à pé! Pior… No final de semana, quando as ocorrências que exigem a intervenção de conselheiros tendem a aumentar!

Segundo email e fotos enviadas a este blog por um morador do município, o veiculo do conselho titular passou parte do fim de semana estacionado no terminal rodoviário de Pouso Alegre!

Relata o morador indignado, que ao assumir o plantão de Conselho no sábado, 17, pela manhã, a conselheira Rita procurou o veiculo oficial do Conselho na garagem como de praxe e não o encontrou! Ao fazer contato com a conselheira Bruna, que estava de plantão na véspera, indagando sobre o veiculo, ela teria dito que o carro estava quebrado, portanto sem condições de rodar, na garagem da casa da sua avó, e que ela, Bruna, estava viajando durante sua folga! Nada de mais… Afinal carros às vezes quebram!

Mas Rita não acreditou e foi tirar a informação à limpo!

 

O veiculo oficial do Conselho descansou na sombra dos Ficus por mais de 24h 'por conta do Abreu...

O veiculo oficial do Conselho Tutelar de Conceição dos ouros descansou na sombra dos Ficus em Pouso Alegre por mais de 24h, ‘por conta do Abreu…

No meio da tarde de sábado o carro do Conselho Tutelar de Conceição dos Ouros foi localizado solenemente estacionado no terminal rodoviário de Pouso Alegre ao ‘deusdará’…! Taxistas que fazem ponto naquele local, informaram aos munícipes de Conceição que o carro estava ali na sombra dos Ficus desde a tarde de sexta feira, 16! Tal fato foi registrado pela policia militar de Pouso Alegre, que aconselhou os munícipes interessados no caso a leva-lo ao conhecimento do ministério publico de Conceição dos Ouros.

Enquanto o veiculo do Conselho descansava à sombra de Ficus no terminal rodoviário de Pouso Alegre, logo na entrada, à vista de quem passa pela perimetral, sua dona, quero dizer, sua motorista dava um ‘rolê’ pela capital paulista, conforme provam suas próprias postagens no facebook!

O menor abandonado, desculpe, o veiculo abandonado no terminal rodoviário de Pouso Alegre foi resgatado por volta de 21h20 da noite de sábado, quando a conselheira Bruna chegou de viagem da capital paulista. O ‘resgate’ do veiculo, chegada na cidade de Conceição dos Ouros e recolhimento ao estacionamento próprio, de onde somente poderia ter saído para socorrer uma criança abandonada, ou em missão especial, foi devidamente documentado por fotos e vídeos.

Segundo ainda o email enviado a este blog, a conselheira Bruna Mendes extrapola suas funções…

– Ela costuma se passar por policial civil na cidade!

Os munícipes, que clamam do prefeito da cidade uma providencia para evitar que o dim-dim do contribuinte escoa pelo ralo, vão encaminhar o imbróglio também para o Ministério Publico, o qual zela pelos interesses dos tutelados pelos conselhos tutelares…!

 

 

ASSALTO NA BOATE APOCALIPSE

Funcionários e clientes da boate Apocalypse em Conceição dos Ouros viveram uma noite de apocalipse no ultimo domingo, 27. Para mostrar que não estavam de brincadeira, assaltantes encapuzados fizeram disparo no interior da boate!

 

Natalia Gomes, a dançarina que dançou... Sem musica!

Natalia Gomes, a dançarina que dançou… Sem musica!

Passava pouco de dez da noite fresca quando eles chegaram, sacaram os trabucos e anunciaram o roubo. Nervosos e inconsequentes, como é próprio de adolescente com arma de fogo em punho, os assaltantes fizeram muito barulho dando ordens, mandando todo mundo deitar no chão, chutando pessoas aleatoriamente, até que um deles efetuou um disparo para o teto da boate. O pandemônio se instalou! Ao ouvir o tiro, o primeiro a tentar salvar a pele foi o dono do local, Sr. Ramalho, conhecido vulgarmente por Romario!

– Eu corri para os fundos da boate e pulei o muro para chamar a policia – disse ele.

O porteiro Sebastião recebeu um chute na testa…

O ferido com mais gravidade foi o atendente Maxuel…

-Quando eu ouvi o tiro, eu corri para os fundos e pulei o muro… Nem vi que havia cacos de vidro em cima do murro! Me cortei todo…! – contou ele no pronto socorro da cidade, ao lado do porteiro Sebastião com um galo na testa, e do patrão Romario, com luxação no tornozelo!

Assentada a poeira, os homens da lei saíram na sombra da dupla de assaltantes nervosos. Não demorou avistaram dois suspeitos na lanchonete Tropical Mix, da Ruth, esperando a poeira baixar. Um dos guampudos, L.G. levava na cinta o trabuco Rossi 38 que pouco antes havia vomitado azeitona quente no interior da Boate. O outro, JPS, levava na algibeira a res furtiva… R$ 490 roubados da boate do paraense Romario!

Sem conseguir tapar o sol com a peneira, a dupla de 157 nervoso revelou um terceiro cumplice do assalto.

-… É a Natalia Gomes! Ela trabalhava de dançarina na Boate, mas foi despedida, por isso, para se vingar do patrão, ela deu a fita pra nós! – Contou a dupla.

Mesmo que não tenha participado diretamente do apocalipse na Boate Apocalypse, a dançarina Natalia Gomes dançou… Sem musica! Ela recebeu as pulseiras de prata da lei em sua residência na Rua Padre Natalino no velho Aterrado em Pouso Alegre e assinou o 157. Natalia Gomes só tem 19 aninhos, mas já conhece bem os meandros do crime. Já assinou o 33, o 133, o 244 e agora o 157. Como é muito jovem ficou apenas três meses vendo o sol nascer quadrado no ano passado; de abril quando foi presa no trafico, até julho, quando saiu em liberdade condicional!

A dupla de nervosos e inconsequentes que vestiu os capuzes e puxou o gatilho do trabuco na boate, pondo meio mundo pra correr, J.P.S. e L.G.F.S., ambos moradores do Jardim Brasil em Pouso Alegre, mesmo que tenham a custodia provisória autorizada pelo Homem da Capa Preta, não passará de 45 dias vendo o sol nascer quadrado, pois … Ambos tem 16 anos cada um!

Bar do Waguinho servia de biqueira de droga em Cachoeira de Minas

Cachoeira de MinasA prisão de um quarteto e apreensão de um ‘dimenor’ aconteceu casualmente no meio da tarde desta sexta, 25. Ao passar defronte a residência de Paulão, que vinha sendo monitorado pela PC por envolvimento com o trafico de drogas na terra do polvilho, os policiais militares toparam com ele, Bruno e o delinquente juvenil RRSS, com pinta se somongós.

Durante revista pessoal no trio, os policiais encontraram uma baranga de maconha e duas de cocaína, o que ensejou a busca em suas residências. Na casa de Bruno Betsa Rezende, cuja entrada foi franqueada pela sua avó, dona do imóvel, os policiais encontraram cinquenta e uma barangas de erva marvada.

Enquanto as buscas eram realizadas, os celulares dos suspeitos recebiam pedidos de drogas ao estilo formiguinha. Através do aplicativo WhatSapp, os clientes diziam que estavam no Bar do Waguinho esperando pela encomenda.

Com base nos pedidos de drogas feitos via WhatSapp, o delegado de Cachoeira, Hugo Leonardo, solicitou e o prudente Homem da Capa Preta, Almir Prudente dos Santos, autorizou as buscas no referido bar.

Embora não tenha encontrado drogas durante as buscas no bar do Waguinho, lá estava um dos clientes, Rui Rafael Rezende, esperando pela encomenda que Bruno fora buscar na casa do Paulão!

Consubstanciada a associação para traficância, o quinteto de Cachoeira de Minas desceu no taxi do contribuinte para a Delegacia Regional de Pouso Alegre para sentar ao piano. O “dimenor” RRSS, 16 anos, por ser inimputável, e também o usuário Rui Rezende, que assinou o 28, voltaram para casa no final da madrugada.

Bruno Betsa Rezende, 18, Paulo Sergio de Oliveira, 18 e o dono do barzinho que serve de biqueira de maconha e cocaína, Wagner Henrique dos Santos, 20, assinaram o 33 e o 35 da Lei 11.343… E foram se hospedar no Hotel Recanto das Margaridas!

 

Leia daqui a pouco: Assalto na Boate Apocalypse! – Assaltantes nervosos gritam, chutam, põe clientes e funcionários pra correr e dão tiro dentro da boate durante o roubo.

 

 

Assalto em Cachoeira de Minas

CachoeiraO sinistro aconteceu às nove e meia da manhã embaçada de domingo, 24, no centro de cachoeira de Minas. A vitima foi escolhida aleatoriamente pela dupla de assaltantes ‘John Lennon & Ribamar’ residentes na vizinha Conceição dos Ouros.

Maria Jose Ferreira, 39 anos, moradora do bairro Cruzeiro, havia acabado de sair de um açougue e passava defronte a prefeitura, quando o Gol GT 86 preto parou a seu lado. O passageiro John Lennon, saltou do carro, agarrou a bolsa à tiracolo de Maria Jose e tentou toma-la. Maria Jose, que sabe o quanto custa ganhar seu suado dinheirinho, resistiu e lutou com o assaltante… Mas foi vencida! Depois de dar vários socos na cabeça da vitima, rasgar sua roupa e jogá-la ao chão o assaltante foi embora levando sua bolsa com documentos, um celular e R$260.

Ladrões pés-de-couve que são, eles não se preocuparam em apagar os rastros… Foram vistos tomando o caminho do bairro Beira Rio, em direção à cidade vizinha! Quando chegaram à capital do polvilho os homens da lei já os esperavam para dar as boas vindas!

Apesar de terem sido pilhados com as provas do crime – bolsa roubada no carro e dinheiro no bolso de um deles – os artistas John Lennon & Ribamar juraram de pés juntos que eram inocentes. O reconhecimento formal da vitima, ainda com as marcas latentes das agressões sofridas na frente da prefeitura, sanaram qualquer duvida! Os assaltantes sentaram ao piano do paladino da lei em Pouso Alegre e assinaram o 157.

Com nome de ex-presidente da republica, ex-senador e ‘dono’ do Estado do Maranhão, “Jose Ribamar” Moura Venancio, 42, é figurinha fácil no álbum da policia. Ele já havia deixado seu rastro de crimes nas cidades de Sapucaí Mirim e Paraisopolis até chegar ao bairro BNH em Conceição dos Ouros, onde mora. Ameaças, furtos e trafico de drogas são seus artigos prediletos.

John Lennon Luiz Ribeiro, 24, apesar do nome mais famoso, tem a capivara mais modesta. Pesam contra ele apenas dois processos: um por ameaça e outro por porte de arma!

Ambos haviam descumprido normas da condicional e eram procurados pela justiça. Agora o caldo engrossou! O assalto na Rua da Prefeitura de Cachoeira de Minas no ultimo domingo pode render à dupla ‘John Lennon & Ribamar’ de 5 a 15 anos de cana!

 

 

Sorveteiro entra em fria por causa de metade de um revolver em Santa Rita

Jamais as denuncias de amigos ocultos da lei foram tão valorizadas! De posse dos ‘informes’ impressos, os homens da lei batem à porta do denunciado, explicam o motivo da visita e fazem a clássica pergunta:

Espingardinha do Sr. Sebastião Vitor de Oliveira...

Espingardinha do Sr. Sebastião Vitor de Oliveira…

– É verdade que o Sr. mantem o tal objeto ilícito em casa?

Pegos com a calça na mão, ou pelo menos com a informação na mão do policial, o cidadão infrator sente um calor no rosto, um frio na espinha, perde a voz, gagueja e quando consegue falar franqueia a entrada aos homens da lei…

– É verdade, sargento… Tenho sim! Pode entrar…

Foi mais ou menos isso o que aconteceu com funcionário publico – no seu dia! – Sebastião Vitor de Oliveira, 57 anos, morador do bairro Cachoeirinha em Conceição dos Ouros. Abordado pelos policiais no meio da tarde desta segunda, 28 e informado que tinha uma arma de fogo em casa em desacordo com a lei, ele foi logo admitindo…

– Tenho mesmo uma espingarda velha em casa, seu cabo… Tá pendurada na parede do quarto do meu filho! Nem sei se funciona… Faz mais de vinte anos que está lá. Nunca dei um tiro com ela, nem tenho munição! – foi abrindo o livro despreocupado o motorista da prefeitura municipal da capital do polvilho.

Mas não foi tudo tão simples assim! Sebastião foi levado para a Delegacia Regional de Pouso Alegre, sentou-se ao piano, assinou o 12 da 10.826 e só não foi se hospedar no Hotel Recanto das Margaridas porque tinha meio salario mínimo na algibeira para pagar a fiança!

A prisão do comerciante Moacir Magalhães de Almeida por porte de arma em Santa Rita do Sapucaí foi ainda mais inócua! Até por que ele só tinha ‘metade’ da arma de fogo!

A busca foi realizada pelo cabo Siqueira e pelos soldados Alisson e Justino devidamente acompanhada por um ‘galo’ pego à laço na rua! O trabuco Rossi calibre 22 estava guardado dentro de um armário de aço na sorveteria Itajubá – diga-se de passagem, onde se saboreia o melhor sorvete de Santa Rita do Sapucaí. Junto com a arma havia uma cartela com 16 munições de calibre 32. Segundo a denuncia recebida através do famigerado “181”, Moacir teria também outras duas armas em sua residência. Lá os mesmos policiais e o ‘galo’ não acharam nem a pólvora!

O revolver do sorveteiro só serve para ser arremessado na cabeça do assaltante...!

O revolver do sorveteiro só serve para ser arremessado na cabeça do assaltante…!

O detalhe que marcou a prisão do sempre educado e bem humorado sorveteiro Moacir Magalhaes, é que o revolver Rossi 22… não tem coronha!!! Para dar um tiro ele teria que segurar no cano do trabuco e com muito jeito apertar o gatilho! O perito criminal que examinou a arma – ou o que resta dela – fez constar em seu laudo que além de não ter coronha, a arma está com o tambor danificado e portanto, impossibilitada de vomitar azeitonas quentes! Mesmo assim o discreto e simpatico sorveteiro entrou numa gelada!!! Por causa das cartelas de azeitonas frias, assinou o 12!

– Eu tenho essa arma para defender meu comercio, pois já fui assaltado uma vez!  Tenho balas calibre 32 porque eu pretendia comprar um revolver 32, devidamente registrado… – falou convicto Moacir.

Mas não teve choro e nem vela e nem fita amarela… para continuar a fazer o delicioso sorvete de abacate e de tantas outras frutas, Moacir teve que desembolsar R$ 680 reais de fiança.

 

* Não saia daí… Tem mais chumbo quente descendo a serra de Espirito Santo do Dourado!

Estupro no bairro Chácara em Conceição dos Ouros…

      Ao retornar para casa no final da manhã deste sábado, 03, depois de ter se ausentado por alguns minutos, dona S.A.V. não encontrou o filho J.V. de 12 anos e passou a chamá-lo. Minutos depois o garoto saiu da casa do vizinho Rubens Praxedes Pereira e entrou em casa andando com dificuldade, se queixando de dores nas nádegas. Indagado a respeito, o garoto contou com detalhes à mãe, que fora ‘estuprado’ pelo vizinho.

       Preso minutos depois pela policia militar em sua casa, o cidadão Rubens Praxedes Pereira, 55 anos, confessou o ato libidinoso. Mas contou à seu modo, dando ares de… “troca-troca”!

– Eu estava quieto em casa quando o garoto chegou lá, pediu para entrar e disse que queria colocar o seu p… na minha b…! Eu deixei! Depois de alguns minutos ele falou para eu fazer o mesmo com ele… Eu fiz! Mas na hora de… Eu tirei o p…!

       Segundo a mãe do garoto, que no final de semana fará 13 anos, quando ele tinha nove anos foi abusado sexualmente por outro garoto de 16, o que deixou sequelas psicológicas.  O próprio garoto abusado contou ao delegado de plantão que foi chamado para ir à casa do vizinho, mas não se lembra de nada que fez lá dentro.

       O crime, em tese, praticado pelo velhote de 55 anos, dada a idade impúbere da vitima, se enquadra no artigo 217-A – Estupro de Incapaz – cuja pena vai de 8 a 15 anos. O depravado do bairro Chácara mudou de endereço! Agora mora no Hotel Recanto das Margaridas, em Santa Rita do Sapucaí…