Policia Civil mostra as armas…

Graças a uma Resolução do Conselho Nacional de justiça, acatando pedido da Secretaria de Direitos Humanos, a policia agora não pode mais mostrar seus presos de frente…!

A operação batizada com um nome curto, mas que sugere, e pretende soprar o crime para bem longe do Sul de Minas, foi realizada antes de o sol desta sexta-feira, 29, nascer. Entre mandados de prisão e de Busca & Apreensão eram mais de 40 alvos. Trinta e nove pessoas receberam as pulseiras de prata da lei. Doze em flagrante. As demais, já com a ‘carta branca’ do Homem da Capa Preta!
Um dos alvos é um estudante segundanista de medicina. Ele não foi encontrado em casa, no Santo Antonio, quando os policiais chegaram para o café da manhã, e nem na sala de aula da faculdade onde foi procurado mais tarde. Mas a batata do futuro medico está assando. Ele está na lista dos investigados por tráfico de drogas!
A mitológica Operação Notus, envolvendo cerca de 150 policiais lotados no 17º Departamento de Policia Civil de Pouso Alegre, que engloba as regionais de Pouso Alegre, Itajubá e São Lourenço, com dezenas de viaturas, helicóptero e cães adestrados, se estendeu às cidades de Santa Rita do Sapucaí, Heliodora, São Sebastião da Bela Vista, São Gonçalo do Sapucaí, Congonhal, Ouro Fino, Borda da mata, Monte Sião e Pedralva. O ‘vento sul’ soprou até a cidade paulista de Itapira.

Ladrões, intrujões, traficantes puderam perceber neste final de setembro, que a Policia Civil de Minas, cá no sul, apesar dos pesares, está muito viva! Aquela pergunta que os ouvintes do programa “Tudo Junto & Misturado” costumam me fazer às terças e sextas-feiras na Super Radio 90 FM, está respondida com ação: a Policia Civil não morreu! É bem verdade que há tempos vem recebendo o salário atrasado; que hoje tem menos investigadores do que tinha em 1980; que o que resta não consegue trabalhar atrás do computador e ir pra rua, exercitar o tirocínio policial, ao mesmo tempo… Mas continua disposto a mostrar as armas e ‘soprar’ o crime para longe!
No entanto, por ironia do destino, um dos investigados e abordados pela policia civil antes do sol nascer – e não foi preso por falta de provas, – quatro horas mais participou de um roubo à mão armada, onde um empresário morreu… conforme veremos no próximo post!

Anúncios

Furto de celular no ônibus

O larapio com “perfume de andarilho” esperou a viajante dormir e retirou o Iphone 7S plus das suas mãos! Mas ela continuou seguindo seus passos através do programa “Celular Seguro” da PM.

Cochilou… o cachimbo caiu!

As onze da manha desta quinta-feira,24, a estudante L.S.R. embarcou num ônibus da Gardenia na cidade de Inconfidentes e seguiu para Pouso Alegre. Ao seu lado seguia um sujeito pardo, de calça e camiseta azul escura e boné… e ‘perfume’ de andarilho! Depois de checar as ultimas mensagens do seu Iphone 7 Plus, apesar da presença incomoda, a jovem de 22 anos relaxou e fechou os olhos. E dormiu com ‘menina dos olhos’ de mil dólares na mão. Quando acordou na rodoviária de Borda da Mata, seu celular não estava mais em sua mão. Coincidentemente seu companheiro e viagem, aquele do perfume de andarilho, também não estava mais a seu lado. Segundo o motorista do ‘mercedão’ branco e grená, ele havia desembarcado no minuto anterior em Borda da Mata.

Chegando a Pouso Alegre, a estudante chamou a policia, pegou seu Lap Top, acionou o sistema “Find my Iphone” e achou seu celular. Seu valioso aparelhinho da Aplle não estava longe. Ele subia a Avenida Dr. Lisboa, belo e formoso dançando na algibeira do viajante com ‘perfume de andarilho’!
Na companhia dos homens da lei a jovem seguiu os passos do Iphone até as proximidades de uma loja de celulares no centro de Pouso Alegre, onde perderam seus sinais vitais. Na loja souberam que o ‘perfume de andarilho’ estivera ali tentando desbloquear o celular. Sem sucesso, ele havia ido embora, pois não tinha senha…!
Ao sair da loja de celulares a jovem conseguiu reencontrar seu rico aparelhinho. Agora ele dançava na Avenida Vereador Antonio da Costa Rios, na Baixada do Mandu. Em pouco mais de um minuto os homens da lei encostaram na parede o viajante ‘perfume de andarilho’. O aparelhinho, sentindo náuseas com aquele perfume desagradável, quase sufocado, estava na algibeira da bermuda do larapio.
Dayvissom Henrique Almeida Santos, o viajante ‘perfume de andarilho’, disse solenemente que havia achado o aparelhinho no chão na plataforma do terminal rodoviário. Ele tem 20 anos e até pouco tempo vivia em Belo Horizonte. Apesar da pouca idade, sua capivara já está bem gordinha… tem quase duas dúzias de BOs incluindo furtos, trafico de drogas e tentativa de homicídio na capital do Estado. Agora que assinou o 155, ele trocará o perfume de andarilho pelo perfume do Hotel do Juquinha.
E você meu estimado leitor! percebe a importância de cadastrar seu “menina dos olhos” no programa “Celular Seguro” da PM? Fazendo isso, gratuitamente, seu aparelhinho pode até se afastar de você, mas você poderá seguir seus passos… e trazê-lo de volta pra casa!

Abril se encerra com roubos de velhinhos

Abril se foi… E não deixará saudades! Não no que tange a criminalidade, pelos menos! Afinal, apesar das lições que ficam, ninguém quer lembrar coisas ruins!

Em Pouso Alegre e micro região, abril de 2017 deixou um rastro de – felizmente – pequenos crimes contra o patrimônio. A menina dos olhos dos ‘mãos leves’ – e alguns mãos pesadas, que tiveram que segurar um trabuco, – foi o cobiçado celular. Muitos, dezenas deles mudaram de mãos neste primeiro quarto de ano.
Furtos mixas não foram muitos nestes primeiros quatro meses do ano, mas aconteceram!
O crime contra o patrimônio mais praticado pelos meliantes nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril, foi o furto a residência. Pior, furtos praticados na periferia da cidade, onde as vítimas são mais carentes! Nestes primeiros meses do ano, muita gente simples da periferia acordou de madrugada com um gatuno sorrateiro dentro de casa. Outros tiveram o desprazer de voltar do trabalho ou da viagem e encontrar portas e janelas arrombadas.
Além dos furtos de celulares e residências, cuja res furtiva mal dá para adquirir uma bicicleta, teve também o furto de velhinhos… de carros velhinhos! Carros com mais de vinte anos de uso foram o prato predileto dos ladrões. Principalmente gols e unos.
E pra fechar o mês de abril, mais dois ‘gols contra’.
O primeiro foi percebido no inicio da madrugada de domingo, 30, na praça central de Congonhal. Wellington Pereira da Silva, morador do Cervo, estava ‘festando’ na cidade quando o furto aconteceu. Mas Wellington estava com sorte. Seu gol branco, ano 1993, placas de Borda da Mata foi encontrado por volta de dez da manhã de domingo. O carro estava num desvio deserto da Via Oeste, no Bairro Recanto das Andorinhas, em Pouso Alegre… Sem a bateria e sem as quatro rodas!
O segundo ‘gol contra’ da madrugada aconteceu no bairro Fatima III em Pouso Alegre. Diego Duarte estacionou o possante branco, ano 1993 e foi ao Saideira… tomar a saideira! O ladrão foi rápido. Dez minutos depois, quando Diego foi pegar o carro, só o pó… O possante havia ido embora nos braços de outro! Até o momento o carro não foi encontrado. Nem mesmo depenado!

E teve mais carro mudando de mãos no fim de abril… e de maneira mais tensa!
O casal Igor e Sabrina passava próximo à igreja de Santo Antonio, no Alto das Cruzes, no inicio da madrugada de domingo conduzindo o Honda Civic dourado, quando de repente dois guampudos pularam – literalmente – na frente do carro. Quando parou para evitar o choque, Igor viu o cano negro de um trezoitão bem pertinho dos seus olhos. E a dupla de lombrosianos não queria apenas a carteira e os celulares! Queriam o carro, mesmo. E para mostrar que falava sério, o assaltante deu um tiro no chão. Para evitar incomodar a vizinhança com mais tiros o casal desceu do carro e ficou à pé, no meio da madrugada.
O Honda Civic dourado, ano 2008, foi encontrado ao pé da manhã de domingo. Ele estava abandonado numa quebrada do bairro Jardim Brasil II… Dentro de um buraco!

Chiquinho da Borda provoca acidente na MG 290

Final de semana de poucos crimes em Pouso Alegre e região. E na ausência de crimes cabeludos, o BO que merece destaque é o que narra a luta de um policial militar para prender um andarilho mamado, que brincava de andar na pista de rolamento da rodovia debaixo de chuva, com risco de morrer ou de causar acidente.
E causou mesmo!

O tenebroso fato aconteceu na noite ainda criança deste domingo, 19, na Rodovia MG 290, próximo à Borda da Mata. O sargento Durães da polícia militar seguia para a cidade a fim de assumir seu turno de trabalho, quando inopinadamente um VW Gol parou na sua frente no meio da pista. O choque na traseira foi inevitável! Ao descer do seu carro para avaliar os estragos e apurar as causas, o sargento soube então que o cidadão Edilson Felix da Silva, – travestido de “Chiquinho da Borda”, – fora o causador do sinistro.
– Ele estava andando pelo meio da pista. Eu tive que parar para não atropelá-lo – explicou a motorista do VW gol.
Ao ser questionado sobre seu comportamento de risco, o cidadão aparentemente embriagado, violento e agitado, investiu contra o policial com socos, pontapés, unhas e dentes… e entraram em luta corporal. Na tentativa de se esquivar das mordidas do moço enfurecido, e dominá-lo, o policial rolou com ele na poeira – aliás, na lama, pois estava chovendo! – caíram numa valeta na margem da via e foram parar numa cerca de arame farpado. Foram cerca de vinte minutos de luta entre o policial fardado e o andarilho que mais parecia o “Chiquinho da Borda”!
Com a chegada do reforço da cidade de Borda da Mata, finalmente o andarilho encerrou a caminhada. Apesar das pulseiras de prata, Edilson continuava agitado e violento a ponto de danificar o interior da viatura policial com chutes e pontapés.
O médico plantonista do PA constatou que ambos, andarilho e policial, sofreram escoriações generalizadas ao longo do corpo.
Edilson Felix da Silva, 42, natural de Jandaia do Sul-PR, sem residência fixa, sentou ao piano do paladino da lei, assinou o 129 e… Voltou para casa! Quero dizer estrada, já que não tem residência fixa. Pois o 129 do CP é um daqueles artigos elencados no rol da Lei 9.099, cuja pena não passa de uma cesta básica ou uma semana de trabalho comunitário no asilo!
O prejuízo maior mesmo ficou para o sargento Durães, que, apesar de toda conjuntura, bateu seu Captiva na traseira do gol da tosadora!

‘Formiguinha’ da Borda levava drogas na cueca

formiguinhaPassavam os homens da lei pela MG-290, saída para Borda da Mata, ao pé da noite deste domingo, 22, quando avistaram o garotão Egrerton Aparecido Constantino no ponto esperando o ônibus para a cidade do ‘Chiquinho’. Egrerton, 19, além da ‘pinta’ de somongó, havia sido preso no dia 14 de agosto do corrente na ‘pracinha dos nóias, – também conhecida como Praça Jorge Beltrão – em Pouso Alegre com mais três pessoas portando drogas! Por esta razão resolveram abordá-lo e dar a geral!

E mais uma vez o paranaense morador de Borda da Mata levava drogas! Cinco barangas de pedras beges fedorentas, quatro de farinha do capeta e nove de erva marvada! A droga estava discretamente escondida na cueca do formiguinha!

– Eu comprei tudo de um desconhecido na rodoviária por R$80… Sou usuário! – explicou o Egrerton.

Pode até ser usuário. No entanto, são poucos os que usam maconha, cocaína e crack ao mesmo tempo! De qualquer maneira, o delegado de plantão não acreditou! E o jovem Egrerton sentou ao piano e assinou seu segundo 33 formiguinha em três meses e  foi se hospedar no Hotel do Juquinha!

PM prende ladroes de moto no São João

 

Alex foi preso duas vezes este ano pelo mesmo crime... Trafico de drogas! Dia 03 de março e dia 21 de junho. Está em liberdade condicional desde o dia 22 de outubro! – ““Menor” & “Ferrugem” caem do cavalo na festa do peão”!

Alex foi preso duas vezes este ano pelo mesmo crime… Trafico de drogas! Dia 03 de março e dia 21 de junho em Borda da Mata.  – ““Menor” & “Ferrugem” caem do cavalo na festa do peão”! Está em liberdade condicional desde o dia 22 de outubro!

O crescente furto e até roubo de motos em Pouso Alegre nos últimos meses tem deixado o cidadão de cabelo e a policia de orelha em pé! São tantos os crimes desta natureza que ao ladrões, embora ajam sempre na surdina protegidos por capacetes, acabam deixando rastro!

E foi seguindo a trilha deixada pelos meliantes que a PM chegou a dois deles na ultima segunda feira. Quando levantavam a lebre no bairro São João, foram informados por amigos ocultos da lei que na Rua Coleirinha os gêmeos Alex e Alexandre Reis Custodio estão em constante movimento com motos.

– Eles chegam correndo com uma moto de uma cor e no dia seguinte saem com a mesma moto com outra cor…! – Dizia o informante.

Ao vistoriar o quintal dos irmãos, os policiais encontraram varias peças e acessórios de motos de modelos diversos e duas motos, uma Honda Bros vermelha e uma Honda Biz verde recém pintadas de outra cor. A Honda Bros vermelha, furtada no dia 11/11 já estava com o chassi raspado e pintada de azul! A Biz verde, furtada no dia 15-11, estava pintada na cor azul, cuja tinta ainda estava fresca!

Enquanto cumpria a diligencia na casa de Alexandre, um terceiro guampudo pertencente à quadrilha se aproximou do local. Ao perceber que a casa estava desabando o guampudinho ‘dimenor’ conhecido pela alcunha de “Pitanga”, abandonou uma moto Honda Titan verde numa rua próxima e enfurnou-se em sua residência na Trav. Uberlandia. A Titan verde havia sido furtada no dia 12 de novembro.

No quarto do meliante Alexandre os policiais encontraram um revolver calibre 32 e uma touca ninja, arma e petrecho comumente usados em assaltos cidade afora.

Segundo vizinhos, no inicio da operação na Rua Coleirinha, dois passarinhos saíram voando! O ‘dimenor’ alcunhado “Neném” – parceiro do Tatá – e o gêmeo Alex Reis Custodio. Na fuga saltando muros e quintais, Alex deixou para trás uma CNH adulterada, com sua fotografia!

No frigir dos ovos a policia militar apreendeu três motos roubadas, um revolver e uma CNH adulterada e prendeu Alexandre Reis Custodio e “Pitanga”!

A policia civil vai agora investigar a participação da quadrilha em outros furtos de motos e roubos a estabelecimentos comerciais na cidade. Alex Reis Custodio e Neném que coloquem as barbas de molho!

Alex, Alexandre, Pitanga e Neném não são os únicos ladrões de motos de Pouso Alegre. No entanto, por ora os motociclistas da cidade podem respirar um pouco mais aliviados…!

 

 

Meninos que vi crescer… Entre os ‘adultos’ de Pouso Alegre!

Airton Chips e seu "Meninos..." e Maristela Saponara Correa, Secretaria da Academia Pousoalegrense de Letras e autora do livro "Teatro Municipal de Pouso Alegre".

Airton Chips e seu “Meninos…”, e Maristela Saponara Corrêa, secretaria da Academia Pousoalegrense de Letras e autora do livro “Teatro Municipal de Pouso Alegre”.

Na ultima de outubro, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Pouso Alegre, em parceria com a Biblioteca Municipal Prisciliana Duarte de Almeida, realizou uma exposição de livros no saguão da Biblioteca Municipal, na Praça Senador Jose Bento. O objetivo do evento era, além de comemorar a Semana Nacional do Livro, expor as obras e homenagear os autores pousoalegrenses. Cerca de 100 livros de 89 autores radicados em Pouso Alegre foram expostos.

O livro de crônicas policiais “Meninos que vi crescer”, de autoria deste blogueiro, esteve em exposição.

Ver meu “Meninos…” entre as obras de Amadeu de Queiroz, João Beraldo, Jorge Beltrão, Octavio Miranda Gouveia e outros conterrâneos ilustres deixou-me ligeiramente garboso e motivado a lançar o segundo volume!

livro  Meninos que vi crescer, livro robusto com 50 crônicas policiais vivenciadas pelo autor na cidade de Pouso Alegre e região, contadas ao longo de 469 paginas, já está à venda nas livrarias e bancas de revistas de Pouso Alegre e através do site “meninosquevicrescer.com.br”. No entanto, o lançamento formal da obra será feito no inicio do ano que vem, em parceria com a Academia Pousoalegrense de Letras!

 

Alemãozinho da Borda cai na porta do Sesi

Alemãozinho da Borda vendendo pedra na porta do Ciem do Aterrado...

Alemãozinho da Borda, vendendo pedra na porta do Ciem do Aterrado…

A denuncia chegou ao quartel da PM por volta de sete da noite da noite quente desta sexta, 23. Através do 190 o amigo oculto da lei dizia…

– O sujeito está usando bermuda de ‘mano’ e blusa escura…  Faz mais de uma hora que ele está ali perto do Sesi e do CIEM. É um entra e sai de pessoas no local que mais parece fila de comunhão na Sexta Feira Santa… Todo mundo buscando drogas! Não sei o nome dele… Parece que é um tal de Alemãozinho da Borda! – dizia a voz rouca através do aparelho com identificador oculto!

Denuncias deste tipo chegam à central de comunicação da PM aos borbotões todos os dias. Quase todas são checadas. Algumas são confirmadas! E os homens da lei  foram checar.

Ao chegar de inopino ao local flagraram o tal Alemãozinho com a boca na botija. Aos vê-los, o formiguinha ambulante atirou a prova do crime num monte de entulhos e fez cara de somongó. Tarde demais! O ‘osni’ jogado no lixo continha 30 barangas de pedra bege fedorenta.

 

O tenis e droga...

O tenis e droga…

Com o meliante não havia dimdim. Apenas um par de tênis Nike verde, provavelmente ‘empenhado’ ou trocado por duas ou três pedras…!

Nilson Benedito Zancheta de Oliveira Junior, 25, o “Alemaozinho da Borda”, recebeu pulseira de prata e foi sentar-se ao piano do paladino da lei na DP.  Ele já estava sendo processado por furto e estava em liberdade condicional!

“Olho Vivo & Faro Fino” derrubam mais uma dupla no trafico

 

Os socios Luiz Fernando Brandão e Evandro: Evandro ja possui um 180 e um 288!

Os sócios Luiz Fernando Brandão e Evandro Roberto, que tremeram diante da dupla Olho Vivo & Faro Fino: Evandro já possui um 180 e um 288!

O velho ditado que diz que “quem deve teme” mais uma vez entrou em cena! A tremedeira aconteceu às quatro da tarde desta sexta, 11, nas imediações do terminal Rodoviário de Pouso Alegre. Ao passar pela Arca de Noé, os ocupantes do veiculo VW Gol bege que saiu do velho Aterrado, tremeram na base e tentaram disfarçar… Aos ver os policiais fizeram igual tartaruga! Abaixaram o vidro e se esconderam no banco do carro!

Que azar!

Não bastasse a tremedeira, que por si só já configura tentativa de esconder alguma, tremeram justamente diante da dupla “Olho Vivo & faro Fino”, aquela do ‘do tirocínio policial aguçado’…! Imediatamente os cabos Ferreira e Alex Sander saíram na sombra do gol bege de Borda da Mata. Na avenida Mal. Castelo Branco deram a ordem de parada!

O motorista do gol, Luiz Fernando de Souza Brandão, 23, cuidador de idoso, e seu parceiro Evandro Roberto da Silva, 30, auxiliar de produção e traficantes drogas nas horas vagas, tinham um bom motivo para temer… E tremer! Levavam debaixo do banco do carro 69 barangas de farinha do capeta!

A viagem do golzinho recheado de farinha terminou na avenida Mal, Castelo Branco, ao lado do quartel em Pouso Alegre

A viagem do golzinho que levava “farinha do capeta” para a Festa de Nossa Senhora do Carmo, terminou na Avenida Mal, Castelo Branco, ao lado do quartel, em Pouso Alegre

– Nós compramos a droga no Aterrado por 500 reais. A gente ia usar tudinho durante a Festa de Nossa Senhora do Carmo, em Borda da Mata – Deixa a santa saber disso! – disseram os dois.

Luiz Fernando e Evandro Roberto receberam as pulseiras de prata, trocaram o Gol Bege pelo táxi do contribuinte, desceram para a DP, sentaram ao piano e assinaram o 33 e o 35…

Com o Hotel do Juquinha abarrotado, soltando preso pelo ladrão, só Deus sabe onde eles foram se hospedar…!

“Menor” & “Ferrugem” caem do cavalo na Festa do peão

Alex "Menor" Custodio: Ele ja conheceo Hotel do Juquinha... Esteve preso no inicio de março por trafico de drogas!

Alex “Menor” Custodio: Ele ja conhece o  Hotel do Juquinha… Esteve preso no inicio de março por trafico de drogas!

A abordagem ao trio de formiguinhas aconteceu na saída do recinto da Festa do Peão de Borda da Mata, no final da madrugada desta domingo, 21. Ao perceber a aproximação dos homens da lei, o trio foi dispensando barangas de cocaína pela calçada. Não deu para dispensar toda a droga. Na algibeira de um deles os policiais apreenderam um tablete de maconha e 23 ependorfs vazios e R$ 543 em cédulas miúdas. Ao longo da calçada os garotos dispensaram 26 barangas de farinha do  capeta!

Os meio-irmãos Alex Reis Custodio, 21, conhecido pela alcunha de “Menor” e Clayton dos Reis Domingues, 26, o Ferrugem, disseram que a droga pertencia a outro menor de nome Jonatas que estava com eles. Como ‘essa é velha’, o paladino da lei optou por enquadrar os meio-irmãos no 33. Com isso Alex “Menor” Reis Custodio e Clayton “Ferrugem” Reis Domingues que foram vender drogas na Festa do Peão, caíram do cavalo… foram se hospedar no superlotado Hotel do Juquinha!