Tem um novo gatuno na praça…

Ele furta fiação elétrica… De instalações em funcionamento!

Você acha que já viu tudo em matéria de furtos?
Viu nada, inocente!
Estava o advogado S.R.H.A. no aconchego do seu lar, no Fatima I, às 23h40 desta terça, 30, assistindo um filme de suspense, quando de repente a TV desligou sozinha! E o suspense aumentou!
Teria ele se esquecido de pagar a conta de energia elétrica?
Teria caído um raio sobre a casa e atingido a rede elétrica?
Teria um rato entrado na tubulação e danificado a instalação?
Era quase isso…!
Na verdade era um gato. Mais precisamente um gatuno!
Sem pensar nos riscos que corria, o advogado abriu o portão e saiu à rua para verificar se o apagão era somente na sua residência ou se no bairro todo! E quando saiu ao portão, viu o gatuno que o deixara no escuro…! Era um sujeito moreno baixo e moreno, usando bermuda, camiseta e boné! O gatuno havia aberto a caixa de inspeção da Cemig e tentava arrancar a fiação que conduzia a energia do poste à sua residência!
Ao ser pilhado com a boca na botija, o gatuno montou uma bicicleta velha e dobrou a serra do cajurú. Não levou os fios de cobre, mas deixou a casa do Advogado na mais completa escuridão.
Se a moda pega, será um apagão total!
Para refletir…!
Os poucos metros de fios condutores de energia elétrica, depois de queimados, seriam vendidos a um intrujão qualquer como cobre, e renderiam ao gatuno algo em torno de R$15. Um eletricista não cobrará menos de R$50 para religar a fiação.
Um servente de pedreiro ganha por dia, em media, R$80.
Para arrecadar o equivalente a um dia de trabalho de um servente de pedreiro, o gatuno da noite teria que danificar e roubar pelo menos cinco casas por noite!
Já o intrujão gordo, barrigudo, barbudo, pode ganhar no mínimo quatro vezes mais do que o gatuno… Sem sair de trás da mesa empoeirada do seu deposito de material reciclável, ou, de trás de um balcão de boteco de fachada!
O artigo 180 do CP pune o intrujão com pena igual à do gatuno, mas… É mais fácil achar uma agulha no palheiro do que achar um intrujão na cadeia!

Cuidado para não ficar no escuro…!

 

Policia Civil sacode Santa Rita do Sapucaí

Dez meliantes e uma advogada caem na ‘Rotoeira” dos policiais!

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA


Apesar de a criminalidade crescer dia-a-dia na velha Santa Rita do Sapucaí, capital do Vale da Eletrônica, a população não pode reclamar da policia… Os homens da lei – embora tão poucos! – tem feito o que podem! Desde 2010, a cidade de 43 mil habitantes, a 27 quilômetros de Pouso Alegre, tem sido alvo de operações especiais das policias civil e federal. Em cada operação envolvendo dezenas de viaturas e de policiais, dezenas de meliantes são retirados das ruas!
A última Operação “Café da Manhã com Meliantes”, denominada “Operação Ratoeira”, aconteceu ao surgir da aurora desta terça-feira, 30. Cerca de 70 homens do 17º Departamento de Policia Civil, que abrange as regionais de Pouso Alegre, Itajubá e São Lourenço, chegaram cedo à cidade banhada pelo ainda piscoso Rio Sapucaí. O alvo era o de sempre: Traficantes de drogas. Mas caiu também na “Ratoeira” da polícia um homicida e uma advogada!
Receberam com café amargo os policiais em suas residências os investigados:
Leonardo Ricardo Modesto Dias, o Leozão;
Marcinei Barroso, o “Nei”;
Walace Modesto Dias, irmão de Leozão;
Maria Cristina Modesto Dias;
Ricardo Miranda;
Angelo Roberto Gomes Junior, o “Juninho”;
André Aguiar Barbosa, o “Cupicha”;
Luiz Rogerio Borges Junior;
Weberton Kennedy da Silva, o “Kendinho”; e
Jonatham Vitor Gonçalves.
Os 70 policiais chefiados pelo delegado da Comarca, Mario Martins, tinham 16 alvos. Num deles, residência de Angelo Roberto Gomes Junior, o “Juninho”, foram encontrados 16 barangas de farinha do capeta, o que lhe valeu mais um processo por tráfico de drogas!
O meliante Luiz Rogerio Gomes Junior, que, como os demais vinham sendo investigados por trafico e associação para o tráfico de drogas, foi preso também por homicídio, ocorrido durante as investigações, semanas atrás. Alguns dos investigados da “Operação Ratoeira”, já haviam sido presos por outros crimes nas últimas semanas. Maria Cristina Modesto Dias, mãe dos meliantes Walace e Leãozão, foi cientificada do mandado de prisão em seu desfavor e foi liberada para cumprir ‘prisão domiciliar.
Isabela Ribeiro Borges foi conduzida coercitivamente à delegacia de policia para prestar declarações. Segundo a investigação, a jovem advogada é suspeita de coagir testemunhas para depor a favor de um cliente para livrá-lo de acusações de trafico de drogas. A advogada, que conhece como poucos os bastidores da delegacia de polícia, pois fez estagio e trabalhou alguns anos como escrivã “ad-hoc” na repartição, foi ouvida e liberada para se ver processar em liberdade!
Os demais meliantes que caíram na “Ratoeira” da PC na manhã desta terça, foram se hospedar por conta do contribuinte no Hotel Recanto das Margaridas!

A lâmpada queimou…

…Dois anos e meio antes da hora!

Você tem o habito de guardar Notas Fiscais dos produtos que compra? Eu também não…!
Pois deveríamos ter esse hábito…
Se você compra um produto com dois anos de garantia, e ele para de funcionar depois de um ano… É prejuízo para seu bolso! A menos que você tenha guardado o termo de garantia e volte à loja para trocá-lo! É um direito seu trocar um produto que deu defeito ou não durou o especificado na garantia!
Minha mulher tem o habito de guardar toda NF e termo de garantia de tudo que compra.
No início do ano nós compramos 07 lâmpadas de LED Avant. Pagamos R$ 23,50 cada uma. Um preço um pouco acima da média. Mas valia a pena. Além da qualidade da luz, da economia, as lâmpadas tinham uma grande durabilidade: 3 (tres) anos de vida util.
Semana passada, seis meses depois, duas delas queimaram!
A solução foi simples. Tatiana acessou o site do fabricante, narrou o fato, ele pediu desculpas e orientou-a a procurar a loja onde havia comprado o produto – levando a NF e o termo de garantia!
E assim foi feito.
O vendedor da loja Elétrica Sapucaí prontamente trocou as lâmpadas queimadas. E ainda pediu desculpas! E nem precisava… pois a loja vende lâmpadas! Ela não fabrica lâmpadas eventualmente com defeitos!
Exerça seus direitos de consumidor.
Mas não se esqueça de guardar a Nota Fiscal e o termo de garantia!

A oscilação do comportamento social e as mudanças das leis que regem a sociedade

Umas aliviaram, outras pegaram ainda mais pesado com cidadão infrator!

A sociedade está em constante movimento, em constante mudança. Para acompanhar tais mudanças, a lei, como ciência social, visando atender os anseios sociais, também sofre mudanças. Do ponto de vista jurídico, o que ontem era legal, hoje pode não ser mais! O que hoje é legal, amanhã pode deixar de ser legal, ou vice versa!
Nosso código penal data de 1940. Quanta coisa mudou na sociedade desde então! As leis penais também sofreram algumas mudanças. Muita coisa que antes era punida com restrição da liberdade, hoje é pune-se apenas com um puxão de orelha… Ou, tirando do bolso do infrator uma cesta básica!
A Lei 9.099/95 é um exemplo clássico. Todo crime cuja sanção social/penal é inferior a 2 anos de cana, que antes levava o cidadão infrator para o xilindró, hoje se resolve com restrição de direitos, ou com pena pecuniária ou de prestação de serviços em hospitais públicos ou entidades filantrópicas, etc.
Até a famigerada – e até charmosa – Lei 6368/76, que regulava o uso e tráfico de drogas, mudou. Pela lei substituta, a 11.343/2006, o usuário de drogas, que antes ia para o xadrez, hoje senta ao piano do delegado de plantão, assina um TCO e depois se compromete diante do Homem da Capa Preta a ir se tratar numa clínica de reabilitação. – O que na verdade nunca faz!
Na contramão da Lei 9.099, veio a Lei 11.340, a famosa Lei Maria da Penha! Essa, ao contrário, agrava todo crime praticado contra a mulher, em virtude da convivência familiar. E manda o infrator para o Hotel do Juquinha! Exemplo típico vemos no crime de lesões corporais (artigo 129 do CP) cuja pena é de três meses a um ano. Se a lesão for causada contra o homem, o agressor nem precisa abrir a boca diante do delegado, basta assinar um TCO e volta para casa. Se a lesão for contra a mulher – e ela representar contra ele, ou seja: usar seu direito – … É cana!
Na esteira da oscilação do comportamento social, e, das consequentes oscilações da lei penal, a mudança mais significativa foi a do artigo 217: “Sedução”. Que pretendia punir o cidadão que mantinha relações sexuais com a namoradinha, aproveitando-se de sua pouca idade, de sua ingenuidade!
Não existe mais a figura da sedução na lei penal.
Não existe mais o ‘crime’ de sedução!
Mas o ‘Dom Juan” não ficou sem chumbo…! O chumbo é muito mais grosso se ele mantiver relações com a mulher com de 14 anos.
Surgiu a figura do “Estupro de Vulneravel”! Pior… a relação de cunho sexual, nem precisa ser com a mulher. Se enquadra também no hediondo crime se a relação for com o homem menor de 14 anos!
Pior ainda… Nem precisa ser ‘conjunção carnal!
Uma simples passadinha de mão nas partes pudendas da vitima, com intuito sexual, com intuito de satisfazer a lascívia, é um ‘ato libidinoso’… E dá cana.
E cana grossa!
E quem diz isso não é o cidadão; não é o policial; não é o jornalista…
É o artigo 217-A do Código Penal, alterado pela Lei 12.015/2009!
“Estupro de vulnerável” – Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos:
Pena – reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos.
E como até o mais desatento leitor pode observar, a lei não fala nada sobre a conduta da vítima, ou seja: não importa de ela é virgem ou não! Não importa se foi ela quem sentou no colo do sujeito! Se ela tem menos de 14 anos, mesmo que queira a relação, mesmo que seduza o homem, ele se enquadra no “Estupro de Vulnerável”…!
Se será condenado ou não, aí são outros quinhentos… Ou outros posts!

Estupro de incapaz em Santa Rita

A jovem foi abusada dentro de sua casa durante a madrugada!

Passava pouco de uma da madrugada de sábado, 27 quando o jovem L. chegou em casa, acompanhado do amigo Vinicius.
– Eu convidei ele para dormir aqui em casa esta noite, porque na casa dele não tem luz – disse L. à sua mãe! E foram para os braços de Morfeu, no mesmo quarto.
Mais tarde, por volta de três da manhã, dona V. ouviu bulha na sala e levantou-se para ver o que era. Era Vinicius, o amigo do seu filho. Ele estava sentado na cama da filha A.C.S.! Inquirido pela dona da casa ele respondeu qualquer coisa e voltou para o quarto do amigo L. E a noite voltou ao silencio quase sepulcral! Daqueles silêncios que prenunciam crimes! E não é que estava mesmo acontecendo um crime!
De manhazinha Vinicius levantou-se, despediu do amigo e foi cuidar da vida. Mais tarde, a irmã de A.C.S. percebeu que ela estava acabrunhada, mais calada do que de costume. Ao questionar a irmã, veio a revelação chocante: a jovem havia sido estuprada na sala da casa durante a madrugada, pelo jovem Vinicius! Com muita dificuldade A.C.S. contou que o rapaz deitou-se nu ao seu lado, retirou parcialmente sua roupa e manteve relações sexuais com ela!
Mas como assim!? Estuprada na sala da pequenina casa e ninguém viu e nem ouviu nada?
È que a garota A.C.S., 21 anos é portadora de necessidades especiais… É surda e muda!
Confirmadas as informações de A.C.S., através de uma interprete de libra, ela foi submetida a exames médicos e constatou-se a violência sofrida.
Vinicius Cordeiro Paz, 21 anos, foi preso no seu local de trabalho. Ele jurou de pés juntos que é inocente.
– Quando eu estava voltando do banheiro de madrugada, eu passei mal, por isso sentei na beira da cama na sala… – contou o amigo da onça, desculpe, amigo do irmão da vítima. Mas não colou. Vinicius sentou ao piano, assinou o 217-A e agora arrumou uma casa grande para dormir de graça, por vários anos… O Hotel Recanto das Margaridas!

PM prende assaltantes do Arvore Grande…

… E a dupla confessa outros quatro roubos a supermercados na cidade nas últimas semanas!

Este aconteceu numa hora mais provável de encontrar a guaiaca cheia… No final do expediente comercial!
Passava pouco de oito da noite deste sábado, 27, quando aconteceu o terceiro roubo à mão armada do dia em Pouso Alegre. O sinistro aconteceu no Supermercado ‘Leve Mais’, no bairro Arvore Grande. Empunhando um trabuco 38, dois meliantes exigiram o dim-dim e ‘levaram’ mesmo… Cerca de R$400! E deixaram o local numa moto vermelha!
A polícia militar foi chamada e imediatamente iniciou a perseguição em direção à Baixada do Mandu. Sentindo o fungado dos homens da lei nos seus cangotes, os assaltantes mandaram bala na direção dos policiais, abandonaram a motocicleta Honda CG vermelha, com placa adulterada, no “lixão do Altidouro”, e continuaram a fuga à pé! Mais tarde, um dos assaltantes foi visto tentando dobrar sorrateiro a serra do cajuru pela Avenida Vereador Antônio da Costa Rios, e recebeu as pulseiras de prata.
L.F.S. já havia retirado parte da indumentária. Usava agora apenas tênis e bermuda, mas não conseguiu ludibriar os captores. E confessou o roubo cometido minutos antes no Arvore Grande. E disse mais… Contou que o seu parceiro que pilotava a moto vermelha era o meliante Naydson Wesley Vicente Campos, conhecido pela alcunha de “Oreia”, morador da João Sabino!
– O cano – revolver Taurus calibre 38 com três balas – eu joguei no mato, perto de onde deixamos a moto! – Contou o meliante de 17 anos e meio!
Naydson Wesley Vicente Campos, vulgo “Oreia”, 18, figurinha fácil no álbum da policia, não esperava a visita tão rápida dos homens da lei, e foi preso em casa minutos depois. Durante as buscas em sua residência mais um crime… Os policiais encontraram dois tabletes de maconha!
As câmeras de segurança de vários estabelecimentos comerciais sendo roubados nas últimas semanas na cidade, mostram as figuras impolutas da dupla “Oreia” & L. F.S. na cena do crime. Por isso eles não conseguiram tapar o sol com a peneira! Pilhados com a boca na botija, aproveitaram que era ‘dia de confissão’, e confessaram mais três roubos nas últimas semanas! Segundo o relatório da PM, é da autoria da dupla “Oreia & L.F.S.” os roubos:
– Dia 27 de julho, no Supermercado Alvorada da ‘curva do Japonês’;
-Dia 13 de agosto, no Center Box do Arvore Grande; e o mais fresquinho:
– “Fomos nós que fizemos a fita no Alvorada ontem cedo”! – roubo às sete e meia da manhã de sábado, 27, no Alvorada da Vicente Simões, onde a dupla levou uma caixa de madeira contendo R$3 mil que seriam distribuídos como troco aos caixas, confessou o assaltante!
Segundo os registros da policia militar, a placa da moto Honda usada pela dupla para roubar o Supermercado Leve Mais, pertence a uma moto Suzuki Yes, roubada na cidade de Bom Repouso no dia 24 de agosto. A moto Honda Falcon usada nos demais roubos, segundo L. F., foi vendida por R$3 mil para um sujeito conhecido pela alcunha de “Rato” na cidade de Lambari.
Naydson “Oreia” e L.F..S. sentaram ao piano do delegado de plantão, assinaram o 157 e deverão ficar fora de cenas de crime por alguns meses.
L.C.S. ainda não completou 18 anos, por isso tem seus direitos garantidos pela ECA de não ser colocado junto com os perigosos meliantes do Hotel do Juquinha, que poderiam ‘corrompe-lo’! No entanto, como seus ‘atos infracionais’ foram cometidos mediante violência, com emprego de arma de fogo, “‘‘pode ser”” que o zeloso RMP e o Homem da Capa Preta decretem sua custodia preventiva, e que ele seja mantido em algum ‘centro de reeducação’ do Estado por alguns meses!

Leia daqui a pouco: Jovem é estuprada dentro de casa em Santa Rita!

Ladrões vacilões assaltam pasteleiro

E se esquecem de pegar as chaves do carro!

O comerciante Lazinho, do trailer de pastel saboroso & quentinho, foi assaltado na manhazinha deste sábado, mas não perdeu nada… Graças ao vacilo dos assaltantes!
Lazinho mal havia estacionado seu trailer na Praça Garcia Coutinho, atrás da Catedral, às cinco e meia da manhã, como faz todos os dias, quando viu um trezoitão apontado para o seu nariz! O assaltante negro, acompanhado de outros dois também negros, deu duas ordens:
– Me dê as chaves do trailer… E suma daqui!
Sem questionar Lazinho apontou para o molho de chaves que estava na traseira do carro e se afastou de mansinho. De longe pode ver que um dos assaltantes tentava, tentava e tentava ligar o carro, mas não conseguia… E acabaram desistindo do roubo!
Se os assaltantes não fossem tão mandões e não tivessem expulsado Lazinho dali, eles teriam conseguido levar o trailer… É que as chaves do carro estavam no seu bolso!

“Japones” leva “Cebola” para o Hotel do Juquinha!

O fato aconteceu depois de um 157 básico no Posto São Cristóvão no final da madrugada!

Vida dura a de assaltante pé-de-couve! Com tantos roubos acontecendo na cidade, os assaltantes estão tendo que levantar cada mais cedo, se quiserem pegar as melhores minhocas!
Na sexta-feira o meliante Darlei “Bombom” que estava se convalescendo de um golpe de faca nas costas, na enfermaria do hospital regional Samuel Libanio, teve que se levantar da cama quentinha às três e meia da manha para roubar a lanchonete do Hospital!
Ainda na sexta, para pegar as melhores minhocas no Supermercado Alvorada, uma dupla chegou antes das oito da manhã com a enxada, desculpe, com o trabuco na mão… E levou uma caixinha de madeira com cerca de R$3 mil!
No sábado, o Cebola e o Japonês, tiveram que levantar ainda mais cedo para descolar uns trocados…! Às quatro e meia da manhã a dupla chegou ao posto São Cristovão para fazer a ‘limpa’! Como o dim-dim da noite estava com o frentista dentro da guarita, cercada por paredes de vidro, um deles começou jogar objetos na vidraça, Cebola começou atirar objetos na vidraça, tentando arrombar a guarita. Enquanto isso, Japonês ameaçava o frentista com uma faca! Houve luta através da janelinha e o frentista ficou ferido! E os assaltantes levaram cerca de R$300!
Mas se deram mal!
Chamados para registrar o BO, os homens da lei saíram na sombra fria da dupla no final de madrugada, e antes de clarear o dia mostraram a eles as pulseiras de prata.
Rubens Renato da Silva Noda, o “Japones”, 29, e Jose Rafael dos Santos Silva , o “Cebola”, 21 foram presos perto da farmácia do Adriano e desceram no Taxi do Contribuinte pra DP onde sentaram ao piano, assinaram o 157 e foram temperar, desculpe, se hospedar no Hotel do Juquinha!

Roubo matinal no Alvorada… De novo!

O roubo aconteceu ao pé da manhã desta sexta, 26.

O supermercado Alvorada da Vicente Simões nem havia levantando as portas para receber a clientela nesta sexta-feira, quando os primeiros clientes chegaram. Chegaram pelo estacionamento, montados numa Honda Falcon, sacaram o trabuco e fizeram a proposta indecorosa de sempre….
– Perdeu Mané, isso é um assalto! Passa o dim-dim e ninguém se machuca!
Apesar da hora infausta, antes mesmo de os primeiros clientes chegarem para fazer seus ‘depósitos’, os assaltantes sabiam o que queriam! Coisa de quem tem tempo de sobra para ficar observando o que os outros fazem! Eles queriam o dim-dim que seria distribuído ao caixas, para servir de troco…! E o troco de 10 caixas somavam cerca de R$3 mil! Para abrir a caixa com mais de três mil reais, a dupla levou uma machadinha! Mas não funcionou! Por isso levaram a caixa fechada mesmo!
Por onde entraram, saíram sem se despedir, e dobraram a serra do cajuru em direção à Baixada do Mandu, onde mesmo de dia, todos os gatos são pardos!

Furto no interior do Hospital Regional

O suspeito do delito é um paciente que foi internado na terça feira, vítima de tentativa de homicídio!

Darlei "Bombom"

Darlei “Bombom”

Não, meu estimado leitor… Não precisa reler o comentário inicial! É isso mesmo que você leu… O sujeito que aparece nas imagens das câmeras de segurança arrombando a lanchonete nas dependências do hospital, é um paciente que estava internado no próprio hospital desde terça-feira se recuperando de uma tentativa de homicídio!
No final da noite de terça,23, Darlei Figueiredo dos Santos, o “Bombom”, 26, quase foi mandado para o ‘andar de baixo’! Depois de receber socos e pontapés de um bando de desafetos, ele recebeu também um golpe de faca nas costas. Não recebeu mais porque passou sebo nas canelas e correu até cair desmaiado há vários quarteirões do local da agressão.
Mas, pelo andar da carruagem ,ou pelo andar do mão leve pelas dependências do hospital, “Bombom” não corre risco de derreter, desculpe, de morrer! O gatuno foi reconhecido, inclusive pela própria mãe, como Darlei Figueiredo dos Santos, o “Bombom”, que fora internado no hospital no final da noite de terça!
O arrombamento na lanchonete, que fica entre o prédio da faculdade de medicina e o hospital, aconteceu às 03:40 da manhã desta sexta, 26. As imagens mostram um sujeito assim & assado entrando e saindo da lanchonete, de onde furtou uma máquina de PagSeguro, e R$260.
Depois do furto no interior do hospital, “Bombom” não voltou para continuar a convalescência na enfermaria!