P.A.F.C. vai realizar eleições…!

Desta vez não é 1º de Abril! O clube ressuscitou! E vai escolher – de maneira transparente – seus novos diretores!

Ontem era um vibrante estadio de futebol... Hoje virou mato.. Amanhã poderá se transformar num grande clube de futebol de futebol...!

Ontem era um vibrante estadio de futebol…
Hoje virou mato..
Amanhã poderá se transformar num grande clube de futebol de futebol…!

A eleição acontecerá nesta terça-feira, 06 de dezembro de 2016, no ‘Salão Azul’ nas dependências do Educandário N.S. de Lourdes, na Rua Bom Jesus, em Pouso Alegre.
A eleição histórica desta terça feira, que marca a volta das atividades do clube e consequente volta ao futebol profissional do estado só foi possível graças a uma ação judicial impetrada por um grupo de amantes do “Pousão”, contra a diretoria de até então, há quase vinte anos sendo escolhida ao arrepio da lei, sem qualquer obediência aos sagrados estatutos do clube rubro-negro do Mandú.
A comissão autorizada pela justiça para promover a eleição desta terça,06, é encabeçada por Paulo da Pinta, Amarildo “Pequeno Polegar”, Rui Rebello, Nelson Matsunaga, Carlos Castilho e outros ‘boleiros’ que, ou fizeram parte de diretorias em gestões anteriores, ou foram sócios do clube quando ele tinha um quadro social.

Um pouco da história do ‘Dragão’…

Criado no dia 15 de novembro de 1913, o clube ascendeu à Primeira Divisão do futebol mineiro em 1968. Caiu – no ‘tapetão’ – no ano seguinte e ficou fora de cena durante 15 anos. Voltou a disputar o certame profissional em 1984, um ano depois de ser Campeão Amador do Estado. Desde então fez brilhantes campanhas na Segundona, até ascender novamente à elite do futebol mineiro em 1988. Em 1990 chegou ao auge ao conquistar o título simbólico de Campeão do Interior. Naquele ano o Rubro Negro do Mandú colocou agua no Chopp do Atlético, vencendo o grande Galo mineiro por 2×1 no dia 26 de março, dia do seu aniversário… No Mineirão!

Vem times ainda melhores do que esse por aí...!

Vem times ainda melhores do que esse por aí…!

O auge marcou também a derrocada. Valorizado, o plantel foi desfeito. A jovem dupla de zaga, Cesar & Zigomar, cedida pelo SPFC foi devolvida. O lateral Edevaldo – seleção brasileira de 82 – teve o contrato rescindido. O meia prata-da-casa, Paula da Pinta, foi vendido – e bem! – para o cruzeiro e de lá para o Criciúma onde foi destaque até encerrar a carreira. O lateral esquerdo Nonato, que viera quase de graça do Rio Grande do Norte também foi para o Cruzeiro onde jogou por vários anos. O centroavante Carlão, autor de um dos gols históricos contra o Galo, foi vendido para a Grécia!
Com a venda destes e de outros jogadores, quando parecia que o clube em evidencia investiria nas categorias de base e formaria um plantel ainda melhor para disputar campeonatos além do Estado, aconteceu o inverso!!! Em 1994 o brioso clube, orgulho não só dos pousoalegrenses como também dos desportistas vizinhos, que lotavam o estadinho da LEMA e acompanhavam o time em toda região, acabou! Quatro anos depois do Olimpo, o clube estava inativo, sem plantel e endividado! Promoveu bingos em busca de recursos e contraiu mais dividas! Em 2000 chegou a ser vendido para a Fundação à preço de banana, quase que apenas para se ver livre das dívidas! Em 2003 disputou – melancolicamente o campeonato regional amador! Em 2009, após receber indenização da Fundação pela destruição das arquibancadas do estádio, o time ensaiou uma volta triunfal aos gramados. Apenas ensaiou…! Ficou pelo caminho na disputa com times como o Guarani de Pouso Alegre, o Santarritense de Santa Rita, o Jacutinga e outros.

As arquibancadas foram destruídas há 15 anos...!

As arquibancadas foram destruídas há 15 anos…!

A pendenga judicial…

Foi nesse ano que Paulo Sergio Ladeia de Castro, o Paulo da Pinta e outros apaixonados pelo Dragão do Sul de Minas resolveram entrar na justiça para reaver o glorioso clube e promover eleições democráticas e transparentes, uma vez que os atuais detentores dos documentos do clube não tem interesse em fazê-lo, mas também ‘não largam o osso’!
A pendenga judicial se arrastou por longos sete anos. No dia 31 de outubro o Juiz Jose Hélio da Silva, da Comarca de Pouso Alegre, deu ganho de causa ao grupo já citado. Determinou que os atuais detentores dos documentos do clube devolvessem os documentos e autorizou o novo grupo a convocar eleições gerais dentro de 60 dias.
A Assembleia Geral desta terça-feira, 06, escolherá o Conselho Deliberativo e o Conselho Fiscal do clube. Logo depois serão discutidas as mudanças do Estatuto, adequando-o às novas normas vigentes no Código Civil Brasileiro. Em seguida o Conselho escolherá o Presidente, vice, secretários, tesoureiros e demais membros que dirigirão o clube no próximo trienio.

 

 O que administrar…

A eleição acontecerá nesta terça-feira, 06 de dezembro de 2016, no ‘Salão Azul’ nas dependências do Educandário N.S. de Lourdes, na Rua Bom Jesus, em Pouso Alegre.

A eleição histórica desta terça feira, que marca a volta das atividades do clube e consequente volta ao futebol profissional do estado só foi possível graças a uma ação judicial impetrada por um grupo de amantes do “Pousão”, contra a diretoria de até então, há quase vinte anos sendo escolhida ao arrepio da lei, sem qualquer obediência aos sagrados estatutos do clube rubro-negro do Mandú.

A comissão autorizada pela justiça para promover a eleição desta terça,06, é encabeçada por Paulo da Pinta, Amarildo “Pequeno Polegar”, Rui Rebello, Nelson Matsunaga, Carlos Castilho e outros ‘boleiros’ que, ou fizeram parte de diretorias em gestões anteriores, ou foram sócios do clube quando ele tinha um quadro social.

 

Um pouco da história do ‘Dragão’…

Criado no dia 15 de novembro de 1913, o clube ascendeu à Primeira Divisão do futebol mineiro em 1968. Caiu – no ‘tapetão’ – no ano seguinte e ficou fora de cena durante 15 anos. Voltou a disputar o certame profissional em 1984, um ano depois de ser Campeão Amador do Estado. Desde então fez brilhantes campanhas na Segundona, até ascender novamente à elite do futebol mineiro em 1988. Em 1990 chegou ao auge ao conquistar o título simbólico de Campeão do Interior. Naquele ano o Rubro Negro do Mandú colocou agua no Chopp do Atlético, vencendo o grande Galo mineiro por 2×1 no dia 26 de março, dia do seu aniversário… No Mineirão!

O auge marcou também a derrocada. Valorizado, o plantel foi desfeito. A jovem dupla de zaga, Cesar & Zigomar, cedida pelo SPFC foi devolvida. O lateral Edevaldo – seleção brasileira de 82 – teve o contrato rescindido. O meia prata-da-casa, Paula da Pinta, foi vendido – e bem! – para o cruzeiro e de lá para o Criciúma onde foi destaque até encerrar a carreira. O lateral esquerdo Nonato, que viera quase de graça do Rio Grande do Norte também foi para o Cruzeiro onde jogou por vários anos. O centroavante Carlão, autor de um dos gols históricos contra o Galo, foi vendido para a Grécia!

Com a venda destes e de outros jogadores, quando parecia que o clube em evidencia investiria nas categorias de base e formaria um plantel ainda melhor para disputar campeonatos além do Estado, aconteceu o inverso!!! Em 1994 o brioso clube, orgulho não só dos pousalegrenses como também dos desportistas vizinhos, que lotavam o estadinho da LEMA  e acompanhavam o time em toda região, acabou! Quatro anos depois do Olimpo, o clube estava inativo, sem plantel e endividado! Promoveu bingos em busca de recursos e contraiu mais dividas! Em 2000 chegou a ser vendido para a Fundação à preço de banana, quase que apenas para se ver livre das dívidas! Em 2003 disputou – melancolicamente o campeonato regional amador! Em 2009, após receber indenização da Fundação pela destruição das arquibancadas do estádio, o time ensaiou uma volta triunfal aos gramados. Apenas ensaiou…! Ficou pelo caminho na disputa com times como o Guarani de Pouso Alegre, o Santarritense de Santa Rita, o Jacutinga e outros.

 

A pendenga judicial…

 

Foi nesse ano que Paulo Sergio Ladeia de Castro, o Paulo da Pinta e outros apaixonados pelo Dragão do Sul de Minas resolveram entrar na justiça para reaver o glorioso clube e promover eleições democráticas e transparentes, uma vez que os atuais detentores dos documentos do clube não tem interesse em fazê-lo, mas também ‘não largam o osso’!

A pendenga judicial se arrastou por longos sete anos. No dia 31 de outubro o Juiz Jose Hélio da Silva, da Comarca de Pouso Alegre, deu ganho de causa ao grupo já citado. Determinou que os atuais detentores dos documentos do clube devolvessem os documentos e autorizou o novo grupo a convocar eleições gerais dentro de 60 dias.

A Assembleia Geral desta terça-feira, 06, escolherá o Conselho Deliberativo e o Conselho Fiscal do clube. Logo depois serão discutidas as mudanças do Estatuto, adequando-o às novas normas vigentes no Código Civil Brasileiro. Em seguida o Conselho escolherá o Presidente, vice, secretários, tesoureiros e demais membros que dirigirão o clube no próximo trienio.

 

O que administrar!

Quinze anos depois de sua criação, em 1928, o PAFC adquiriu o terreno para construir seu estádio. Na época, os quase quinze mil metros quadrados ficava nos arrabaldes da idade, muito além da Rua do Brejo, no caminho das Taipas. Na década dos anos 70 embora estivesse disputando apenas o futebol amador regional, para ampliar suas arquibancadas o cube contraiu dividas junto ao banco Nacional. E ficou inadimplente! Nesta ocasião a L.E.M.A., criada em 1948, para promover o futebol amador no município, organizou torneios, arrecadou rendas e conseguiu quitar a divida do PAFC, evitando assim a perda do estádio. Também por isso o estádio ficou conhecido como “Campo da LEMA”, como se pertencesse à Liga Esportiva, que por sinal mudou de denominação em novembro de 1987, passando a chamar-se Liga Esportiva de Pouso Alegre-LEPA.

O estadinho que a Liga ajudou a resgatar, – ‘menina dos olhos de alguns cartolas – hoje pode garantir longa vida ao clube rubro negro.

A nova diretoria do Pouso Alegre Futebol Clube ainda não tem um plantel de jogadores para administrar, mas tem o estadinho da LEMA, um imóvel numa área nobre da cidade que vale algo em torno de R$ 30 milhões. Patrimônio este que, bem administrado – e certamente será – se converterá em CT nos arredores da cidade, em investimentos com renda fixa para custear despesas diárias do clube, em clube social para seus socios e plantel de jogadores, que em poucos anos colocará o “Dragão do Sul de Minas” no cenário futebolístico nacional!

A eleição do PAFC nesta terça-feira, 06, é alvissareira! Promete um longo ciclo de vitorias e alegrias para o futebol de Pouso Alegre!

Eu acredito… E apoio!

Voce que gosta de futebol, essa paixão que une pessoas e povos como vimos no decorrer desta semana, está convidado para participar deste momento histórico para o futebol da cidade!

O que administrar!

Quinze anos depois de sua criação, em 1928, o PAFC adquiriu o terreno para construir seu estádio. Na época, os quase quinze mil metros quadrados ficava nos arrabaldes da idade, muito além da Rua do Brejo, no caminho das Taipas. Na década dos anos 70 embora estivesse disputando apenas o futebol amador regional, para ampliar suas arquibancadas o cube contraiu dividas junto ao banco Nacional. E ficou inadimplente! Nesta ocasião a L.E.M.A., criada em 1948, para promover o futebol amador no município, organizou torneios, arrecadou rendas e conseguiu quitar a divida do PAFC, evitando assim a perda do estádio. Também por isso o estádio ficou conhecido como “Campo da LEMA”, como se pertencesse à Liga Esportiva, que por sinal mudou de denominação em novembro de 1987, passando a chamar-se Liga Esportiva de Pouso Alegre-LEPA.
O estadinho que a Liga ajudou a resgatar, – ‘menina dos olhos de alguns cartolas – hoje pode garantir longa vida ao clube rubro negro.
A nova diretoria do Pouso Alegre Futebol Clube ainda não tem um plantel de jogadores para administrar, mas tem o estadinho da LEMA, um imóvel numa área nobre da cidade que vale algo em torno de R$ 30 milhões. Patrimônio este que, bem administrado – e certamente será – se converterá em CT nos arredores da cidade, em investimentos com renda fixa para custear despesas diárias do clube, em clube social para seus socios e plantel de jogadores, que em poucos anos colocará o “Dragão do Sul de Minas” no cenário futebolístico nacional!
A eleição do PAFC nesta terça-feira, 06, é alvissareira! Promete um longo ciclo de vitorias e alegrias para o futebol de Pouso Alegre!
Eu acredito… E apoio!
Voce que gosta de futebol, essa paixão que une pessoas e povos como vimos no decorrer desta semana, está convidado para participar deste momento histórico para o futebol da cidade!

Adeus ao ‘boleiro’ “Gustinho”…

Gustinho - o primeiro da esquerda p-ara direita e - e seus pupilos no PAFC...

Gustinho – o primeiro da esquerda para a direita – e seus pupilos no PAFC…

Em meados de 2009 sentei no banco do taxi do Gustinho na rodoviária de Pouso Alegre… Mas não foi para fazer uma corrida pela cidade… Foi pra fazer uma viagem saudosa pelas estórias da bola! Pra falar de futebol.

Apaixonado por futebol – como eu – e saudosista, passamos horas contando historias da bola. Eu não cheguei a jogar com ele, mas tinha vagas lembranças dos seus tempos de Cometa, até chegar a auxiliar tecnico do Pouso Alegre F.C.

Augusto Godoi Balbino, o Gustinho começou a treinar garotos em 1969. Na época, logo após o período áureo do futebol amador da cidade, com os grandes times do Facit, Bangu, Manchester, Rodoviários, e ascensão do PAFC à Primeira Divisão de Profissionais, – vaga que perdeu no tapetão – o futebol deu uma ‘esfriada’!. Entrou em recesso! Foi então que surgiram os clubes de base. O cruzeiro do Corinho, o Real do Pinguim, o Estrela do Tião Cueca, Academicos do Betinho e o Cometa do Gustinho…

 

.

.

Mais tarde, inspirados na boa fase do Galo das Geraes, o Galo mais forte e vitorioso do Brasil, o primeiro clube a levantar o primeiro troféu do mais importante campeonato do país, Gustinho e Pinguim uniram seu Cometa ao Real e criaram o Atletico, o Galo Manduano!

Apesar dos campeonatos semiprofissionais da década de 70, que reuniram Yuracan de Itajuba, Adejota de Jacutinga, Botafogo do Rogerinho da  Borda, entre outros, os ‘boleiros’ Pinguim, Tião Cueca, Corinho, Betinho, Helinho e Gustinho viraram a década fazendo  bola rolar com a garotada dos 12 a 17 anos. Até que em 1982 o PAFC renasceu pelas mãos do empresário Jair Siqueira, para ser campeão amador do Estado em 83 e voltar ao profissional em 1984.

Formada a nova diretoria do PAFC em 83, Pinguim deixou o Atlético amador e foi auxiliar a Comissão Técnica do Dragão do Sul de Minas. No ano seguinte Gustinho também foi somar sua experiência e competência ao Pousão como supervisor, desfazendo assim o Galo manduano e levando quase todos seus atletas para o Rubro Negro.

 

Um dos grandes escretes formados por Gustinho com o Pinguim...

Um dos grandes escretes formados por Gustinho com o Pinguim…

Grandes nomes do futebol da geração de 60 tais como Mirandinha, Paula da Pinta, Espoleta, Vanio Malaquias, Pedrão Jaiminho, Firminho, Betão, Miguelão, Flor, Jorginho, Amarildo, Chiquinho, Cavadeira, Porvinha, Marco Antonio, Nana, Herminio, Ze Antonio Professor, Elmo, Nei, Liso Guedes, Milton Cachaço, Rinaldo, Tiaca, Juninho Coldibelli, Chico Macaco, Edão, Lucio Patinho, Ferraz, Valtinho, cada um com sua estória, passaram pela orientação do técnico e supervisor Gustinho!

No final de 2007 alguns amigos da bola se reuniram para um jogo de confraternização na antiga Lema. Um time jogou de branco e outro de vermelho. O juiz da partida, especialmente convidado, foi o Alemão Ferreirinha. A certa altura o time vermelho vencia por 4×2… Foi aí que o arbitro da partida mostrou toda sua competência com o apito… Arranjou dois pênaltis para o time de branco! E o jogo terminou em 4×4…!

 

Jogo de confraternização entre boleiros sempre termina empatado...

Jogo de confraternização entre boleiros sempre termina empatado…

Depois de ser supervisor, auxiliar tecnico e tecnico interino em todas as vacâncias do titular do clube, com a nova diretoria em 86, Gustinho se afastou do futebol… Mas o futebol jamais se afastou dele. Apesar da simplicidade, falava sempre com paixão da maior paixão do brasileiro… O futebol! Futebol manduano ao qual Gustinho muito contribuiu, especialmente num momento de desanimo como foi aquele no finalzinho da década de 60 e inicio de 70!

A figura do ‘boleiro’ simples e educado… Do taxista que sentava quieto numa cadeira do “Bar do Minguinho” no Santa Luzia, e ficava horas solitário namorando sua loira gelada depois do expediente, ficarão marcadas na memoria das pessoas que conviveram com ele!

Vá com Deus, Gustinho… Vá resenhar com os amigos Hailton Custodio, Corinho, Tião Cueca, Betão, Lucio Patinho, Carpinetti e tantos outros boleiros que cativaram e cultivaram amigos através do futebol…!

* Gustinho teve a vida ceifada no meio da madrugada deste sábado, por dois delinquentes de 16 e 17 anos, com uma simples garruchinha 22, enquanto fazia o que sempre fez… Prestar serviços às pessoas!

 

“Santarritense vai buscar vitória em Uberlândia”

1a Foto“Nem mesmo o uniforme branco, numero 1, evitou que o jovem time do Vale da Eletrônica perdesse para o experiente time do Triangulo, diante de sua torcida, na nublada manha de domingo. O time dirigido pelo técnico Cleber, zaqueirão formado pelo Galo na década de 90, começou pressionando e logo no inicio, numa jogada confusa na área, conseguiu abrir o marcador. O Robozinho do Vale empatou poucos minutos depois e parecia que iria reagir, mas a experiência do time visitante fez a diferença.

O esquadrão do Araxa, com o belo uniforme preto e branco semelhante ao do Galo – tem penas mas é Ganso – com vários jogadores veteranos e ‘rodados’ no futebol, não teve muita dificuldade para dominar o jogo e impor seu ritimo. O tempo todo rondou a área adversária.

Aos 42 anos o ‘guarda-roupa’ revelado pelo Atlético na década de 90 e depois defensor do ‘Porco’ paulistano e do futebol europeu, ainda está em forma.

Aos 42 anos o ‘guarda-roupa’ revelado pelo Atlético na década de 90 e depois defensor do ‘Porco’ paulistano e do futebol europeu, ainda está em forma.

Para desespero da pequena e agitada torcida do Santarritense a pelota desfilou livre, leve e solta inúmeras vezes na porta do seu gol e acabou entrando mais duas vezes.

Apesar da derrota, o time do Vale da Eletrônica, que só venceu uma vez na competição, ainda tem chance de passar para a outra fase do certame e continuar sonhando com o titulo ou o acesso à Primeira Divisão, graças à desistência do Araguari, que não aquentou a pressão da falta de dinheiro e à derrota do Jacutinga, que também voltou a perder em casa para o Cap-Uberlandia. Se cantar afinado esta noite no Parque do Sabiá, contra o time que o bateu por 3×0, o Robozinho do Vale mantem viva a esperança do torcedor.”

No intervalo deste jogo, este garotinho esmerilhava uma pelta com amiguinhos num dos gols. O nome dele é Erick – Guarde este nome. Aos 11 anos o garotinho da Escolinha do Bugalu toca fácil e com estilo na pelota. Não se surpreenda se aos 22 ele estiver envergando uma ‘amarelinha’.

No intervalo deste jogo, este garotinho esmerilhava uma pelota com amiguinhos num dos gols. O nome dele é Erick – Guarde este nome. Aos 11 anos o garotinho da Escolinha do Bugalu toca fácil e com estilo na pelota. Não se surpreenda se aos 22 ele estiver envergando uma ‘amarelinha’.

 

O objetivo de republicar este post no mês de aniversario do Blog, é fazer a pergunta:

– Onde está o garotinho Erick…!???

 

P.A.F.C. vai promover eleições no dia 15 de maio

O jornal Estado de Minas edição desta segunda 07, trás uma reportagem do  Jornalista Renan Damasceno com o titulo “Mero retrato na parede”, onde aborda o ostracismo do futebol profissional no Sul do Estado, entre eles o glorioso P.A.F.C., o “Dragão do Sul der Minas”!

A matéria foi feita, inclusive, com base numa crônica deste brogueiro publicada no dia 1º de abril de 2014 com o titulo – inclusive foto sem credito – “P.A.F.C. vai promover eleições no dia 15 de maio! A qual segue abaixo, na integra:

“A tão sonhada eleição para a Diretora Executiva e Conselho Deliberativo do famoso Rubro Negro do Mandu, o “Dragão” do Sul de Minas, acontecerá no dia 15 de maio, dia em que o clube completa exatos 100 anos e meio! A decisão foi anunciada com exclusividade a este blogueiro no final da noite desta segunda, pelo eterno presidente do clube, em sua residência, na Comendador.

Ao chegar da costumeira ‘pelada’ ontem à noite havia um recado bombástico me esperando em casa;

– O presidente do Conselho Deliberativo do Pouso Alegre Futebol Clube ligou a pouco mais de meia hora e disse que gostaria de falar com você ainda hoje sobre as eleições no clube. Ele disse que está te esperando em casa…

Ao ver o recado anotado pela babá, naturalmente duvidei… Claro, só podia ser brincadeira de algum amigo querendo falar comigo. Como não lembrava da pessoa pelo numero resolvi ligar…. Surpresa! Do outro lado da linha a voz, embora ligeiramente cansada e ofegante, continuava inconfundível! Aquele ‘meu prezado’, que muitos diziam que equivalia à frase resumida na três letrinhas ‘fdp’, eu ouvira dezenas de vezes e, confesso, não tinha saudades! Mas era mesmo a voz suave, polida e convincente do eterno presidente do ‘Pousão’…! Ele estava me esperando em sua mansão para falar de futebol… Se eu estivesse interessado!

 Foto I

Enquanto esfregava o shampoo ‘Men’ ‘grisalhos a brancos’ durante o banho, o curto diálogo com o presidente do Dragão do Sul de Minas no minuto anterior, me levou numa rápida viagem pelo tempo, quando o futebol amador de Pouso Alegre era o mais exuberante do Estado, reconhecido e aclamado pela Federação Mineira de Futebol.

Estávamos reunidos na sede da LEMA na Dr. Lisboa para tratar do calendário daquele ano, quando recebemos um telefonema;

– O PAFC está de portas abertas para a Liga Esportiva… Gostaríamos de discutir uma parceria entre o clube e a entidade-mãe, visando o crescimento e fortalecimento de ambas… Seria um prazer receber os diretores da Lema em minha casa neste momento – dizia o sempre polido presidente.

 Foto II

A discussão regada a vinho branco e uma infindável variedade de queijos, de parmesão a suíço, – o Gorgonzola alguns colegas deixaram num canto da baixela por causa do aspecto… pensando que estava estragado – varou a tarde e adentrou a noite. Quando olhamos o relógio, percebemos que naquele momento o desfile de carnaval já havia tomado a Dr. Lisboa. O Fiat 147 do tesoureiro Jose Laurindo – aquele mesmo que ele havia ganho em uma rifa – já havia sido guinchado pela policia. Nada que um telefonema do todo poderoso presidente do PAFC não pudesse resolver. Saímos de sua mansão por volta de 23h00 daquela sexta feira de carnaval de 1987 com sorrisos de orelha a orelha! Levávamos uma maleta abarrotada… de promessas! O então presidente que fora eleito em 85 só não nos entregou a chave do portão do velho estádio da Lema! Nos seis anos seguintes conviveríamos com uma realidade bem diferente. Totalmente adversa daquilo que fora dito na reunião que apelidamos de “reunião do guincho”! Até mesmo as requisições legais feitas pela liga – entidade-mãe do clube – para eram negadas. O eterno presidente chegou ao cumulo de mandar o chefe do policiamento retirar o Presidente da liga das cadeiras reservadas às autoridades à qual ele tinha direito como Representante da Federação nos dias de jogos!

A reunião desta vez foi mais curta. Foi regada a Cappuccino e pão de queijo – só eu e ele – … Mesmo assim ultrapassou as dozes “badaladas notúrnicas”. O eterno presidente demonstrou bem menos ufanismo ao falar do seu plano de ‘entregar’ o clube do qual detém o poder e a posse nos últimos 29 anos. Visivelmente cansado, falando pausadamente e às vezes com grandes intervalos, foi logo à parte mais importante da conversa;

-… Vou realizar eleições gerais no clube! Vou entregar a Diretoria Executiva e o Conselho Deliberativo…

– E quando serão essas eleições…?

– Será publicada nos principais órgãos da imprensa da cidade nos próximos dias, inclusive no seu blog… Você é o primeiro a saber! A data já está marcada: 15 de maio.

– E porque 15 de maio?

– Por três motivos: Primeiro que é uma data histórica, quero dizer, meio histórica… Eu queria ter realizado esta eleição no dia 15 de novembro passado quando o clube completou 100 anos, mas não foi possível. Agora, no dia 15 de maio o clube completa ‘cem anos e meio’…

– Mas…

 

– O segundo motivo, é que eu estava aguardando a definição do comprador do estádio da Lema…

– Espere… espere, o Sr. vai vender o Estádio…?

-… Deixe-me concluir, meu prezado! Desde o meio do ano passado venho mantendo negociações com um executivo de uma multinacional… Eles tem interesse em adquirir o terreno pertencente ao clube para construir ali um mega Shopping e um conjunto residencial! O negocio somente foi definido na semana passada.

-… Por acaso, qual seria o valor dessa transação…?

– Onze milhões de dólares… Cerca de 25 milhões de reais!

-… Não estou conseguindo acompanhar o raciocínio, presidente! O que tem a ver a venda do terreno da Comendador com a eleição?

-… Vamos ao terceiro motivo! A venda do estádio tinha que ‘casar’ com a compra de um terreno para a construção do “Centro de Treinamento” do clube. Isso aconteceu também esta semana… E o mais importante de tudo, quero entregar o clube em atividade, como peguei em 85! Por isso eu tinha que concluir os negócios da venda do estádio, aquisição do terreno e montagem do plantel para voltar a disputar os campeonatos da Federação Mineira…

– O Sr. está dizendo que tem também um time pronto para disputar a Segundona do mineiro…?

-… Um plantel inteiro, com tecnico e tudo! Pronto para entrar em campo. Um plantel que fez bonito no campeonato mineiro da primeira divisão este ano e que, eu tenho certeza, ascenderá ao Modulo B no final do ano…! Em 2016 o P.A.F.C. estará recebendo outra vez os ‘grandes’ de Minas no Manduzão…

 Foto III

– O Sr. está falando do …?

– Tombense! Já acertei com a diretoria… O time com 15 jogadores e Comissão Técnica ficará à disposição do Pouso Alegre até o final do ano. Pretendo manter um plantel de 25 jogadores. Os outros dez serão recrutados do futebol amador da cidade. Tenho um ‘olheiro’ infiltrado na ‘Copa Coe’ observando estes jogadores.

– Mas se o Sr. ‘tem’ mais de vinte milhões na mão, um centro de treinamento e um clube praticamente campeão, porque vai realizar eleições e entregar o comando do clube? O Sr. vai concorrer à eleição?

– Não meu prezado… Eu não vou concorrer à eleição. Estou velho, cansado como você pode ver… Continuo apaixonado pelo P.A.F.C., mas não tenho mais aquela disposição de vinte anos atrás para dirigi-lo. A cidade… o torcedor merece um grande time profissional…! Eu fiz muito pelo Pouso Alegre! Mas fui também muito criticado…! Quero entregar um time melhor. Mais bem estruturado do que peguei… Este será meu legado!

– E as dividas do clube…?

Foto IV

-… São pequenas perto do valor do patrimônio do clube. Eu já paguei quase todas. Só quero o ressarcimento do que paguei! Não chega a meio milhão…

– Pelo Estatuto do Clube somente os sócios em dia com suas obrigações poderá concorrer a esta eleição…

-… O clube não realiza eleições regulares a muitos anos. O próprio clube está irregular… A eleição terá que ser acompanhada e homologada pelo Ministério Publico. Qualquer um poderá concorrer à eleição… Até você, meu prezado!

 

O histórico estadinho será vendido para uma multinacional para virar Shopping …!
– Presidente, confesso que ainda estou meio atônito… Desde a década de 80 acompanho – a meia distancia – o P.A.F.C… Em todo este tempo o clube esteve em suas mãos – ou da sua família – ora na presidência do clube, ora na presidência do Conselho Deliberativo, mas sempre dando as cartas… Deixe ver se eu entendi bem: O Sr. está vendendo o Estádio da Lema por onze milhões de dólares, está comprando um terreno nos arredores da cidade para construir um CT, está com um time montado para disputar e vencer a Segunda Divisão e vai realizar eleições gerais no clube no dia 15 de maio? É isso mesmo? E qualquer um poderá concorrer a estas eleições?Foto V

-… E você é o primeiro a saber, meu prezado!

– O Sr. tem ideia do tamanho da alegria que este seu gesto de … generosidade, vai causar nos desportistas de Pouso Alegre?

– A minha alegria será maior do que a deles…!

– Posso publicar esta noticia Presidente?

– Foi para isso que eu o convidei…

– A proposito, porque eu, com exclusividade!

Neste momento o eterno presidente, sempre altivo, sempre dono da situação, baixou os olhos…

– Não sei bem… Talvez eu deva isso a você! Você vai entender…

Naquela noite de sexta feira de carnaval de 1987 o presidente do P.A.F.C. prometeu um casamento perfeito entre o futebol amador e o profissional… O namoro não resistiu nem ao carnaval!!! A conjuntura econômica, politica e esportiva é totalmente diferente, hoje. Será que desta vez o “eterno presidente” vai abrir mão da noiva e dar o passo decisivo para o gol?

Se no dia 15 de maio, aos cem anos e meio, acontecer a tão sonhada eleição – transparente – já será uma goleada! A imensa galera rubro negra adormecida vai delirar…!!! No Ano da Copa o torcedor manduano tem dois motivos pra ir pra rua, sacudir as bandeiras e bebemorar…!!!”

A matéria acima, no entanto, espelha o sonho deste desportista e torcedor de Pouso Alegre e o do futebol de Pouso Alegre! E com certeza os sonhos de milhares de torcedores do Rubro Negro do Mandu! No entanto, foi apenas uma brincadeira de… 1º de abril!

Por vários motivos que prefiro não trazer à baila, o torcedor foi embalado no meu sonho e nem se deu conta de que era 1º de abril…!

Mas poderia ser realidade. Pode vir a ser realidade. Quem sabe esta “CRONICA DE 1º DE ABRIL”, juntando com a reportagem do jornalista Renan Damasceno do Estado de Minas, não reacende o sonho do desportiva pouso alegrense de ter um time profissional disputando os certames profissionais do Estado e do Brasil!

Airton Chips e o Blog estão aí… Prontos para entrar em campo!

Hailton Custodio X Carpinetti… E as viradas homéricas!

 

Fotos da época de ouro do futebol de base de Pouso Alegre...

Fotos da época de ouro do futebol de base de Pouso Alegre… Umas das equipes juvenis do Crac do Hailton Custodio, na Escola Profissional, após levanta mais um caneco…!

O centenário e glorioso Clube Atlético Mineiro, também chamado de “Galo”, nome do seu mascote, vem se tornando especialista em viradas. Foram varias nos últimos anos. Desde a Libertadores de 2013. Em 2014 foi ao auge ao virar duas seguidas contra ‘gigantes’ do futebol brasileiro: 4×1 contra Corinthians e contra Flamengo. Este ano começou bem, virando contra o maior rival, o Cruzeiro, para ir à final do Mineiro! E a virada contra o maior rival este ano não foi com gols casuais… Foi com gols de rara beleza plástica, resultado de passes magistrais do meia Guilherme, que por ironia surgiu no time adversário! O Galo já está merecendo o titulo simbólico de “Campeão das Viradas”!

Viradas no futebol são ainda mais saborosas quanto maior seja a diferença de gols! Ou seja; Virar o 0x1 para 2×1, é bom; virar o 0x2 para 3×2 é ainda a melhor; e assim por diante!

A virada do Tricordiano sobre o Uberlândia outro dia, pelo hexagonal decisivo do modulo B do futebol mineiro ou Segunda Divisão, se não foi marcante por falta de tradição ou de confrontos entre as duas equipes; uma do sul de Minas e outra do Triangulo, teve um sabor especial… Foi uma virada de 4×0 para 5×4! Jogadores e torcedores dos dois times, especialmente os do time da ‘terra do Rei’, não esquecerão tão cedo. A histórica virada – e outros resultados que vieram depois – colocou o time de Tres Corações na elite do futebol mineiro do ano que vem!

 

Para este blogueiro, atento e ‘babão’ por futebol, a virada do Tricordiano reavivou lembranças…!

 

 

Carpinetti, Sato, Grapete, Airton Chips, Itamar Meireles, Cel. Dimas (ainda tenente)..

Abertura da Copa Juvenil na Lema: Carpinetti (de camisa tangerina), Sato, Grapete, Airton Chips, Itamar Meireles, Cel. Dimas (ainda tenente) e Hailton Custodio… 

Corria o ano de 1987. Pouso Alegre respirava futebol. O Dragão do Sul de Minas, desde sua volta ao profissional em 84, ano após ano vinha batendo na trave para subir para a Primeira Divisão. O estadinho da Lema lotava todo domingo à tarde para ver o Rubro Negro do Mandu encarar Yuracan de Itajuba, Minas de Boa Esperança, Sparta de Campo Belo, Rio Branco de Andradas,  Atletico TC – de amargas lembranças – Flamengo de Varginha,  Trespontano e outros adversários mais distantes e menos tradicionais!

Paralela à paixão pelo futebol profissional promovido pela FMF, a LEPA vinha sacudindo o futebol amador da cidade. Estava no sétimo dos dez campeonatos de futebol que promoveria a partir daquele ano: desde a categoria fraldinha até a de veteranos! Havia jogos para todos os gostos em Pouso Alegre naquele final de década até o inicio da seguinte.

Escolinhas de futebol de base surgiam por todo canto da cidade. Os antigos treinadores Pinguim, Tião Cueca, Agostinho e Corinho haviam pendurado as chuteiras na década anterior. Agora era a vez Hailton Custodio, Carpinetti, João Cavalo, Jacaré, Davi, Anderson Flamina, Salvador Lopes e outros treinadores das cidades vizinhas disputarem os campeonatos anuais da Lepa.

 

Caio... A grande 'promessa'...

Caio… A grande ‘promessa’…

Com passagens pelo PAFC, Hailton Custodio e Carpinetti eram os papões das categorias de base. Quase todas as finais de campeonatos afunilavam para suas equipes! A rivalidade notava-se na flor da pele, entre jogadores, torcedores e principalmente entre os dois grandes rivais. Nas reuniões da liga esportiva o clima era sempre tenso. Quando um ou outro usava a palavra, voava faíscas para todo lado!

Hailton, paizão e professor, exercia liderança da categoria fraldinha à infantil!

Carpineti liderava a partir daí.

Confrontos entre o Gremio Sigra do Carpinetti e Crac, do Hailton Custodio nas finais de campeonatos da Liga eram uma constante…!

A qualidade dos trabalhos, as conquistas e rivalidade faziam de Hailton Custodio e Carpinetti sinônimos de clube…

– Qual jogo você vai assistir amanhã?

– O do Hailton ou do Carpinetti!

– Quem passou para a final?

– Hailton e Carpinetti!

Estas eras as perguntas e respostas de torcedores que todo sábado à tarde durante o ano todo descia aos campos Rego Barros – novo Vasquinho -, Yara, Siqueira Campos ou Escola Profissional para acompanhar os jogos!

O jogo que certamente continua latente na retina do torcedor aconteceu num sábado de agosto no Estádio Siqueira Campo, o quartel. Valia pela final da Copa Lepa Juvenil de 87.

No primeiro tempo o time da Sigra, – que havia vencido a primeira partida da final por 3×1 – impôs uma sonora goleada de 5 a 1 no Crac…! O titulo do certame estava a um passo da Sigra.

Mas ainda restavam 40 minutos de segundo tempo!

É claro que ninguém acreditava numa possível virada!

Ninguém, virgula!

Hailton Custodio não era ‘ninguém’!

Hailton Custodio não era homem de perder pra ninguém de 5×1!

Muito menos para Carpinetti…!

No intervalo de jogo, em meio a muita laranja previamente descascada trazida de casa para reidratação como de praxe, Hailton pôs seus meninos de 17 anos, suados sentados em semicírculo no centro do gramado e ‘descascou’ o pepino… o abacaxi, a laranja e outras frutas! – azedas! – Ninguém além dele, nem mesmo os pais e mães corujas que acompanhavam os jogos acreditavam na virada…

Mas Hailton Custodio acreditava!!

E, durante quase dez minutos usou seu português simplório, muitas vezes eivado de erros crassos, especialmente da troca do ‘l’ pelo ‘r’, para convencer seus garotos de que era possível virar o jogo e decidir o titulo na prorrogação!

O time voltou de cabeça erguida para o segundo tempo… E os gols foram saindo em cascata… 1, 2, 3, 4, 5, 6!

A virada histórica, que nem mesmo os jogadores dentro de campo acreditavam, aconteceu…! 7 x 5 para os craques do Crac do Hailton Custodio!

O titulo do certame juvenil – primeiro dos seis consecutivos realizados pela Lepa – acabou ficando com os garotos do Carpinetti, que acabou vencendo os garotos do Hailton por 1×0 na prorrogação!

Mas a virada histórica, quase impossível, ficou registrada na memoria dos jogadores e torcedores que foram ao Estádio Siqueira Campos naquele fim de tarde de sábado de 1987!

 

Assim um cronista esportivo narrou o feito na época...!

Assim um cronista esportivo narrou o feito na época…!

O polemico Jorge Luiz de Lima Carpinetti, organizado e competente promotor de eventos esportivos, criador da COP.A, que reuniu garotos do Brasil e do exterior em Pouso Alegre nos anos 90 e outros torneios, justiça seja feita, deixou seu nome escrito à ouro no livro da historia esportiva de Pouso Alegre. Morreu no inicio do ano passado tentando resgatar o futebol de então.

O grande, polemico, apaixonado, e corretíssimo ‘professor’ de futebol – e de vida para seus garotos – Hailton Custodio, deixou saudades, muita saudade! Morreu de infarto em agosto de 2003 quando acalentava o sonho de ressuscitar o Pouso Alegre Futebol Clube.

Pelo que fez naquele homérico jogo no Siqueira Campos, e em tantos outros jogos com seus garotos em quase vinte anos, não tenho duvidas de que, se não tivesse partido, o glorioso Dragão do Sul de Minas estaria em atividade, disputando com galhardia os certames profissionais!  Hailton Custodio – quem sabe em parceria com o grande rival Carpinetti!? – teria protagonizado outra virada histórica e ressuscitado o glorioso PAFC!

Será que os professores Hailton e Carpinetti se encontraram e fizeram as pazes no outro astral…?

Esporte de Pouso Alegre dá show em Lavras

“Cidade Sede Lavras de 23 a 27 de Junho de 2015

Atletas I Atletas II Atletas III Atletas IV Atletas V
A Prefeitura Muncipal , Através da Secretaria de Esportes parabeniza Todos os Atletas que participaram deste maravilhoso evento e Todas as escolas que enviaram os Alunos . O trabalho do Professor Celio Rodrigues ( Celinho) e a dedicação e determinação fizeram com que Pouso Alegre desse um Show e 19 alunos/Atletas se classificaram para a Próxima fase Estadual que será realizada em Uberaba no mês de agosto. A delegação de Pouso alegre contou com 60 alunos que Competiram nesta etapa .
Os grandes Destaques Medalhistas de Ouro de Pouso Alegre e que visam a classificação em Uberaba para a Etapa Nacional
Aluno da escola estadual Vinicius Meyer Alexander Abreu Cardoso com a marca de 2’04’’2 no modulo II deu um show nos 800 metros e conquistou o primeiro lugar e uma excelente colocação no revezamento medley
No arremesso do Peso modulo I o aluno do Colégio Vale do Sapucaí Gabriel Justiniano fez uma grande marca com 11,87 e conquistou o Primeiro lugar além de ser vice campeão também no Disco com 33,43 e a terceira colocação no revezamento 4 x 75 metros
No lançamento do Disco também do Colégio Vale do Sapucaí Cesar Pirana com 33,78 do Modulo I leva o primeiro lugar nesta prova
No lançamento do Dardo feminino modulo I a aluna da EM Dr Ângelo Consoli Maria Eduarda Gaspar com 14,26 foi a primeira nesta prova e a segunda no revezamento 4 x75 metros
Nos 1000 metros modulo I a aluna da EM Prof. Josefa Torres Daniele Maria de Lima foi a campeã com 3’44’’5 e a segunda colocação nos 4 x 75
Nos 200 metros com 21’’20 e no revezamento Medley com 2’06’’8 o aluno Pedro Henrique Avelar do Colégio Vale do Sapucaí foi o campeão nestas Provas e o vice nos 100 metros rasos com 11’’20
Nos 100 metros também do Colégio Vale do Sapucaí o aluno Guilherme Prevelato Oliveira leva o ouro com a marca de 11’’2 e o ouro também no revezamento Medley além da terceira colocação nos 200 m com 22’’71
No revezamento Medley modulo II formada com os alunos do Colégio Vale do Sapucaí que além do Pedro e o Guilherme fizeram parte deste grupo campeão Lucas Almeida Avelar e Vinicius Bustamante com a marca de 2’06’’8
Os medalhistas de Prata do Colégio Vale do Sapucaí na Prova do Salto em altura modulo I Alan Jonas Ibraim com a marca de 1’40 foi o destaque além da segunda colocação no revezamento 4 x 75 metros
Da escola estadual Vinicius Meyer Waddington Cicero Sena no modulo II levou a Prata nas provas do Salto em altura com 1’80 e nos 400 metros com 52’’69 além de uma boa performance no revezamento medley ficando em 4º lugar
Mais um aluno do modulo II do Colégio Vale do Sapucaí Conquistou a Prata o aluno Carlos Miguel Ubaldo na prova do salto em distância com a marca de 5,68
Da escola municipal Prof. Josefa Torres no modulo I a aluna Lorrane Moura levou três medalhas de prata nos 75 metros com 10’’3 nos 250 m com 39’’1 e no revezamento 4x75metros
Aluno da escola municipal Dr Ângelo Consoli no modulo I Júlio Cesar foi prata nos 250 metros com 34’’2 e terceiro nos 75 com 9’’8 e vice campeão no revezamento 4 x 75 metros
No revezamento 4×75 metros Pouso Alegre foi a vice campeã no masculino e feminino com os alunos Daniele Maria da EM Josefa Torres/Maria Eduarda Gaspar da EM Dr Ângelo Consoli/Giovana Apuzzo do Colégio São Jose e Lorrane Moura da EM Josefa Torres com a marca de 45’’09
No masculino formada com os alunos José Fernandes da EE Dr José Marques de Oliveira / Júlio Cesar da EM Dr Ângelo Consoli /Alan Ibraim e Gabriel Justiniano do Colégio Vale do Sapucaí com a marca de 40’’05
E nas quartas colocações ficaram para os alunos da escola Dr José Marques de Oliveira no Modulo II os alunos na prova do Lançamento do Disco o aluno João Pedro e Maria Eduarda Xavier
Nos 400 metros o aluno João Eduardo da Silva modulo II da EE Vinicius Meyer obteve a vaga com a marca de 54’’96
E o aluno João Paulo Soares modulo I da E M Dr Ângelo Consoli
Que obteve a quarta colocação na prova do salto em altura com a marca de 1,60
Na pontuação geral por escolas o Colégio Vale do Sapucaí leva dois troféus de Campeão modulo I masculino e de vice Campeão modulo II masculino
E a escola estadual Vinicius Meyer foi a terceira colocada no modulo II masculino
Agora é se preparar para a fase estadual em agosto na cidade de Uberaba parabéns aos grandes feras do atletismo Pouso Alegrenses”

Segundo publicação no face do sub-secretario de Esportes de Pouso Jose Carlos “Espoleta” do Nascimento.

 

Copa São Paulo de Futebol de base

Escudo ForcraquesValendo pela segunda rodada da Copa São Paulo da Associação Paulista de Futebol, o Forcraques recebeu a equipe da A.A.Santos, de São Paulo, neste sábado 13, no Manduzão em Pouso Alegre. Perdeu a categoria Infantil e ganhou a categoria Juvenil.

Na sub-15 os garotos da Brinquinho perderam, pela contagem mínima para a equipe santista. Na sub-17 a diferença de placar a favor dos garotos de Pouso Alegre foi também mínima, mas as redes balançaram sete vezes. Três para os visitantes e quatro para os anfitriões! Alessandro, 99, fez um e Patrick, 98, fez três gols na vitória de 4×3.

No próximo sábado, 20, o Forcraques vai a Cajamar-SP, enfrentar as equipes do CTKFEU Sports pela terceira rodada do certame interestadual.

Ilustres santistas

Lima, este blogueiro e Juari...

Lima, este blogueiro e Juari…

Outro dia em visita ao tradicional Bar do Peixe em Pouso Alegre, encontrei pessoas ilustres… Acompanhado pelo subsecretario de Esportes de Pouso Alegre, estavam lá para saborear as delicias da casa, os ex-craques Lima e Juari, que fizeram historia no futebol brasileiro, especialmente no Santos F.C.

O fotografo que fez a foto e me enviou é tão ou mais ilustre do que os craques que me ladeiam… Ninguem menos do que Jose Carlos do Nascimento, o nosso “Espoleta”, menino que saiu do extinto “Vasquinho” na beira da linha – hoje terminal rodoviário – para se tornar um dos “meninos da Vila” na década de 70 e ganhar o mundo, literalmente. Foi até o Japão!

 

Marcelo 'Romario das Peladas' Rodrigues, Espoleta e este blogueiro com os 'olheiros' de Poços de Caldas no encontro dos filhos do Hailton Custodio!

Marcelo ‘Romario das Peladas’ Rodrigues, Espoleta e este blogueiro com os ‘olheiros’ de Poços de Caldas no encontro dos “Filhos do Hailton Custodio”!

Na outra foto o ex-craque do meio campo e atual subsecretario de esportes, Espoleta, aparece ao lado de ‘boleiros’ da Caldense e do cinegrafista  Marcelo Rodrigues. Na década de 90, ainda no inicio da bem sucedida carreira de repórter cinematográfico da EPTV, Marcelo Rodrigues jogou muitas peladas – no gol – em Pouso Alegre. Sua semelhança com o craque Romário lhe rendeu na época o apelido de Romário das Peladas…!

Essa foto foi feita no dia 15 de dezembro na quadra do Horto em Pouso Alegre, durante o encontro anual dos “Filhos do Hailton Custodio”… Tutto bona gente!

 

“Menino Maluquinho” do Galo X “Meninos que vi crescer”, do Airton Chips

LuanO encontro se deu no pátio do Estádio Independência no Horto, em Belo Horizonte após o jogo Atlético 2 X 2 Santos, pelo Campeonato Brasileiro.

Luan Madson Gedeão de Paiva, ou simplesmente Luan, também chamado pelos torcedores e pela imprensa de “Menino Maluquinho”, devido ao seu jeito alegre e descontraído de correr – de fazer gols – de comemorar gols decisivos e de falar, não enfrentou o time da vila – E como fez falta! – pois está machucado, mas foi ao estádio prestigiar os companheiros e dar atenção à galera.

Enquanto aguardava a saída dos colegas do vestiário, Luan, o “talismã” do time alvinegro, atendeu a tietagem e posou como sempre sorridente para fotos. Brincou com os cabelos do pequeno fã, Daniel Matos, filho deste blogueiro, e recebeu o livro “Meninos que vi crescer”.

O personagem “menino maluquinho” do Galo é a antítese dos “meninos” do livro escrito por Airton Chips… Enquanto os “meninos” do livro, personagens reais que viveram e vivem no entorno de Pouso Alegre – alguns embaixo de sete palmos de terra e outros no Hotel do Juquinha – na encruzilhada da adolescência escolheram as drogas e o crime, o menino maluquinho do galo agarrou com unhas e dentes – sorrisos e maluquices sadias – a bola! Começou a carreira no Atlético Sorocaba, passou por Comercial, Ponte Preta, ajudou o Basel da Suíça conquistar um torneio em 2012 e desde 2013 vem fazendo a alegria da galera alvinegra. Aos 24 anos renovou o contrato com o Galo até 2019!

– Vou ler seu livro nas viagens durante o campeonato brasileiro e na concentração – disse o veloz atacante diante do flash.

Boa leitura Luan! E sucesso! Quiçá todos os meninos que estou vendo crescer sigam seus passos – nem precisam correr tanto quanto você! – e espalhem as alegrias do esporte e de uma vida sem drogas como você faz!

 

Futebol Infantil e Juvenil interestadual

Forcraques JuvenilA escolinha de futebol Forcraques F.C. está disputando a Copa São Paulo de futebol, promovida pela Associação Paulista de Futebol Sub-15 e Sub 17. Neste sábado, 30, os pupilos do treinador Brinquinho enfrentaram os garotos do Desportivo Brasil em ambas as categorias. Os jogos aconteceram no campo do Bairro São Cristóvão às 11h00 e 12h00.

Na categoria infantil os garotinhos de Pouso Alegre perderam para os paulistanos por 6×0. Já na categoria juvenil, os ‘meninos do Mandu’ deram o troco… Venceram o Desportivo Brasil por 2×1, com gols de Altair e Patrick.

A próxima rodada será no dia 05 de junho na Arena Barueri, contra o Gremio Barueri.