Simplório & Finório atacam novamente – Parte XI…

E levam R$ 5 mil da viúva aposentada!

A vítima da vez foi a senhora Nazaré. Ela tem 67 anos e mora da vizinha São Sebastião da Bela Vista. A estória da aposentada é mais confusa do que as das demais vítimas da famosa dupla de vigaristas. Ela disse aos policiais que passava por uma rua do centro de Pouso Alegre quando foi abordada pela dupla a qual lhe aplicaram o golpe do bilhete premiado. Segundo ela, os dois vigaristas a levaram para o interior do banco Itaú e fizeram um empréstimo no valor de R$ 5.531 em seu nome. Depois foram com ela até sua residência em São Sebastião da Bela Vista, distante 35 quilômetros de Pouso Alegre, tentando aplicar mais golpes. Ainda segundo a aposentada, a pedido dela, os vigaristas a levaram de volta à Pouso Alegre e a deixaram na porta da C.E.F. Ao checar sua contada bancaria, ela soube então que ‘devia’ ao banco a quantia de R$ 5.531.
… E ficou só com o cabo do guarda-chuva na mão!

Nêga caiu de novo…

A prisão do velho conhecido da polícia aconteceu no final da manhã desta quinta, 08, na porta de sua casa. Na ocasião Nega estava portando um pacote com R$1.289 em cédulas. Segundo ele mesmo disse aos policiais que o prenderam a grana era para pagar uma remessa de maconha que ele havia comprado no Aterrado para seu próprio uso.

Nêga nos tempos em que fumar maconha dava cana!

Nêga nos tempos em que fumar maconha dava cana!


A prisão de Nega, mais uma vez foi conturbada. Primeiro ele tentou correr. Depois encarou e rolou na poeira com os policiais na tentativa de evitar a prisão.
Segundo narra o BO que levou Nêga para o piano do delegado de plantão, a abordagem se deu em virtude de várias denúncias de que ele anda distribuindo drogas em sua casa, na Rua Tenente Anísio no Jardim Yara. Numa busca minuciosa em sua residência, acompanhados de duas testemunhas civis, o sargento Silveira e seus pupilos encontraram três tijolos de maconha, um patuá da mesma erva ‘marvada’, uma balança de precisão e uma faca com resquícios da cannabis!
Ainda segundo o BO, depois de dominado e revoltado, dizendo ‘cobras & lagartos’, Nêga teria dito na presença das testemunhas que a droga era dele, que havia comprado de um tal “Alemão” no Aterrado para fins de comercio e que estava indo fazer o pagamento da droga!
Do Jardim Yara onde foi preso, Nêga e os policiais foram direto para o PS do Hospital Regional, todos com escoriações leves pelo corpo devido à resistência à prisão. Durante o trajeto Nêga foi desfiando o rosário de impropérios e ofensas aos policiais que o prenderam. Por isso, além do artigo 33 da Lei 11.343, responderá também pelos delitos de resistência, desobediência, lesões corporais e desacato!
Marcos Vinicius do Santos, o “Nêga”, 62 anos, é uma das figurinhas mais antigas do álbum da polícia. Apesar do todo o espalhafato costumeiro nas suas prisões, não será surpresa se o ‘33’ cair para ‘28’, e ele voltar para casa ainda esta semana!

Pouso Alegre F.C. tem nova diretoria

Nova mesmo! É a primeira vez em 30 anos que o centenário clube Rubro Negro sais das mãos dos Chaves. Paulo da Pinta é o novo presidente do clube.

Paulo da Pinta, o ex-craque  rubro negro é o novo presidente do clube!

Paulo da Pinta, o ex-craque rubro negro é o novo presidente do clube!


A eleição autorizada pela justiça aconteceu na noite desta terça, 06, nas dependências do Educandário N.S. de Lourdes em Pouso Alegre. Antigos sócios, antigos ex-diretores, boleiros e desportistas da cidade compareceram à Assembleia para escolher o novo presidente do Conselho Deliberativo do clube inativo há mais de 20 anos. Dentre os 145 desportistas presentes à Assembleia Geral estava o prefeito eleito, Rafael Simões e seu vice, Paulo Valdir. Rafael disse durante sua campanha que pretende desapropriar o antigo Estádio da Lema para incorporá-lo à Fundação, e expandir o Hospital Regional Samuel Libânio.
Nelson Matsunaga foi eleito presidente do Conselho Deliberativo.

Nelson Matsunaga foi eleito presidente do Conselho Deliberativo.


Por 142 votos, contra três votos em branco, a chapa única encabeçada por Nelson Matsunaga foi eleita para o próximo triênio. Em seguida, na mesma Assembleia, Paulo Sergio Ladeia de Castro foi escolhido por aclamação para dirigir o clube.
Paulo da Pinta encerrou a carreira como jogador, no Criciuma.

Paulo da Pinta encerrou a carreira como jogador, no Criciuma.


Ao contrário do que era feito anteriormente, quando o presidente que estava saindo escolhia o Conselho Deliberativo, agora é o Conselho Deliberativo, escolhido em Assembleia Geral, que escolhe o novo Presidente do clube, e este, por sua vez, escolhe seus diretores, para administrar juntos os três anos seguintes.
O próximo passo agora é discutir a situação do Estádio da Lema, há anos abandonado, e a formação de um plantel para disputar o campeonato da Segunda Divisão da FMF em 2017.
A eleição da nova diretoria do Pouso Alegre F.C. nesta terça, 06 de dezembro, marca uma nova era – auspiciosa, com certeza – na história do clube e no futebol profissional da cidade. Pela primeira em 30 anos a diretoria sai das mãos da ‘familia Chaves’, que desde 1985 se alternava ora na presidência do Conselho, ora na Presidência do clube.
Quem, por ventura, tenha guardado uma camisa rubro-negra do Dragão do Sul de Minas, já pode tirá-la do armário!

Veja como ficou o Conselho Deliberativo do PAFC: Nelson Matsunaga (Pres.) Amarildo Morel de Freitas (Vice), Paulo Sergio Ladeia de Castro, Ruy Peres Rebello, Carlos Roberto Castilho, Jose Claret Bochi, Sergio Augusto de Carvalho, Marcus Vinicius Vieira Teixeira, Jose Claret Almeida Ferraciolli, Luiz Cesar Paiva, Rinaldo Floriano de Oliveira, Ernani Barbosa Vilela, Jorge Tadeu Ferreira, Marco Antonio Vieira Teixeira, Lucio Vidal de Barros Cobra, Randolfo Peres Rebelo, Jose Auronil Gomes, George Luiz R.Pelegrini, Ronaldo Vilas Boas e Ubiraci Brasil Teixeira.

Susto no Hospital Regional Samuel Libânio

Um princípio de incêndio levou os bombeiros ao nosocômio ontem na manha desta quarta,07.

Passava pouco das seis da manhã quando uma fumacinha escura e um cheiro forte de combustão começou se espalhar no setor de lavanderia do hospital. Antes que a temperatura subisse demais as tomadas elétricas e registros de gás foram desligados…E os bombeiros foram chamados!
Acostumados a chegar correndo com as sirenes ligadas, levando pacientes para serem salvos no hospital, desta vez os Bombeiros correram para salvar ‘o’ hospital!
Segundo os ‘anjos de vermelho’, a causa do princípio de incêndio foi o acúmulo de fragmentos de tecidos na parte interna da máquina que causou o aquecimento e provocou a combustão. Após realizar a limpeza e orientar o eletricista quanto aos danos causados na fiação elétrica do maquinário, tudo voltou ao normal.
Foi só um pequeno susto… O hospital passa bem!

Policia Militar recupera “Menina dos olhos” …

Lembram do caso da garota que teve o celular roubado quando almoçava com os pais na área externa do restaurante Costela no Bafo?
Pois é! O caso teve um final feliz… O celular roubado na quarta-feira, 30 de novembro, foi recuperado pela polícia! E o assaltante recebeu as pulseira de prata da lei!

Tudo aconteceu por que o criminoso sempre volta à cena do crime! Neste caso ele não voltou exatamente à cena do crime, mas voltou ao crime! Ou seja: continuou roubando… Ou pelo menos tentando!
O ladrão da “menina dos olhos” da menina se chama Eliezer Vinicius de Oliveira, tem 19 anos e mora do Cidade Jardim. No crepúsculo desta segunda ele tentou roubar a ‘menina dos olhos’ do farmacêutico J.V.O. na rua Olegário Maciel no centro da cidade e se deu mal. O farmacêutico estava sentado na porta de sua casa lendo suas mensagens no celular, quando o meliante parou na sua frente, levantou a camisa exibindo o cabo preto de uma pistola e fez a proposta indecente de sempre:
– Perdeu Mané, passa o radinho e fica de diboinha!
Mas o farmacêutico não passou o radinho e nem ficou ‘diboinha’…! Ele reagiu e deu um empurrão no assaltante. Como estavam num local movimentado àquela hora, com vários carros e pessoas passando, o assaltante desistiu do roubo e passou sebo nas canelas.
Os homens da lei foram chamados, registraram o fato e passaram a monitorar todos os lombrosianos com as vestimentas e características do ladrão de celular pela cidade. Mais tarde ele foi visto no final da Vicente Simões. Foi perseguido e preso já próximo ao CENEC.
Reconhecido pelo farmacêutico como o meliante que tentou tomar seu celular, Eliezer abriu o livro. E já que estava tão boa prosa, resolveu – de livre e espontânea vontade – falar de outros roubos recentes na cidade.
Foi ele que arrancou a “menina dos olhos” das mãos da menina S.P.M. na varanda do restaurante Costela no Bafo na semana passada. E ele deve ter gostado do aparelhinho, pois o guardou bem guardadinho! A ‘menina dos olhos’ da adolescente estava enterrada na beira do lago no bairro Portal do Ipiranga, perto da casa do assaltante. A menina, que mora em Monte Verde, também reconheceu o assaltante através de fotos enviadas pela PM. Nesta quarta feira ela vai receber de volta sua “menina dos olhos”!
Já o meliante ficará cego, quero dizer, sem comunicação via celular, no Hotel do Juquinha!
Ah, a pistola preta que ele exibiu na cintura… Era de plástico!

Estupro de incapaz em Estiva

A garotinha de 06 anos de idade sofreu laceração de segundo grau na vagina! Ela é autista!

O hediondo crime aconteceu ao pé da manhã deste domingo, 04. No entanto, o estupro só foi constatado no final da tarde. Durante todo o dia a criança autista de seis anos foi tratada no hospital local como se tivesse problemas intestinais e tivesse se ferido durante a evacuação!
Segundo a mãe da garotinha, ela se ausentou de casa de manhãzinha para ir à padaria deixando a menina de seis anos e um bebezinho aos cuidados do marido, pai das crianças. Ao retornar à casa, cerca de meia hora depois, percebeu que a filha estava com a roupa manchada de sangue. Orientada pelo marido, que saiu de casa para dar uma volta, ela deu um banho na filha e então descobriu que havia um ferimento na região anal. Levada para o hospital local a menina foi tratada com ‘óleo’ e recebeu alta. Mas o sangramento continuou! Algumas horas depois a menina foi levada novamente ao hospital de Estiva, onde foi medicada e ficou em observação. Às quatro e meia da tarde, num exame mais minucioso, constatou-se que o ferimento era na vagina, possivelmente resultado de abuso sexual!
As conselheiras tutelares que foram chamadas para acompanhar o caso foram informadas pelos familiares que a criança sofria de problemas intestinais!
Os médicos do Centro de Referência de Atendimento à Mulher Vítima de Violência Sexual, implantado no Hospital Regional Samuel Libânio em Pouso Alegre em abril passado – o primeiro no interior do Estado – para onde a garotinha foi transferida, juntamente com a medica legista de plantão, concluíram que a garotinha autista de seis anos foi estuprada! E sofreu laceração de segundo grau na vagina, carecendo de cirurgia reparadora!
O pai da criança, único suspeito do crime, afirma que em nenhum momento se afastou da filha. Mas jura de pés juntos que é inocente!
O delegado de plantão instaurou I.P. para apurar o hediondo crime!

P.A.F.C. vai realizar eleições…!

Desta vez não é 1º de Abril! O clube ressuscitou! E vai escolher – de maneira transparente – seus novos diretores!

Ontem era um vibrante estadio de futebol... Hoje virou mato.. Amanhã poderá se transformar num grande clube de futebol de futebol...!

Ontem era um vibrante estadio de futebol…
Hoje virou mato..
Amanhã poderá se transformar num grande clube de futebol de futebol…!

A eleição acontecerá nesta terça-feira, 06 de dezembro de 2016, no ‘Salão Azul’ nas dependências do Educandário N.S. de Lourdes, na Rua Bom Jesus, em Pouso Alegre.
A eleição histórica desta terça feira, que marca a volta das atividades do clube e consequente volta ao futebol profissional do estado só foi possível graças a uma ação judicial impetrada por um grupo de amantes do “Pousão”, contra a diretoria de até então, há quase vinte anos sendo escolhida ao arrepio da lei, sem qualquer obediência aos sagrados estatutos do clube rubro-negro do Mandú.
A comissão autorizada pela justiça para promover a eleição desta terça,06, é encabeçada por Paulo da Pinta, Amarildo “Pequeno Polegar”, Rui Rebello, Nelson Matsunaga, Carlos Castilho e outros ‘boleiros’ que, ou fizeram parte de diretorias em gestões anteriores, ou foram sócios do clube quando ele tinha um quadro social.

Um pouco da história do ‘Dragão’…

Criado no dia 15 de novembro de 1913, o clube ascendeu à Primeira Divisão do futebol mineiro em 1968. Caiu – no ‘tapetão’ – no ano seguinte e ficou fora de cena durante 15 anos. Voltou a disputar o certame profissional em 1984, um ano depois de ser Campeão Amador do Estado. Desde então fez brilhantes campanhas na Segundona, até ascender novamente à elite do futebol mineiro em 1988. Em 1990 chegou ao auge ao conquistar o título simbólico de Campeão do Interior. Naquele ano o Rubro Negro do Mandú colocou agua no Chopp do Atlético, vencendo o grande Galo mineiro por 2×1 no dia 26 de março, dia do seu aniversário… No Mineirão!

Vem times ainda melhores do que esse por aí...!

Vem times ainda melhores do que esse por aí…!

O auge marcou também a derrocada. Valorizado, o plantel foi desfeito. A jovem dupla de zaga, Cesar & Zigomar, cedida pelo SPFC foi devolvida. O lateral Edevaldo – seleção brasileira de 82 – teve o contrato rescindido. O meia prata-da-casa, Paula da Pinta, foi vendido – e bem! – para o cruzeiro e de lá para o Criciúma onde foi destaque até encerrar a carreira. O lateral esquerdo Nonato, que viera quase de graça do Rio Grande do Norte também foi para o Cruzeiro onde jogou por vários anos. O centroavante Carlão, autor de um dos gols históricos contra o Galo, foi vendido para a Grécia!
Com a venda destes e de outros jogadores, quando parecia que o clube em evidencia investiria nas categorias de base e formaria um plantel ainda melhor para disputar campeonatos além do Estado, aconteceu o inverso!!! Em 1994 o brioso clube, orgulho não só dos pousoalegrenses como também dos desportistas vizinhos, que lotavam o estadinho da LEMA e acompanhavam o time em toda região, acabou! Quatro anos depois do Olimpo, o clube estava inativo, sem plantel e endividado! Promoveu bingos em busca de recursos e contraiu mais dividas! Em 2000 chegou a ser vendido para a Fundação à preço de banana, quase que apenas para se ver livre das dívidas! Em 2003 disputou – melancolicamente o campeonato regional amador! Em 2009, após receber indenização da Fundação pela destruição das arquibancadas do estádio, o time ensaiou uma volta triunfal aos gramados. Apenas ensaiou…! Ficou pelo caminho na disputa com times como o Guarani de Pouso Alegre, o Santarritense de Santa Rita, o Jacutinga e outros.

As arquibancadas foram destruídas há 15 anos...!

As arquibancadas foram destruídas há 15 anos…!

A pendenga judicial…

Foi nesse ano que Paulo Sergio Ladeia de Castro, o Paulo da Pinta e outros apaixonados pelo Dragão do Sul de Minas resolveram entrar na justiça para reaver o glorioso clube e promover eleições democráticas e transparentes, uma vez que os atuais detentores dos documentos do clube não tem interesse em fazê-lo, mas também ‘não largam o osso’!
A pendenga judicial se arrastou por longos sete anos. No dia 31 de outubro o Juiz Jose Hélio da Silva, da Comarca de Pouso Alegre, deu ganho de causa ao grupo já citado. Determinou que os atuais detentores dos documentos do clube devolvessem os documentos e autorizou o novo grupo a convocar eleições gerais dentro de 60 dias.
A Assembleia Geral desta terça-feira, 06, escolherá o Conselho Deliberativo e o Conselho Fiscal do clube. Logo depois serão discutidas as mudanças do Estatuto, adequando-o às novas normas vigentes no Código Civil Brasileiro. Em seguida o Conselho escolherá o Presidente, vice, secretários, tesoureiros e demais membros que dirigirão o clube no próximo trienio.

 

 O que administrar…

A eleição acontecerá nesta terça-feira, 06 de dezembro de 2016, no ‘Salão Azul’ nas dependências do Educandário N.S. de Lourdes, na Rua Bom Jesus, em Pouso Alegre.

A eleição histórica desta terça feira, que marca a volta das atividades do clube e consequente volta ao futebol profissional do estado só foi possível graças a uma ação judicial impetrada por um grupo de amantes do “Pousão”, contra a diretoria de até então, há quase vinte anos sendo escolhida ao arrepio da lei, sem qualquer obediência aos sagrados estatutos do clube rubro-negro do Mandú.

A comissão autorizada pela justiça para promover a eleição desta terça,06, é encabeçada por Paulo da Pinta, Amarildo “Pequeno Polegar”, Rui Rebello, Nelson Matsunaga, Carlos Castilho e outros ‘boleiros’ que, ou fizeram parte de diretorias em gestões anteriores, ou foram sócios do clube quando ele tinha um quadro social.

 

Um pouco da história do ‘Dragão’…

Criado no dia 15 de novembro de 1913, o clube ascendeu à Primeira Divisão do futebol mineiro em 1968. Caiu – no ‘tapetão’ – no ano seguinte e ficou fora de cena durante 15 anos. Voltou a disputar o certame profissional em 1984, um ano depois de ser Campeão Amador do Estado. Desde então fez brilhantes campanhas na Segundona, até ascender novamente à elite do futebol mineiro em 1988. Em 1990 chegou ao auge ao conquistar o título simbólico de Campeão do Interior. Naquele ano o Rubro Negro do Mandú colocou agua no Chopp do Atlético, vencendo o grande Galo mineiro por 2×1 no dia 26 de março, dia do seu aniversário… No Mineirão!

O auge marcou também a derrocada. Valorizado, o plantel foi desfeito. A jovem dupla de zaga, Cesar & Zigomar, cedida pelo SPFC foi devolvida. O lateral Edevaldo – seleção brasileira de 82 – teve o contrato rescindido. O meia prata-da-casa, Paula da Pinta, foi vendido – e bem! – para o cruzeiro e de lá para o Criciúma onde foi destaque até encerrar a carreira. O lateral esquerdo Nonato, que viera quase de graça do Rio Grande do Norte também foi para o Cruzeiro onde jogou por vários anos. O centroavante Carlão, autor de um dos gols históricos contra o Galo, foi vendido para a Grécia!

Com a venda destes e de outros jogadores, quando parecia que o clube em evidencia investiria nas categorias de base e formaria um plantel ainda melhor para disputar campeonatos além do Estado, aconteceu o inverso!!! Em 1994 o brioso clube, orgulho não só dos pousalegrenses como também dos desportistas vizinhos, que lotavam o estadinho da LEMA  e acompanhavam o time em toda região, acabou! Quatro anos depois do Olimpo, o clube estava inativo, sem plantel e endividado! Promoveu bingos em busca de recursos e contraiu mais dividas! Em 2000 chegou a ser vendido para a Fundação à preço de banana, quase que apenas para se ver livre das dívidas! Em 2003 disputou – melancolicamente o campeonato regional amador! Em 2009, após receber indenização da Fundação pela destruição das arquibancadas do estádio, o time ensaiou uma volta triunfal aos gramados. Apenas ensaiou…! Ficou pelo caminho na disputa com times como o Guarani de Pouso Alegre, o Santarritense de Santa Rita, o Jacutinga e outros.

 

A pendenga judicial…

 

Foi nesse ano que Paulo Sergio Ladeia de Castro, o Paulo da Pinta e outros apaixonados pelo Dragão do Sul de Minas resolveram entrar na justiça para reaver o glorioso clube e promover eleições democráticas e transparentes, uma vez que os atuais detentores dos documentos do clube não tem interesse em fazê-lo, mas também ‘não largam o osso’!

A pendenga judicial se arrastou por longos sete anos. No dia 31 de outubro o Juiz Jose Hélio da Silva, da Comarca de Pouso Alegre, deu ganho de causa ao grupo já citado. Determinou que os atuais detentores dos documentos do clube devolvessem os documentos e autorizou o novo grupo a convocar eleições gerais dentro de 60 dias.

A Assembleia Geral desta terça-feira, 06, escolherá o Conselho Deliberativo e o Conselho Fiscal do clube. Logo depois serão discutidas as mudanças do Estatuto, adequando-o às novas normas vigentes no Código Civil Brasileiro. Em seguida o Conselho escolherá o Presidente, vice, secretários, tesoureiros e demais membros que dirigirão o clube no próximo trienio.

 

O que administrar!

Quinze anos depois de sua criação, em 1928, o PAFC adquiriu o terreno para construir seu estádio. Na época, os quase quinze mil metros quadrados ficava nos arrabaldes da idade, muito além da Rua do Brejo, no caminho das Taipas. Na década dos anos 70 embora estivesse disputando apenas o futebol amador regional, para ampliar suas arquibancadas o cube contraiu dividas junto ao banco Nacional. E ficou inadimplente! Nesta ocasião a L.E.M.A., criada em 1948, para promover o futebol amador no município, organizou torneios, arrecadou rendas e conseguiu quitar a divida do PAFC, evitando assim a perda do estádio. Também por isso o estádio ficou conhecido como “Campo da LEMA”, como se pertencesse à Liga Esportiva, que por sinal mudou de denominação em novembro de 1987, passando a chamar-se Liga Esportiva de Pouso Alegre-LEPA.

O estadinho que a Liga ajudou a resgatar, – ‘menina dos olhos de alguns cartolas – hoje pode garantir longa vida ao clube rubro negro.

A nova diretoria do Pouso Alegre Futebol Clube ainda não tem um plantel de jogadores para administrar, mas tem o estadinho da LEMA, um imóvel numa área nobre da cidade que vale algo em torno de R$ 30 milhões. Patrimônio este que, bem administrado – e certamente será – se converterá em CT nos arredores da cidade, em investimentos com renda fixa para custear despesas diárias do clube, em clube social para seus socios e plantel de jogadores, que em poucos anos colocará o “Dragão do Sul de Minas” no cenário futebolístico nacional!

A eleição do PAFC nesta terça-feira, 06, é alvissareira! Promete um longo ciclo de vitorias e alegrias para o futebol de Pouso Alegre!

Eu acredito… E apoio!

Voce que gosta de futebol, essa paixão que une pessoas e povos como vimos no decorrer desta semana, está convidado para participar deste momento histórico para o futebol da cidade!

O que administrar!

Quinze anos depois de sua criação, em 1928, o PAFC adquiriu o terreno para construir seu estádio. Na época, os quase quinze mil metros quadrados ficava nos arrabaldes da idade, muito além da Rua do Brejo, no caminho das Taipas. Na década dos anos 70 embora estivesse disputando apenas o futebol amador regional, para ampliar suas arquibancadas o cube contraiu dividas junto ao banco Nacional. E ficou inadimplente! Nesta ocasião a L.E.M.A., criada em 1948, para promover o futebol amador no município, organizou torneios, arrecadou rendas e conseguiu quitar a divida do PAFC, evitando assim a perda do estádio. Também por isso o estádio ficou conhecido como “Campo da LEMA”, como se pertencesse à Liga Esportiva, que por sinal mudou de denominação em novembro de 1987, passando a chamar-se Liga Esportiva de Pouso Alegre-LEPA.
O estadinho que a Liga ajudou a resgatar, – ‘menina dos olhos de alguns cartolas – hoje pode garantir longa vida ao clube rubro negro.
A nova diretoria do Pouso Alegre Futebol Clube ainda não tem um plantel de jogadores para administrar, mas tem o estadinho da LEMA, um imóvel numa área nobre da cidade que vale algo em torno de R$ 30 milhões. Patrimônio este que, bem administrado – e certamente será – se converterá em CT nos arredores da cidade, em investimentos com renda fixa para custear despesas diárias do clube, em clube social para seus socios e plantel de jogadores, que em poucos anos colocará o “Dragão do Sul de Minas” no cenário futebolístico nacional!
A eleição do PAFC nesta terça-feira, 06, é alvissareira! Promete um longo ciclo de vitorias e alegrias para o futebol de Pouso Alegre!
Eu acredito… E apoio!
Voce que gosta de futebol, essa paixão que une pessoas e povos como vimos no decorrer desta semana, está convidado para participar deste momento histórico para o futebol da cidade!

Ancião foi espancado dentro de casa

O velhinho de 90 anos foi encontrado inconsciente e com vários ferimentos na cabeça!

O caso foi descoberto ao pé da manhã deste domingo, 04, no Jardim Santa Cruz. A filha cuidadora ausentou-se de casa no final da noite deste sábado e só retornou por volta das cinco da manhã deste domingo, indo direto para a cama. Por volta de oito da manhã, quando outra irmã ligou, como de praxe, para saber notícias do pai, a cuidadora foi ao quarto dele e teve uma surpresa! O velhinho estava estendido no chão, inconsciente, banhado em sangue, com ferimentos por todo corpo. Levado para o HRSL, até o início da tarde deste domingo ele não havia recobrado a consciência.
Segundo os médicos que o examinaram, o ancião sofreu traumatismo crânio-encefálico e hematomas por todo corpo, e corre risco de perder a vida.

Antônio Fernandes de Oliveira, completou 90 anos no último mês de abril. Dada a idade avançada, ele vive aos cuidados de uma das filhas e tem a companhia constante de um dos bisnetos, de 16 anos.
Segundo M.G., seu pai havia recebido recentemente sua aposentadoria e mantinha em sua carteira cerca de R$ 3 mil, dinheiro esse que desapareceu nesta noite, além de um rádio. Ainda segundo M.G., o bisneto que mora sob o mesmo teto do bisavô, além de usuário de drogas, está sempre envolvido em confusões. Desde então ele não foi mais visto!

Príncipe encantado ataca Cinderela no Foch

Mas não leva o celular porque estava com a tela trincada!

Estava a jovem RRS, atendente da loja “Roupa Nova Cinderela”, no Foch, quieta no seu canto às seis da tarde deste sábado, 03, pensando qual sapatinho usaria no baile da meia noite, quando o príncipe encantado chegou… Era negro, alto, esbelto, usava calça jeans e blusa de moletom vermelha. De repente o jovem sacou a espada da cintura, quero dizer, uma faca de cozinha que trazia no cós da calça, brandiu para a donzela e fez sua declaração:
– Quero todo o dim-dim do caixa e o ‘radinho’… E fique quietinha senão quiser perder o ‘encanto’!
R.R.S. ficou muda diante da proposta do ‘príncipe’…! Pegou o que havia no caixa e entregou. Quanto ao celular ela apenas mostrou o aparelhinho com a tela trincada. O príncipe olhou, esnobou e desistiu de levá-lo!
Antes que a carruagem se transformasse em abóbora, ou antes que a polícia chegasse, o príncipe montou seu corcel negro, quero dizer sua bicicleta preta, e saiu pedalando rápido em direção ao ‘reino dos ladrões de celulares’, quero dizer, à Baixada do Mandú, levando cerca de R$300.

Ciganinhos assaltam vendedora no Aterrado

Os roubos estão diminuindo… De faixa etária dos assaltantes! A soma da idade do trio  não chega a 40 anos!

Um trio de meliantes mirins agrediu fisicamente e tomou o celular de uma jovem vendedora na avenida Ver. Antônio da Costa Rios, no final da manhã desta sexta, 02. Como eram todos fisicamente inferior à vitima, eles agiram concatenadamente! Cada um executou uma tarefa. D.F. segurou a jovem pelos cabelos, J.L. agarrou seu pescoço e a jogou ao chão, e G.F. pegou a “menina dos olhos”. E o trio saiu correndo em direção ao interior da Baixada do Mandú. Mas como todos tinham as pernas curtas, por causa do tamanho, foram alcançados e detidos por populares e entregues à policia. Graças aos seus pedidos de socorro e gritos de paga ladrão, a jovem teve seu celular recuperado.
O três assaltantes mirins, todos filhos de ciganos acampados na ‘vargem’ do velho Aterrado, foram levados para a DP, sentaram ao piano, assinaram um 157 nervosinho e, como manda o ECA, foram liberados pois, um tem 14 anos, o outro tem 13 e o que pulou no pescoço da vendedora tem 12 aninhos! Ou seja… “Deu nada, não”!