Sufocado com leite

Bebezinho de 7 meses morre em casa na companhia dos irmãozinhos menores.
O fato aconteceu no bairro Capelinha, zona rural de Ouro Fino, no meio da tarde desta quinta,09.

Toda vez que eu viaj…


O óbito do bebezinho Jackson, de 7 meses de vida, chegou ao conhecimento da policia através de uma vizinha da criança. Ela, fora chamada pela garotinha Y.T. que pedia socorro, pois o irmãozinho não estava respirando. Levado para a Santa Casa da cidade, já não havia mais nada a fazer.
Gerusa Batista e Jose Luciel de Oliveira, pais do bebezinho disseram que tinham ido à cidade tratar de assuntos judiciais sobre pensão alimentícia e haviam deixado o bebê Jackson de 7 meses e outro bebê de dois anos aos cuidados da irmãzinha Y.T., de 13 anos.
Segundo a medica que atendeu e constatou o óbito, o corpo do bebezinho não apresentava sinais de violência.
O débil corpinho sem vida foi encaminhado ao IML de Pouso Alegre para se investigar a causa mortis, onde se constatou que a morte se deu por asfixia com leite de mamadeira.
Os pais do bebê foram levados para DP e deverão ser processados – no mínimo – por abandono de incapaz!

Wander Luiz & Gislene… o casal 20 da internet!

Eles pululam do face para o WhatsApp como o casal de criminosos mais perigosos dos últimos tempos em Pouso Alegre. Mas seus crimes são bem menos glamurosos do que os do casal Bonnie & Cleide…!

Essa foto já tem algum tempo…


Não se fala outra coisa no ‘face’ nos últimos dias… As versões são as mais tenebrosas possíveis. Cada um pinta a megera e seu comparsa como perigosos assaltantes que usam um engodo para atrair suas vítimas ao portão e tomar seu dinheiro. Uns dizem que a magricela bate no portão e quando saem para atender, topam com um sujeito tenebroso, que aponta um trabuco, invadem a casa e roubam o que querem. Outros dizem que o cumplice fica esperando na esquina, numa moto. Hoje chegou no meu face, enviado por um leitor do Blog, em Ouro Fino, que o nefasto casal, dono de extensa capivara, havia sido preso na terra do Menino da Porteira nesta segunda-feira,06, depois de mais um assalto à mão armada. Tudo não passa de ‘viagens’, de notícias e comentários de ‘jornalistas de WhatsApp’, ‘jornalistas copiar-colár’ pessoas ávidas para dar o furo de notícia! Inclusive alguns jornalistas profissionais que querem porque querem aumentar o crime! O buraco é muito, muuuuuito mais embaixo.
Wander Luiz figura no álbum da polícia desde 2010. Crime? Pilotar uma motoca velha em velocidade incompatível com a via. Ele ainda seria abordado pela polícia outras três vezes em situação semelhante. Uma delas com a CNH vencida. Teve também uma abordagem em que levava na garupa da moto um ‘dimenor’ portando duas barangas de pedra bege fedorenta. No ano seguinte o promotor da Infância e da Juventude mandou investigá-lo por tráfico. A policia não achou nada. Nem para ‘formiguinha’ ele serviu.
Wander Luiz & Gislene – daria nome de dupla sertaneja universitária de sucesso – aparecem no álbum da polícia juntos duas vezes. A primeira em agosto de 2014, por maus tratos e abandono de incapaz. Eles não estavam e não estão nem aí para o casal de filhos – uma menina hoje com 6 e um garoto com 9 anos. Quando da visita da polícia, as crianças estavam sujas e maltrapilhas no meio da rua, enquanto a casa estava cheia… de sujeita e entulhos! Essa prisão por abandono das crianças, rendeu também um BO de desacato à Gislene, que teria mandado o policial catar coquinhos!
A segunda vez que o casal posou junto para o álbum da polícia foi no início de janeiro de 2015. Na ocasião Wander e Gislene tentaram sair do “Alvoradinha” da Silviano Brandão levando duas peças de contrafilé na sacola… Sem pagar! Deu BO.

Gislene semana passada pedindo esmola…


Gislene da Silva que no mês passado completou 37 anos, e é dependente química – aliás, dá para perceber pela fisionomia dela – sozinha, sentiu o frio das pulseiras de prata mais recentemente. Ela foi presa no dia 15 de janeiro do corrente, tentando sair do Baronesa, também furtando carne embalçada a vácuo, da mesma marca. As câmeras do hipermercado mostram que na véspera, dia 14, ela já havia surrupiado outras duas peças de contrafilé friboi!
Como se vê, a capivara do casal é mais pobre do que o próprio casal…!
Desde então não há outros registros de furtos ou de prisões do casal, ou de Wander ou de Gislene no Estado de Minas Gerais. Portanto, 99% do que disseram os repórteres do Whatsap até o momento, segundo o ‘detetive virtual’, é falso! Até porque o casal não tem créditos para adquirir uma moto. Arma para assaltar o máximo que Wander vai conseguir será um porrete… ou uma faquinha de manteiga!

Sequestro, cárcere privado e extorsão em Ouro Fino

Família do gerente do banco passou a noite toda em poder dos sequestradores. Dois deles foram presos.
menino-da-porteira
A família do gerente do BB de Ouro Fino viveu mais de doze horas de terror e medo nesta quarta-feira, 11. Tudo começou às oito da noite de terça quando o gerente chegou em casa. No momento em que entrava na garage, ele foi abordado por dois guampudos armados de pistola. Sob a ameaça dos trabucos ele foi levado para o interior da casa e isolado num quarto juntamente com a esposa e a filhinha de dois anos. Logo depois de assumirem o controle da casa, os dois assaltantes chamaram outros dois e passaram a noite toda na casa do gerente cheirando cocaína! Apesar das poucas palavras ficou claro que os assaltantes queriam o dinheiro do banco
O terror da família aumentou de manhazinha. As seis e meia os assaltantes colocaram a esposa e a filha do gerente num Honda e deixaram o local. Uma hora depois um dos assaltantes foi com o gerente ‘fazer a retirada’ do dinheiro do banco. Mas deu tudo errado. Ao tentar abrir o cofre, fora do horário programado, o sistema de segurança travou… E ficaram só com o cabo do guarda-chuva na mão! E tiveram que abortar o assalto!
Enquanto um assaltante tentava fazer o saque no cofre no banco, os outros ficaram circulando a esmo pelo município com a família do gerente como refém. Ao serem informados da abortagem do roubo, os assaltantes liberaram a mulher com a filhinha próximo ao bairro Escolinha, a dez quilômetros da cidade. Aos prontos e sem saber o destino do marido, ela pediu ajuda a um motociclista e conseguiu comunicar seu drama à polícia.
Algumas horas mais tarde a Policia Civil prendeu dois dos autores do sequestro. Os meio-irmãos Valdeci Aparecido de Souza e Ewerton Batista de Oliveira ainda estavam no bairro Escolinha. Ambos se embrenharam no mato e tentaram dobrar a serra do cajuru. Valdeci atirou nos policiais enquanto fugia, mas foi recebeu dois tiros na perna e caíram ambos nas malhas da lei.
Valdeci Aparecido de Souza, 33, é um dos mais ilustres traficantes de Ouro Fino. Tem vários ‘empregados’ espalhados pela cidade. Usando quase sempre motos, ele próprio abastece seus formiguinhas com ‘kits’ pedra e farinha a cada dois dias. Por conta deste ‘currículo’ fartamente enriquecido pelos dossiês da PC e PM, ele estava com a PP decretada pelo homem da capa preta da comarca. Como o homem é produto do meio, seu meio-irmão Ewerton Batista de Oliveira, também entrou para o ramo de drogas. Agora que resolveram expandir os negócios, finalmente caíram nas malhas da lei, e foram se hospedar no velho hotel Menino da Porteira.
A polícia está agora na sombra dos outros dois sequestradores da família do gerente!

Corpo é encontrado em canavial em Ouro Fino

O macabro ‘encontro’ aconteceu ao pé da manha deste domingo, 29. Um agricultor pulverizava seu canavial no bairro Caneleiras quando avistou uma caminhonete saveiro preta no meio do canavial. Ao se aproximar do veiculo percebeu que na caçamba havia um corpo de sexo masculino em adiantado estado de putrefação.

A policia militar de Ouro Fino e o perito criminal de Pouso Alegre estiveram no local. O cadáver pertence a um homem aparentemente jovem, usando bermuda, camisa e sapato preto. Ao lado do seu corpo havia uma bolsa de couro preta, vazia, sugerindo que ele fora assaltado. Nos exames iniciais o perito constatou que o sujeito morreu em decorrência de dois tiros de arma de fogo na cabeça.

O cadáver não portava nenhum tipo de documento. A caminhonete Saveiro preta modelo Trend não possui placas e o chassi anotado não está cadastrado. O corpo foi enterrado em cova rasa no cemitério de Ouro Fino e deverá ser exumado na semana que vem para apurar a causa mortis e a identificação!

PM prende cigano com carabina Puma 44

Carabina de uso exclusivo dos couboys Django e Sartana...!

Carabina de uso exclusivo dos couboys Django e Sartana…!

Durante patrulhamento de rotina pelas ruas do Bairro Jardim Aeroporto em de Ouro Fino, terra do Menino da Porteira, os homens da lei foram informados que dois ciganos estariam negociando arma de fogo próximo ao bar “Las Vegas”. Quando se aproximaram do referendado bar para checar a informação, os policiais viram dois cidadãos entrarem em um Monza e dobrar a serra do cajuru. Depois de alguns quarteirões de perseguição, finalmente o motorista do Monza deu o braço a torcer… Literalmente, pois ele e o passageiro receberam pulseiras de prata.

A informação do amigo oculto da lei era verdadeira. No interior do velho Monza, sob o banco traseiro, descansava calidamente uma carabina marca Puma calibre 44, tipo Winchester, com uma bala perigosamente na agulha!

Inquiridos a respeito da arma, usando seu característico sotaque ‘ciganês’ arrastado e cantado, Aristides Dias alegou que saíra do acampamento na companhia dos filhos para buscar gasolina e portava a carabina para matar sua mulher! Mais tarde no piano do delegado de plantão ele mudou a versão… Disse que era para se  defender dos bandidos;

– A bandidagem está muito perigoooosa… Né oficial?

Perigosa estava a carabina no banco de trás do velho Monza com uma bala na agulha enquanto o cigano dirigia freneticamente pelas ruas para fugir dos homens da lei!

Além da carabina e do filho Ariano, 19, o cigano Aristides levava também no Monza suas filhas pequenas. Como ele e o filho foram levados no taxi do contribuinte para a Delegacia Regional de Pouso Alegre, as adolescentes de 12 e 13 anos foram entregues ao Conselho Tutelar da cidade.

Já no final da noite pai e filho voltaram pela MG 290 até Ouro Fino. Ariano foi para o acampamento em Crisólia… Aristides foi se hospedar num hotel muito mais confortável do que as barracas… Foi para o velho Hotel Menino da Porteira!

 

* Leia ainda:  Mulher mantem mãe morta na cama durante 15 dias esperando sua ressurreição!

Sargento e soldado caem do cavalo na festa do peão

DSC05381

O crime aconteceu na cidade de Inconfidentes-MG, por ocasião da Festa do Peão naquele município no ultimo final de semana.

A denuncia partiu do empresário Antonio de Sordi Filho, proprietário do Espaço Country, o qual procurou o Ministério Publico dizendo que antes da aludida festa, recebeu a visita da sargento Carmem, a qual lhe oferecia algumas ‘facilidades’…!

Segundo o empresário a policial lhe pediu R$ 3 mil para que a festa transcorresse sem ‘interferência’ da Policia Militar.

– Por três mil reais você não terá nenhum tipo de ‘problema’ na festa! – Teria dito a policial militar.

Acuado, o empresário negociou e concordou em pagar R$ 2 mil, cujo dinheiro seria entregue na segunda feira ao soldado Jordão, depois de fechada a contabilidade da festa. No mesmo dia, no entanto, o empresário procurou o Ministério Publico da cidade de Ouro Fino e relatou o fato! Foi então orientado pelo promotor de justiça a fazer o pagamento combinado, depois de tomar algumas providencias, tais como gravar a conversa entre ele e a policial e fotografar as cédulas com as quais faria o pagamento da propina!

O suposto crime de ‘concussão’ praticado pela Pfm Carmem em conluio com o soldado Jordão, responsável por buscar o dinheiro na segunda feira, chegou ao conhecimento dos seus superiores, os quais trataram de armar a arapuca…!

Às duas da tarde de segunda, 27, quando o soldado Neivaldo Jordão Salgueiro Junior, 32 anos, há cinco defendendo a lei, saiu do escritório do Espaço Country com o pacote de notas diversas, uma equipe de oficiais o esperava de cara amarrada… Para amarra-lo nas malhas da lei! Além da bufunfa de dois mil reais em notas fotografadas pelos próprios superiores, ele recebeu também pulseiras de prata! Ficou pouco mais de oito segundos na posse do dinheiro da propina da Festa do Peão… Caiu do cavalo!

Carmen da Silva Mendes, 45 anos, 22 na policia militar, também não ficou sem chumbo… Aliás não ficou sem prata! Suas pulseiras ela recebeu na porta de sua residência na cidade de Ouro Fino.

O crime supostamente cometido pela dupla de policiais de Inconfidentes se enquadra, em tese, no artigo 316 do Código Penal – Concussão –, cuja pena varia de 2 a 8 anos de prisão. Por estar previsto também no Código Penal Militar – artigo 305 – o BO e os presos foram encaminhados à Justiça Militar.

Embora a denuncia tenha partido do empresário Antonio Sordi, que se diz lesado, é necessário salientar que nestes casos os promotores de eventos desta natureza costumam contratar profissionais com experiência para cuidar da segurança dos festejos. É comum nestes casos contratar policiais civis ou militares para tal. Portanto, se os policiais de Inconfidentes prestaram serviços de segurança como cidadãos, no seu período de folga, embora haja normas internas proibindo tais atividades, nem Carmem, nem Jordão e nem tantos outros policiais que prestam serviços de segurança nas horas vagas, não cometeram nenhum crime!

A sargento Carmen e o soldado Jordão estão recolhidos no 20º Batalhão de Policia Militar de Pouso Alegre! Segundo o Cel. Gilson, Comandante do 20º Batalhão, os policias ainda sendo investigados.

 

* Dê um menino de presente para o seu pai...! Veja como acessando “www.meninosquevicrescer.com.br”

Meninos de Ouro Fino caem nas malhas da lei

 

- A farinha é do Jelfinho... Tô vendendo pra ele! - Teria dito Michael Gabriel Lopes da Silva

– A farinha é do Jelsinho… Tô vendendo pra ele! – Teria dito Michael Gabriel Lopes da Silva aos policiais!

Denuncias de amigos ocultos da lei levaram a policia militar ao bairro Parque dos Moreiras na cidade de Ouro Fino, ao pé da noite desta segunda, 22, em busca de drogas.

Segundo as caguetagens, o cidadão conhecido pela alcunha de “Jelsinho” é o patrão do trafico de drogas no trecho. Ainda segundo as informações via DD, Jelsinho tem vários parças distribuindo drogas e controlando o trafico para ele nos bairros São Judas, Moreiras e Ouro Verde.

Logo na entrada do Parque dos Moreiras, os homens da lei abordaram o jovem Michael Gabriel Lopes de Oliveira. Ele levava na algibeira três barangas de farinha do capeta. Questionado, ele teria dito aos policiais que a droga pertencia ao parça Jelsinho para quem trabalha!

 

Jelsinho, preso com duas munições calibre 22!

Jelsinho, preso com duas munições calibre 22!

A residência de Jefferson Bento de Souza, o “Jelsinho”, 33 anos, foi revirada até ficar de pernas para o ar. No entanto os policiais encontraram de ilícito apenas duas munições calibre 22!

Levados para a Delegacia Regional de Pouso Alegre, Jelsinho e Michael sentaram ao piano do paladino da lei. Michael assinou o 33 e Jelsinho , por ora, assinou o 12 da Lei 10.826.

No final da manha desta terça, 23, Michael e Jelsinho embarcaram no “Taxi do Lika” e voltaram para Ouro Fino… Mas foram direto para o Hotel Menino da Porteira!

 

Suicídio na DP de Pouso Alegre

 

Este é o segundo suicídio na DP de Pouso Alegre desde eu foi inaugurada em 2007!

Este é o segundo suicídio no novo prédio da DP de Pouso Alegre desde que foi inaugurado em 2007!

Estava o cidadão Pedro Luiz Guerra quieto no seu canto, no alpendre de sua casa na Praça Ribeiro de Miranda, centro de Ouro Fino, às sete e quinze da noite desta sexta, 08, quando de repente foi sacudido por um barulho de dois veículos se chocando. Ao sair ao portão da residência para o que havia acontecido, viu o que não queria… Um fusca havia batido de frente no seu Fiat Palio estacionado defronte sua casa!

O motorista fusca branco placas BQG 5674 era o cearense Albertino Ribeiro de Lima, natural de Ibiapina, 45 anos de idade, servente de pedreiro, morador do centro de Ouro Fino.

Quando se aproximou do motorista, Pedro Luiz percebeu a real causa da barbeiragem… Ele estava com todos os sintomas da embriagues! Pra evitar que Albertino deixasse o local, Pedro Guerra retirou a chave do ignição e acionou a policia militar.

Albertino, que às vezes é também chamado de “Robertino”, recebeu pulseiras de prata e foi conduzido à delegacia regional de policia civil de Pouso Alegre, onde sentou-se ao piano e assinou o 306, o quarto artigo do Codigo de Transito Brasileiro! Ele já havia sido detido em 1997, em 2000 e em 2013 por dirigir sem habilitação!

Por dirigir sob efeito de álcool e causar sinistro, Albertino foi afiançado em dois salários mínimos, poderia ter voltado imediatamente para casa – naturalmente de taxi ou de jardineira – se tivesse o dim-dim da fiança na algibeira. Mas não tinha. Por isso teria que ser recolhido ao presidio. Enquanto aguardava o Taxi do Magaiver que o levaria para o famoso “Hotel Menino da Porteira” em Ouro Fino, Albertino foi colocado no “corró” da Delegacia Regional! Uma hora depois, quando os policiais de plantão voltaram ao “corró” para colocar outro infrator da lei, encontraram Albertino sem vida, pendurado na grade da cela. Ele havia usado as mangas da blusa de moletom para cometer o suicídio! Segundo policiais que estavam no plantão na madrugada, Albertino estava tranquilo, conformado com sua sorte. Só tinha uma reclamação a fazer: havia sido abandonado pela família que não se manifestara no sentido de pagar sua fiança!

Este foi o segundo suicídio no interior da Delegacia Regional de Pouso Alegre em menos de três anos. No dia 28 de setembro de 2012 um comerciante de Montes Claros usou o mesmo meio para por fim à vida. Francisco Nascimento de Oliveira havia sido autuado no final da tarde daquela sexta feira, por uso de documento falso. Enquanto aguardava no “corró” a transferência para o Hotel do Juquinha, ou, que seu advogado conseguisse o relaxamento da prisão, ele pôs fim à própria vida.

Apesar destes dois casos consumados, nos últimos 8 anos, desde que o novo prédio da Delegacia Regional de Pouso foi inaugurado, houve varias tentativas… Evitadas casualmente pelos policiais de plantão!

Guincheiro de Ouro Fino é preso com arma raspada

Marcelo Bueno Cardoso, 33 anos, foi preso no apagar das luzes desta terça em Ouro Fino. As pulseiras de prata foram apresentadas pela policia militar, na presença de um oficial de justiça, com autorização do Homem da Capa Preta. Ele mantinha em seu poder um trabuco 38 sem registro e com numeração raspada, o que não comporta fiança, por isso foi autuado no 12 e no 16 da Lei 10.826 e recolhido ao xadrez.

DSC05643

Apesar de ter sido preso pela PM na presença de um oficial de justiça, fora do horário de expediente e autuado na Delegacia Regional de Pouso Alegre, o guincheiro Marcelo Bueno Cardoso, bem como o flagrante respectivo, foi recambiado imediatamente para o presidio de Ouro Fino no meio da madrugada. Embora não estivesse de plantão o jovem delegado Erismam Mauricio acompanhou a autuação e fez a escolta pessoalmente do preso para o velho Hotel Menino da Porteira.

– Hoje meu taxi ficou parado, Chips…  O único preso da região que usaria meu taxi seria o guincheiro de Ouro Fino! Mas, segundo o oficial que acompanhou a prisão, o delegado pediu a ele para telefonar para o Promotor de Ouor Fino e pedir autorização para escoltar o preso para o presidio no meio da madrugada! Essa escolta é minha função, determinda por Portaria do delegado regional, mas tudo bem… Hoje o Taxi do Magaiver não levanta bandeira… – Comentou o detetive Vladimir “Magaiver” pela manhã.

 

Policia prende “Amado” em Ouro Fino

Fabiano "Amado" , ex- da Aline Lara...

Fabiano “Amado”, ex- da Aline Almeida Lara…

Ao passar pela Rua Silviano Brandão no final da tarde desta segunda, 25, o cabo Nelson notou que havia uma caminhonete Toyota Hilux preta, com placas de Monte Sião ali estacionada. Como conhece todo mundo por ali, resolveu comunicar seu comandante, tenente Moraes, na 137ª  CIA. Bingo! A Hilux preta era a mesma que fora roubada na vizinha Monte Sião, na terça 22.

Não satisfeito em aprender a valiosa ‘res’ furtiva, o tenente decidiu prender também os ladroes da caminhonete. Chamou um soldado, verificaram os pentes das pistolas e ficaram de tocaia nas imediações, à espera dos gatunos. Uma hora e meia depois eles chegaram! Estavam em quatro. Quando o da frente apertou o controle remoto na chave da caminhonete, os dois policiais deram o bote! Prenderam Fabiano Camargo da Silva, Jeremias Nogueira da Silva, J. C. P. da Silva e Isac Cândido Rocha. No momento da prisão Fabiano Camargo, vulgarmente conhecido no álbum da policia por “Amado”, confessou ter roubado a Hilux no inicio da semana em Monte Sião, na companhia de um “parça” de Itapira.

Mas não pára por aí.

Amado vinha sendo investigado pela PC por trafico de drogas. Numa vista ao seu mocó, a poucos metros dali, juntamente com uma equipe da PC, os policiais encontraram 57 pedras bejes fedorentas, uma baranga de farinha do capeta, 175 euros e celulares diversos. No referido mocó que, segundo investigação da PC servia de “biqueira”, onde tanto Amado quanto sua amasia Aline de Almeida Lara Geremia distribuía todo tipo de drogas, estava o cidadão Mike Satilio de Oliveira Junior.

– Eu conheci o Amado há dois dias… Eu fui contratado por ele para capinar seu quintal! – Apressou-se em dizer o jovem de 20 anos. Mas ninguém se preocupou em apreender a enxada!

A noticia da prisão de Fabiano, se não não correu o mundo, correu ao menos até Monte Sião, a 30 quilômetros dali. E mostrou que Amado é amado…! Ele ainda estava no quartel da PM em Ouro Fino onde se redigia o BO, quando sua ex-amasia Aline de Almeida Lara Geremia chegou acompanhada do advogado “Dr. Grilo”, para libertá-lo! Mas o tiro saiu pela culatra. Como Aline também vinha sendo investigada pela PC como parceira do amado Amado, ela também recebeu as pulseiras de prata! Foram todos sentar-se ao piano do delegado Victor Meinão na Delegacia Regional de Pouso Alegre.

Mike Satilio de Oliveira jurou de pés juntos que era apenas o faxineiro de quintal…! Os garotos Jeremias Nogueira da Silva, 19,  J. C. P. da Silva, 15 e Isac Candido Rocha, 19, alegaram que nem conhecem Fabiano Amado…

-Nós estávamos passando pela rua quando de repente a policia jogou o Amado no chão e mandou a gente deitar também…! – Disseram os três.

Aline de Almeida Lara Geremia, apesar de estar na mira da PC como sócia do amasio Amado no trafico, alegou que o deixou há dois meses…

– Eu larguei dele porque ele anda usando drogas demais… Mas não sei nada sobre a  caminhonete roubada e  nem sobre as drogas encontradas na casa dele – Alegou na presença do Dr. Grilo…

Diante da obnubilada conjuntura, o douto paladino da lei fritou apenas Fabiano “Amado” Camargo da Silva, no artigo 33 da Lei 11.343. Em seu despacho ele justificou:

– “… além de não existiram indícios suficientes de autoria dos crimes contra os mesmos, não restou configurado sequer estado flagrancial dos indivíduos mencionados..” – e mandou soltá-los.

Apesar de possuir 'capivara diferenciada', Fabiano Amado teve que se espremer no porão da Arca de Noé...

Apesar de possuir ‘capivara diferenciada’, Fabiano Amado teve que se espremer  com outros viajantes no porão da Arca de Noé …

Fabiano Amado, que possui uma gorda capivara por crimes diversos, tais como furtos, roubos à mão armada, trafico de drogas em Ouro Fino e homicídio em Monte Sião, seguiu ao pé da manhã desta terça no Taxi do Magaiver para o velho Hotel Menino da Porteira.