Ladrão briga com pastor no Jardim Esplanada

Ele teve 15 minutos para derrotar o pastor e roubar duas televisões!

imagem ilustrativa...

imagem ilustrativa…


O mecânico B.M.B. morador do Jardim Esplanada em Pouso Alegre, ausentou-se de sua residência por apenas 15 minutos no meio da tarde desta quarta, 11. Foi o tempo suficiente para ter a casa arrombada e furtada. Nem seu fiel Pastor Alemão não conseguiu evitar o furto. O meliante, um sujeito alto, cheio de tatuagens, usando short e boné, lutou com o cão até derrota-lo e trancá-lo no canil. O pastor que não conseguiu defender a casa do dono, tinha um ferimento feito a paulada na cabeça.
O ladrão da tarde, do Esplanada, foi visto entrando na rua “1” do bairro Santo Antônio, a poucos metros do local do crime, carregando duas televisões! Como ele usou de violência contra o pastor alemão para obter para si o bem alheio móvel, ele deve responder por furto… ou por roubo?

Arrombamento na Portinhola…

Ladrões só queriam bonés: levaram 50!

O sinistro aconteceu às quatro da manhã desta quinta, 12. Uma testemunha viu quando dois guampudos se aproximaram da loja, na Bernardino de Campos no centro de Pouso Alegre e com uma pedra quebraram a porta de vidro. Curiosamente, além dos R$ 300 que estavam no caixa, em meio a tantos tênis, camisas e demais materiais esportivos de grifes, os meliantes levaram apenas bonés! Cinquenta bonés de cores variadas…!
Ainda segundo a testemunha ocular do soturno crime, os ladrões da madrugada seguiram em direção à Baixada do Mandu com a rés furtiva.

Sequestro, cárcere privado e extorsão em Ouro Fino

Família do gerente do banco passou a noite toda em poder dos sequestradores. Dois deles foram presos.
menino-da-porteira
A família do gerente do BB de Ouro Fino viveu mais de doze horas de terror e medo nesta quarta-feira, 11. Tudo começou às oito da noite de terça quando o gerente chegou em casa. No momento em que entrava na garage, ele foi abordado por dois guampudos armados de pistola. Sob a ameaça dos trabucos ele foi levado para o interior da casa e isolado num quarto juntamente com a esposa e a filhinha de dois anos. Logo depois de assumirem o controle da casa, os dois assaltantes chamaram outros dois e passaram a noite toda na casa do gerente cheirando cocaína! Apesar das poucas palavras ficou claro que os assaltantes queriam o dinheiro do banco
O terror da família aumentou de manhazinha. As seis e meia os assaltantes colocaram a esposa e a filha do gerente num Honda e deixaram o local. Uma hora depois um dos assaltantes foi com o gerente ‘fazer a retirada’ do dinheiro do banco. Mas deu tudo errado. Ao tentar abrir o cofre, fora do horário programado, o sistema de segurança travou… E ficaram só com o cabo do guarda-chuva na mão! E tiveram que abortar o assalto!
Enquanto um assaltante tentava fazer o saque no cofre no banco, os outros ficaram circulando a esmo pelo município com a família do gerente como refém. Ao serem informados da abortagem do roubo, os assaltantes liberaram a mulher com a filhinha próximo ao bairro Escolinha, a dez quilômetros da cidade. Aos prontos e sem saber o destino do marido, ela pediu ajuda a um motociclista e conseguiu comunicar seu drama à polícia.
Algumas horas mais tarde a Policia Civil prendeu dois dos autores do sequestro. Os meio-irmãos Valdeci Aparecido de Souza e Ewerton Batista de Oliveira ainda estavam no bairro Escolinha. Ambos se embrenharam no mato e tentaram dobrar a serra do cajuru. Valdeci atirou nos policiais enquanto fugia, mas foi recebeu dois tiros na perna e caíram ambos nas malhas da lei.
Valdeci Aparecido de Souza, 33, é um dos mais ilustres traficantes de Ouro Fino. Tem vários ‘empregados’ espalhados pela cidade. Usando quase sempre motos, ele próprio abastece seus formiguinhas com ‘kits’ pedra e farinha a cada dois dias. Por conta deste ‘currículo’ fartamente enriquecido pelos dossiês da PC e PM, ele estava com a PP decretada pelo homem da capa preta da comarca. Como o homem é produto do meio, seu meio-irmão Ewerton Batista de Oliveira, também entrou para o ramo de drogas. Agora que resolveram expandir os negócios, finalmente caíram nas malhas da lei, e foram se hospedar no velho hotel Menino da Porteira.
A polícia está agora na sombra dos outros dois sequestradores da família do gerente!

Engodo e furto no bairro dos Coutinhos

O quarteto de um-sete-um se apresentou como “agentes de saúde” para entrar na casa do sr. “Lita” e furtar seu dinheiro!

Lembram daquele roubo na zona rural de Congonhal, ontem à tarde, o qual movimentou metade da polícia em cercos & bloqueios na região? Pois bem, aconteceu um crime contra o patrimônio, sim, mas foi um pouco diferente do que propagou a ‘Rede Boato’ nos grupos de WhatsApp…

Estava o sr. Jose Evangelista Claret – carinhosamente conhecido no municípioimg_16281 pela alcunha de “Lita” – quieto no seu canto, sentando na sombra do frondoso sassafrás contemplando sua horta orgânica, por volta de quatro da tarde desta terça, 10, quando um Gol cinza, com três mulheres e um homem parou na frente de sua casa no bicentenário bairro dos Coutinhos, – o melhor bairro para se viver no município de Congonhal, – e fez a abordagem…
– Boa tarde… Somos ‘agentes de saúde. Estamos aqui fazer o cadastramento do sr. e de sua família! Quantas pessoas há na casa?
Conversa vai, conversa vem, Lita gentilmente deu todas as informações e rotina da família, todos ausentes, exceto ele. Em seguida foi à garagem pegar seus documentos pessoais que costuma guardar no porta luvas do seu veículo para preenchimento dos formulários.
Tão logo o quarteto foi embora, Lita se deu conta que um pacote com R$ 1 mil reais, do seu sobrinho, que costuma guardar também no porta luvas do carro, havia desaparecido!
Segundo “Lita”, o gol cinza com placa de Ribeirão Preto era conduzido por um guampudo jovem, baixo, gordo e ruivo. As demais falsas agentes de saúde eram: uma morena de cabelos longos e lisos, uma baixota gorda e outra alta, gorda e forte.
O furto foi imediatamente comunicado à polícia, mas o gol cinza com o gordinho e as três gordas não foi mais visto!

PM fecha ‘biqueira’ no Beco do Saci

Mãe e filho foram parar na DP, mas … “Deu nada, não…”!

Denuncias de amigos ocultos da lei levaram a policia militar ao Beco do Saci, no bairro São João, ao pé da noite deste domingo, 08. Segundos os DDUs, a cidadã conhecida pela alcunha de “Lia” e seu filho “Ju” são useiros e vezeiros na venda de drogas no sugestivo beco. Durante buscas na residência dos denunciados, os policiais encontraram mais de trinta barangas de farinha do capeta. A droga estava mocosada em vários locais. Havia farinha no muro do quintal, no buraco da janela e no braço do sofá da sala.
No inicio da abordagem o garotão J.D.I.V. jurou de pés juntos que para anjo só lhe faltavam as asas! Depois que a casa caiu ele mudou o discurso… Assumiu a paternidade de toda droga encontrada, isentando a mãe de qualquer participação.
– A droga é minha seu puliça – declarou ele de cara fechada.
Na falta de provas concretas contra dona “Lia”, e, como “Jú” só tem 17 anos, a farinha do capeta do Beco do Saci “deu nada, não”!
Mas mãe e filho agora serão alvos constantes dos homens da lei…!

Quadrilha volta a sacudir Cambui

Assaltantes roubaram cinco estabelecimentos comerciais, trocaram tiros com a polícia e… fugiram!

O ano de 2016 foi um ano atípico na criminalidade de Cambui: assaltos a caixas eletrônicos; assaltos a casas lotéricas; assaltos a transeuntes; morte de assaltante e outros crimes. A população viveu momentos de tensão e medo, inclusive com ameaças de bandidos prometendo retaliação pela morte de um assaltante morto na troca de tiros com a vitima. Dois mil e dezessete está prometendo…
Na madrugada desta segunda,9, “Dia do Fico”, o terror pareceu querer ‘ficar’ em Cambui! Um supermercado e outras quatro empresas estiveram novamente na mira de uma quadrilha composta por mais de uma dúzia de assaltantes!
O roubo ao supermercado Braizinho foi descoberto por caso. Ao passarem pelo local visando atender um BO sobre perturbação do sossego no bairro Paulo Lopes, os policiais militares foram surpreendidos por tiros pela retaguarda. Neste momento cerca de dez assaltantes já haviam dominado o vigia e estavam arrombando o cofre da empresa. Enquanto aguardavam reforço das cidades vizinhas, os policiais se mantiveram à distância, trocando tiros com os meliantes.
Segundos os vigias do supermercado, que ficaram presos debaixo de balas nas guaritas, a quadrilha chegou em dois carros, uma SUV Mitsubishi branca e uma Hyundai preta. O grupo armado com armas diversas estourou cadeados dos portões, arrombou vidraças da frente e, com uso de maçaricos arrombou o cofre da empresa de onde levou valores não divulgados.
A mesma quadrilha arrombou outros quatro estabelecimentos na cidade no meio da madrugada; uma casa lotérica, uma perfumaria, uma ótica de onde levou cerca de 100 óculos de sol, e um escritório de engenharia.
Apesar da reação da polícia os assaltantes conseguiram dobrar a Serra da Canguava levando a res furtiva de quatro das cinco empresas arrombadas!

Justiceiro desconhecido evita roubo ao posto Petromix

Ele saiu do banheiro e mandou bala na dupla de assaltantes.

Obnubilada! Muito obnubilada a conjuntura que envolve um assalto ao posto Petromix no início da madrugada deste domingo. A única coisa que a policia sabe de concreto, é que os ladrões foram baleados por um ‘justiceiro’ desconhecido, evitando assim o roubo.
Era mais um daqueles assaltos corriqueiros a postos de gasolina… A dupla chegou numa moto preta e ao invés de pedir gasolina, pediu a bufunfa ao frentista. Ele entregou o que havia na algibeira: R$70. No momento em que o garupa descia de arma em punho em direção ao caixa em busca de mais dinheiro, alguém surgiu atirando nos assaltantes. Surpreendidos, eles abandonaram a moto no posto e passaram sebo nas canelas! Correram pela rodovia em direção ao bairro Belo Horizonte.
A próxima cena do imbróglio aconteceu minutos mais tarde nas imediações do pontilhão de acesso à Avenida Perimetral. Motoristas que passavam pelo local viram dois sujeitos tentando colocar uma pessoa ensanguentada num veículo Honda Fit. Ao tentar intervir na ação, os passantes foram rechaçados e ameaçados pelos ocupantes do Honda…
– Cai fora Mané, aqui é policia! – teria dito um dos supostos socorristas do ferido.
– Eles estavam tentando colocar o ferido num saco plástico… – contou uma testemunha que interrompeu o suposto socorro.
Com a aproximação de outros veículos, os ocupantes do Honda Fit desistiram de resgatar o ferido e dobraram a serra do cajuru.
O ferido que estava sendo socorrido pelos ocupantes do Honda, é Jonathan Felipe Pereira da Silva,19. Ele é um dos assaltantes que havia fugido do Posto Petromix debaixo de bala minutos antes. Jonathan abriu o livro e confessou o crime. Seu ‘parça’ no roubo é o meliante Gustavo Henrique de Oliveira, 28. Ele foi preso minutos depois em sua residência no Bairro Jardim Brasil II. Ele também havia sido atingido pelos tiros do justiceiro misterioso durante o assalto.
Depois de serem medicados no PS do Regional Samuel Libânio, Jonathan e Gustavo foram sentar ao piano do paladino da lei na DP e assinar o 157.
A moto Yamaha YBR preta, abandonada pelos assaltantes no posto, desapareceu!
Quem será o justiceiro misterioso que evitou o roubo ao posto!?

Agentes prendem cabeleireiras com drogas no Hotel do Juquinha

Uma estava levando a farinha para o filho, a outra levava para o amásio!

Não obstante o assunto prisional seja a vedete da imprensa nacional e estrangeira no momento, as pessoas que tem ligação direta com os presídios, continuam alimentando o caldeirão de pólvora com drogas. O presidio de Pouso Alegre, com capacidade para 395 presos, ocupado atualmente por cerca de 800, registrou neste domingo, 8, mais um caso de drogas. Duas visitantes foram pegas tentando levar cocaína para seus visitados.
Depois de passar pelos procedimentos formais de buscas, as duas mulheres que se portavam como somongós, passaram por nova revista. E foram surpreendidas com a mão na farinha!
Cristiane Oliveira dos Santos, 34, disse que a droga era para seu amásio Edgar Reis Gaudino. Karina Aparecida da Cunha, 35, disse que a cocaína era para seu filho, Luiz Henrique da Silva!
– A droga era para pagar dívidas com outros presos – justificou Karina.
– Meu amásio vem sendo ameaçado de morte pelos outros presos – explicou Cristiane.
Tanto a mãe quanto a amásia desceram no táxi do contribuinte para a DP, sentaram ao piano, assinaram o 33 e em seguida pegaram o Táxi do Magaiver de volta para o Hotel do Juquinha, onde ficarão bem pertinho dos seus entes queridos!

Assalto na zona rural de Congonhal

O assaltante estava fugindo da polícia depois de ter roubado carro em Pouso Alegre.

O roubo aconteceu no crepúsculo desta quinta-feira,05, no bairro Grota Rica, no município de Congonhal. Estava o lavrador Luiz Ricardo, quieto no seu canto, curtindo o crepúsculo, quando o assaltante chegou. Era alto, magro, negro, cheio de tatuagens, usava blusa vermelha e boné, e tinha uma latinha de cerveja na mão. Sem pedir licença o lombrosiano foi logo entrando na casa do lavrador e dando ordens:
– Quero a chave da sua moto. Estou fugindo da polícia e preciso encontrar um amigo aqui perto. Quando estiver longe eu abandono sua moto nalgum lugar…
Pedindo assim tão educadamente, e por um motivo tão nobre, o lavrador não recusou! Além da moto Honda Titan preta, de placa GXD-0545, o assaltante levou também R$ 400, dois celulares e um capacete.
O assaltante da Grota Rica é um dos que roubaram um veiculo Honda City ao pé da manhã da mesma quinta, no bairro Fatima II em Pouso Alegre – “Roubo em Pouso Alegre termina com perseguição e tiros em Congonhal” – Eles foram perseguidos pela polícia militar, abandonaram o Honda roubado no bairro Agua Parada, trocaram tiros com a polícia, e se embrenharam no mato.
Com a moto roubada do lavrador, um deles dobrou a serra do cajuru. O outro continua rondando as imediações!

Roubo em Pouso Alegre termina com perseguição e tiros em Congonhal

Os assaltantes levaram o carro de pai e filha com talão de cheques e uma saia azul e rosa!

A roubo aconteceu ao pé da manhã desta quinta-feira, 05 no bairro Fatima II em Pouso Alegre. No momento em que saiam da garagem de casa para o trabalho, conduzindo o veículo Honda City cinza, o comerciante J. e sua filha A. foram abordados por um sujeito alto, magro, pardo, usando bermuda jeans, camiseta branca e boné. Atrás do cabo de uma pistola prateada o moço obrigou as vítimas a descerem do carro, assumiu o volante e fugiu em direção à Avenida Tuany Toledo levando o Honda City.
Minutos depois do roubo, o Honda City com dois guampudos em seu interior foi visto abastecendo em um posto de combustíveis em Congonhal, a 15 quilômetros do local do crime. Iniciada a perseguição, os assaltantes tentaram dobrar a serra de Ipuiuna mas… ficaram na tentativa! Sentindo o fungado dos policiais no seu cangote, os meliantes entraram numa estrada vicinal à esquerda da BR 459, no município de Senador Jose Bento, saltaram do carro roubado e se embrenharam no matagal. Para retardar a perseguição e garantir a fuga os dois assaltantes mandaram bala na direção da viatura. Os policiais Guido e Del Rey revidaram, mas ninguém se feriu.
Apesar da investida dos policiais Guido, Del Rey e Pantaleão e de outras equipes de Pouso Alegre, cuja perseguição na mata durou até as três da tarde, os assaltantes conseguiram fugir deixando para trás o carro roubado!
No interior do veículo havia uma carteira com documentos e um talão de cheques do supermercado ‘Oi Brasil’, um molho de chaves, controle do portão eletrônico e uma saia feminina da marca ‘Linda de morrer’ nas cores azul e rosa. Tudo foi recuperado, exceto o talão de cheques e a saia colorida.
Se você avistar por aí um sujeito alto, magro, pardo, usando uma saia azul & pink… chame a policia!