Tiozinho cai no “Conto do Carro Quebrado”…

… E o ‘sobrinho’ leva R$ 2,1 na conversa!

I.I. - Esse quebrou de verdade, sem golpe, perto de Santa Rita do Sapucaí!

I.I. – Esse quebrou de verdade, sem golpe, perto de Santa Rita do Sapucaí!

Aconteceu de novo! O carro do jovem que vinha de são Paulo para Pouso Alegre, onde ele pretendia visitar o tiozinho, quebrou. E o pobre sobrinho – sobrinhos estão sempre duros! – não tinha dinheiro para pagar o conserto! Foi assim, como de habito, que aconteceu mais um “golpe do carro quebrado” em Pouso Alegre, nesta quarta feira, 28.
Estava o Sr. B.T.P. quieto no seu canto quando o telefone tocou. Ao atender ouviu o belo sorriso do sobrinho que há tempos não via – e nem nunca verá! E o garoto foi logo se desmanchado em saudades…
– Tio… Como vai o sr. Sua benção, tio! E a tia? Tá bonitona ainda? Ela continua pintando o cabelo de caju? Eh, homem de sorte o sr. hein, tio? Escuta tio, eu estava indo para Pouso Alegre visitar o sr., mas meu carro quebrou na estrada! Eu já estava quase chegando. Estou numa oficina na beira da estrada perto de Cambui! Mas tem um problema tio, o conserto do carro vai custar setecentos reais e o mecânico não aceita cartão! Será que o sr. Não pode me emprestara esse dinheiro? Pode transferir direto para conta do mecânico. Quando chegar aí eu transfiro para o sr…!
E o bom tiozinho, com saudade do sobrinho e querendo mostrar que dim-dim não era problema pra ele, foi ao banco e transferiu os R$700 para a conta do suposto mecânico!
Mas o carro ainda estava na oficina, e por isso o mecânico ‘achou’ mais um defeito no carro! É sempre assim: depois de confirmar o deposito na conta, ou seja: ver que o golpe funcionou, o vigarista tenta arrancar mais dinheiro dos incautos tiozinhos! Eles não têm nada a perder! Por isso, mal entrou em casa seu B.T. ouviu o telefone tocar. Era o sobrinho de novo!
– Tio, brigadão! O deposito já caiu na conta do mecânico… Só tem um problema, a rebimboca da parafuseta também estragou! Ele vai precisar trocar a peça também! Preciso de mais R$500! – Disse o falso sobrinho… e verdadeiro vigarista.
E lá foi novamente o sr. B.T. ao banco transferir mais quinhentos contos para a conta do mecânico. Quando voltou para casa, outro telefonema esperava apor ele. Desta vez era a flexibilidade da causa do cardan que havia trincado… Precisava ser trocada também. Essa era mais cara: R$900!
E o que fez o bom tiozinho morador do centro de Pouso Alegre? Voltou ao banco e transferiu mais R$900 para conta do tal mecânico!
Ao registrar o fato na policia e pedir providencias contra o vigarista, o tiozinho de 77 anos não contou em qual momento percebeu que havia caído no golpe do carro quebrado! Talvez tenha sido no momento em que o ‘sobrinho’ ligou pela quarta vez pedindo um tanque de gasolina para continuar a viagem!
E você meu caro leitor, que acabou de ler mais um “conto do carro quebrado”! – aconticido! – o que vai fazer quando receber uma ligação do seu querido sobrinho dizendo que o carro quebrou…???

Leia também – “O sobrinho e o carro quebrado”, publicada no dia 01 de junho de 2015.

Latrocinio no Itaim

Mataram o velhinho para roubar sua Kombi!

O violento crime aconteceu às quatro e meia da tarde desta terça-feira, dia de ‘Cosme & Damião’, numa estrada vicinal, a poucos metros do posto da Policia Rodoviária Federal na confluência dos município de Pouso Alegre e Estiva.
Aristides Pereira de Rezende, 76, saíra de casa pouco antes conduzindo sua Kombi, com destino ao vizinho bairro Córrego dos Mulatos onde pretendia tratar do seu gado. Ele foi agredido à pauladas já perto da rodovia.
O corpo já sem vida do agricultor foi encontrado estendido na estrada minutos depois, pelo próprio filho dele, que vinha logo atrás pela mesma estrada levando produtos agrícolas.
Poucas horas depois do macambuzio crime a polícia militar prendeu dois suspeitos e apreendeu a Kombi roubada. Um dos suspeitos estava com manchas de sangue e de poeira na roupa.
Segundo o delegado que responde pelo município de Estiva, Gilson Baldassari, o crime ainda está totalmente esclarecido!
– Estamos em diligencias em busca de outros possíveis envolvidos no crime e a verdadeira motivação – disse o zeloso paladino da lei.
O corpo do agricultor de 76 anos passou por necropsia no IML de Pouso Alegre e foi liberado para os familiares!

* Leia logo mais aqui no Blog o desfecho deste caso!

Assaltantes bonzinhos.

Eles levaram apenas o dim-dim e o celular do taxista, mas deixaram que ele fosse embora… de ré!
Estava o taxista Gilberto Carlos quieto no seu ponto de taxi na praça N.S.do Carmo, em Borda da Mata, matutando sobre as peraltices do “Chiquinho da Borda”, quando chegaram dois clientes e fretaram uma corrida para Pouso Alegre. Pagaram adiantado a corrida de R$ 100, entraram no Honda Civic e pegaram a estrada. Na entrada de Pouso Alegre, antes do Posto do Macaco, o taxista sentiu o cano frio de trabuco na nuca! Sem muito alerde, ele foi orientado a entrar pela estrada de terra que liga a MG 290 ao Caic São João. No meio do trajeto poeirento e acidentado os passageiros mandaram parar. Pegaram a guaiaca que estava no porta luvas com R$ 2 mil, pegaram o celular do taxista e deram a ultima ordem…:
– Volte de ré até a rodovia e boa viagem!
Pensando bem, levando apenas o dim-dim e o celular do taxista, até que os assaltantes foram bonzinhos!

Caixeiro fazia ‘caixa dois’ para pagar rifa da igreja!

Mas o delegado não lhe deu o perdão!

Há tempos o proprietário do Empório Minas Sul vinha sentindo que tinha um sócio! Pois por mais movimento que o emporio desse, o caixa nunca enchia! Diz ele que nos ultimos meses teve um desfalque de cerca de R$ 12 mil!
Desconfiado do caixeiro W.V.F., o comerciante resolveu armar uma arapuca! Combinou com um cliente amigo, o qual fez um gasto, recebeu a nota com o valor de R$50, tirou uma foto e fez o pagamento. Logo depois o proprietário foi ao caixa checar a entrada do pagamento e, como já esperava, não encontrou nem a nota do gasto e nem a cédula de R$50.
Quando a policia chegou para registrar o fato, o funcionário teve uma dor de barriga e precisou ir correndo ao banheiro! Lá ele tratou de eliminar a prova do crime! Jogou a cédula de 50 no vaso e deu descarga! Não conseguiu tapar o sol com a peneira… Recebeu as pulseiras de prata da lei e foi sentar-se ao piano do delegado de plantão onde confessou o crime.
– Eu peguei a nota de R$ 50 porque eu precisava do dinheiro para pagar uma rifa da igreja N.S.Aparecida e São Francisco de Assis no Recanto do Fernandes!
Apesar do motivo nobre, não teve perdão. O caixeiro que fazia ‘caixa dois’ assinou o 155 qualificado sem direito à fiança!

Meliantes de Pouso Alegre voltam das férias…

Bastou postar que os meliantes de Pouso Alegre estavam de férias, eles entraram em ação…!

* Levaram o carro do patrão…

Aproveitando que estava com o carro do patrão, uma caminhonete Saveiro, à disposição, o cidadão … saiu para dar um rolê! Parou a caminhonete na Evaristo Valdetario, a poucos metros do barzinho, e foi lá abraçar a loira… Gelada! Quarenta minutos depois, quando foi pegar a caminhonete para ir pra casa, só o pó! A caminhonete do patrão havia ido embora nos braços de outro!

* Agente de saúde passou maus bocados…!

Passava pelo bairro Cruzeiro à uma da tarde de sol quente de segunda feira o agente de saúde M.G.Alberti, quando de repente sentiu um empurrão nas costas. Quando ele tentou se levantar para anotar a placa do atropelador, sentiu duas mãos fortes esfregando seu rosto no chão, para evitar que ele se levantasse! Quando finalmente conseguiu ficar de pé, os dois assaltantes parecendo juvenis, já estavam dobrando a serra do cajuru, levando sua bola de trabalho e seu parelho celular!

* Levaram a moto do atleta.

*** G. Brites é atleta. Na segunda a noite ele foi jogar na quadra do bairro Santo Ivo. Quando terminou o jogo e ele se aproximou da sua motoca Yamaha 660, aproximaram também dois guampudos com caras feias. Um deles sacou uma pistola, ameaçou puxar o gatilho e levaram sua Yamaha branca!

Meliante furta notebook da escola e vende por R$30.

No dia seguinte o receptador devolve o aparelho na escola!
ciem-do-fatima

Ao chegar para trabalhar no CIEM Ângelo Consoli, no Fátima I, na manhã desta segunda, 26, a vice-diretora fez uma triste constatação: durante o recesso do fim de semana, um gatuno sorrateiro havia serrado as grades de uma das janelas das escola, adentrado em seu interior e furtado um notebook!
O furto na escola foi registrado pela policia militar às sete e meia da manhã.
Às dez da manha o sr. Rivelino Silvina Rocha, 33, morador do velho Aterrado, chegou à Secretaria Municipal de Educação dizendo que havia comprado um Notebook pertencente ao município. Segundo ele, no domingo um sujeito alto, loiro, branco, passou perto de sua casa e lhe ofereceu um Notebook por R$150. Rivelino disse que não tinha interesse no aparelho, mas acabou comprando por R$30. Já de posse do Notebook, percebeu que ele tinha uma etiqueta de ‘patrimônio’ da prefeitura municipal. Por isso procurou a Secretaria de Educação para devolver o aparelho. E foi levando apenas a foto do notebook.
A policia militar, que mal havia acabado de registrar o furto do Notebook do Ciem do Fatima, fez então a apreensão da res furtiva e a entregou, como de praxe, na DP.
Rivelino, embora tenha devolvido a res furtiva ao verdadeiro dono, sentou ao piano e assinou o 180, parágrafo terceiro. Ele não ficou preso, mas deverá tomar um puxão de orelha do Homem da Capa preta por comprar objeto de furto!
… E só para não perder a gota de veneno, esta foi a enésima vez que o CIEM do Fatima recebeu visita de gatunos sorrateiro nas madrugadas silenciosas em finais de semanas!

Meliantes de Pouso Alegre estão de férias!

O crime mais violento do final de semana foi o furto de uma caixa de chocolates no supermercado Alvorada no domingo à noite!
ferias-na-praia
O leitor que acompanha o Blog em busca de noticias policiais já deve estar perguntando:
– Ué… o blog saiu do ar? Há dias não tem uma postagem nova falando de roubos e outros crimes violentos na cidade!
É que estamos vivendo um momento de bonança! Há dias não acontece um fato digno de uma reportagem em Pouso Alegre! E nem na região. Neste fim de semana apenas um furto à residência foi constatado em um sitio no bairro Gabiroval, um roubo a transeunte na Avenida Herbert Campos, onde o meliante levou um celular de uma senhora que fazia caminhada de manhazinha e no inicio da noite um furto no supermercado Alvorada da V.Simões. Neste o meliante Adriano Pereira Ferreira foi surpreendido pelos seguranças tentando sair a loja com 7 barras de chocolate e desceu pra DP.
Teve ainda o furto de um Notebook do Ciem Angelo Consoli, no Fátima I. O desfecho desse caso o leitor saberá logo mais aqui no blog!
Enquanto isso, vamos aproveitar que os meliante estão de férias e respirar aliviados…!

PM apreende plantação de maconha no centro

O ‘agricultor’ disse que havia desistido da plantação, e no momento em que estava descartando os pés da erva, foi abordado pela polícia!

A plantação de fato estava carente de cuidados...!

A plantação de fato estava carente de cuidados…!


A abordagem dos homens da lei aconteceu casualmente, às duas da manhã desta quinta,22, no cento de Pouso Alegre. Ao ver um motoqueiro parado ao lado de um GM Zafira na Afonso Pena, em horas mortas, os policiais resolveram fazer a abordagem, e encontraram 08 pés da erva ‘marvada’ no porta malas do carro. Além dos vasos de plantinhas de tamanhos diversos, havia também um saco de húmus, um borrifador de agua e um frasco de produtos para cultivo de plantas em vasos. Os emperrados pés de maconha, já soltando florada embora estejam pequenos, estavam plantados em vasos de plástico, próprios para serem cultivados em quintais urbanos ou até mesmo em varandas de apartamentos.
O condutor do Zafira, H.J.O.M.J, 24 anos, morador do Santo Antonio, admitiu que é usuário de drogas e por isso cultivava sua própria maconha para consumo. Mas, como havia desistido do cultivo, estava levando a plantação para jogar fora! Ele portava também uma baranga de farinha do capeta!
Apesar das declarações do jovem, a policia não sabe precisar se a plantação estava mudando ‘da casa’ do jovem, ou ‘para a casa’ do jovem H.J.!
Diante da situação ligeiramente obnubilada, o sensato delegado de plantão optou por não autuar o condutor no Zafira no artigo 33 da Lei 11.343. Mas o indiciou em IP e baixou portaria para se apurar a procedência e destino da plantação ‘móvel’ de droga!

Casal ‘hippie’ que rodou com droga na Fernão Dias não ficou preso

Flora Jones e Gabriel Monquelate Ferraz eram apenas usuários viajando de Santa Catarina para São Tomé das Letras…!

Na ultima quinta,15, policiais militares e patrulheiros federais prenderam um ‘mula’ no bairro Cruz Alta, em Pouso Alegre, levando maconha, pasta base, cocaína e crack para o Sul de Minas. A droga estava em mochilas no porta malas do Fiat Palio da Secretaria de Saúde da prefeitura de Monsenhor Paulo. Logo atrás do ‘mula’ Alexandre Edson Rodrigues, vulgo “Tarraca”, motorista da prefeitura, alvo de denuncias de envolvimento com trafico de drogas, estava o dono da droga, Maicon Danny Rocha de Oliveira. Durante abordagem ao Corsa conduzido pelo traficante, os policiais surpreenderam o casal Flora Jones e Gabriel Monquelate Ferraz portando tres barangas de maconha.
Levados para a DP de Pouso Alegre também como suspeito de trafico, constatou-se que o casal de hippies nada tinha a ver com as drogas apreendidas na ocasião, embora portasse pequena quantidade de drogas para consumo.
– Flora e Gabriel pegaram carona com Maicon Danny em um posto de combustíveis na cidade de Guarulhos. Eles estavam viajando de carona de Florianópolis para São Tomes das Letras – esclareceu o delegado Rodrigo, responsável pela delegacia de combate ao tráfico da Delegacia Regional de Pouso Alegre.
– O casal na verdade foi fundamental para ligar o ‘mula’ Alexandre Edson ao dono da droga. Flora e Gabriel pegaram carona no posto em Guarulhos no momento em que o motorista da prefeitura recebeu a droga do traficante e colocou no carro oficial da prefeitura – completou o atento paladino da lei.
Embora não tenha nenhuma ligação com o tráfico em questão, Flora Jones e Gabriel Monquelato não ficaram sem chumbo: assinaram o artigo 28 da Lei 11.343, e foram liberados, como manda a lei, para seguir viagem para a cidadezinha ‘planetária’, mas daqui a duas semanas terão que sentar ao piano do Homem da Capa Preta de Pouso Alegre!

Motoqueiros com drogas caem nas malhas na lei

O tombo – literalmente – aconteceu no final da manha desta segunda, no Fatima I, quando tentavam fugir numa moto Yamaha Factor.

Luiz Gabriel Dias Duarte assinou mais um 33...

Luiz Gabriel Dias Duarte assinou mais um 33…

A tentativa de abordagem à motoca roxa, com placa propositalmente levantada para evitar identificação, se deu na região central da cidade. A dupla de motoqueiros não obedeceu! E teve inicio frenética perseguição pelos bairros Fátima II e Fátima I, até que os pilotos de araque se espatifaram no asfalto poeirento da Tuany Toledo! Apesar da queda, o piloto conseguiu se evadir e se enfurnou bairro adentro tentando escapar das garras dos homens da lei! Correu tanto que acabou desmaiando nos braços dos policiais.
– Eu não tenho carteira de motorista …- choramingou ele antes de perder os sentidos!
O real motivo da fuga desesperada, no entanto, era outro! É que os motoqueiros esbaforidos e malabaristas estavam em desacordo com a lei penal vigente! Especificamente a Lei 11.343! Com o garotão que ficou estatelado no asfalto ao lado da motoca, os policiais encontraram três barangas de erva marvada, e na casa dele no Cidade Jardim, encontraram 40 ependorfs para armazenagem de ‘farinha’, 11 sacolés para embalagem de maconha, uma balança de precisão e um radio transmissor, para copiar a localização dos homens da lei!
Levados para a DP, sentaram ao piano do delegado Gilson Baldassaris e cada um deu uma versão diferente para o mesmo fato. C.H.N.C., disse que a droga pertence ao amigo, dono da moto. O amigo dono da moto, Luiz Gabriel Dias Duarte disse que apenas deu carona para o “dimenor”, e que só fugiu porque não é habilitado para conduzir moto!
O zeloso delegado de plantão, no entanto, tinha ao menos uma certeza: Luiz Gabriel Dias Duarte, 21, tem antecedentes! Há três anos ele assinou seu primeiro 33 e passou nove meses vendo o sol nascer quadrado no Hotel do Juquinha. E foi pra lá que o motoqueiro que desmaiou de tanto correr da policia voltou… Depois de assinar mais um 33!
C.H.N.C., como só tem 15 anos, voltou para casa de braços dados com uma irmã maior de idade!