Solidariedade…

O Jonas Beraldo precisa de você! Ele é nosso vizinho, de Silvianópolis!

Diagnosticado com câncer, aluno da Unipampa de Caçapava Jonas Beraldo precisa de recursos financeiros para seguir o tratamento

Jonas Beraldo, mais conhecido como Neto, tem 32 anos e é natural da cidade de Silvinópolis, em Minas Gerais. Estava no penúltimo ano de Engenharia Ambiental na Unipampa de Caçapava do Sul, quando descobriu um câncer no final do ano passado.

Voltou para sua cidade natal e iniciou o tratamento na cidade vizinha de Pouso Alegre, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Realizou ao longo deste ano sessões de quimioterapia e mais recentemente uma cirurgia que retirou parte do intestino.

Após, o estudante iniciou o tratamento para as lesões no fígado, porém agora precisa de um cuidado específico onde será realizada pulsão e a colocação de um dreno no fígado. O tratamento mais barato e próximo de ser realizado é no Hospital Adventista de São Paulo.

No entanto, a família não possui condições de arcar com este custo e o tempo é curto para ele realizar este procedimento. Por isso, familiares e amigos de Jonas criaram uma campanha na internet de financiamento coletivo.

O objetivo da campanha é arrecadar dinheiro para que o estudante possa seguir o tratamento. A meta da campanha é arrecadar R$ 30 mil.

Criada na quarta-feira, dia 8 de novembro, a campanha já teve adesão de 101 pessoas e arrecadou R$ 8.937,00. Quem puder ajudar com alguma quantia em dinheiro pode acessar o site da campanha clicando aqui.

Amigos e familiares salientam que todo tipo de ajuda é bem vindo, bem como através de orações e corrente positiva: “Queremos que o Neto vença esta batalha para que realize muitos sonhos”.

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/juntos-pelo-neto

Por Eduardo Schneider

Anúncios

Assalto no bairro Belo Horizonte

Os assaltantes usaram um carro furtado no dia anterior para cometer o novo crime… mais pesado!


O sinistro aconteceu às sete e vinte da noite fresca desta quarta-feira, 08, na Rua Benedito Navarro, no bairro Belo Horizonte, a leste de Pouso Alegre. Enquanto um comparsa esperava a poucos metros do local, no interior de um Uno vermelho, pronto para dobrar a serra do cajuru, outros dois encapuzados entraram de arma em punho no supermercado Serra Sul e subjugaram o proprietário e sua funcionaria e limparam o caixa. Levaram cerca de mil reais em cédulas diversas.
Testemunhas e câmeras de segurança nas imediações, mostram que o veiculo Fiat Uno vermelho, que esperava pela dupla de assaltantes, tinha a placa “0659”. Segundo a policia, o carro é o mesmo que fora furtado no final da tarde de terça, defronte o Asilo Bethânia da Providencia – “Você viu este carro”?
O trio de assaltantes conseguiu dobrar a serra do cajuru, mas a batata está assando… E quando assar, responderão por pelo menos dois crimes: um 155, pelo furto do Uno vinho, e um 157, pelo roubo do supermercado!

Alguém viu a Maria Thais?

Ela e o filhinho Gabriel estão desaparecidos desde segunda-feira, 06.

Segundo amigos que pediram para compartilhar no meu face, Maria Thais dos Santos, moradora da cidade de Cristina, saiu de casa na manhã de segunda-feira,06, sem avisar os familiares e sem destino. Maria Thais, 23 anos, levava nos braços o filhinho Gabriel Francisco, de 1 ano e dois meses.
Como mostram câmeras de segurança do comercio local, Thais usava calça jeans, blusa de frio vinho e mochila cinza e rosa claro. O bebezinho estava com roupinha azul.
De acordo com familiares que pedem a divulgação, Maria Thais passava por problemas depressivos. Quem por ventura tiver notícias dela e do filhinho Gabriel, pode fazer contato com a família via Whatsapp (35)9.9211-5412, ou com o blog.
Segundo Michele, cunhada de Maria Thais, até o momento desta publicação – nove e meia da manha da manha de quinta-feira, 09 – os familiares não tinham nenhuma informação concreta sobre o paradeiro da jovem mãe e seu filhinho!
A cidade de Cristina, terra de Silvestre Ferraz, fica localizada ao pé da Serra da Mantiqueira, entre Maria da Fé, Pedralva e Carmo de Minas.

Os “Punguistas” e o “Show das Patroas”

Eles furtaram dezenas de carteiras e celulares durante o show no Serra Sul Shopping… Tem gente registrando BO até esta quarta-feira!

Voce conhece um Punguista?
Não?
Mas ele conhece você! Conhece seu celular, sua carteira…
Punguista é aquele cara que, no meio da festa, de uma aglomeração de pessoas, – acontece muito durante shows musicais – dá uma esbarradinha em você, e quando você vira de cara feia pensando que é algum ‘assanhadinho’ aproveitando da situação para tirar uma ‘casquinha’, ele pede desculpas e sai de fininho… levando seu celular ou sua carteira!
Voce foi ao Show das Patroas?
E não foi furtada?
Que sorte a sua, pois muitas pessoas tiveram seus celulares e carteiras furtadas no show domingo à noite no Serra Sul Shopping! Foram dezenas de furtos. Hoje, quarta-feira, tres dias depois do show das patroas – e do show dos ‘punguistas’ – ainda tem gente procurando a policia para registrar BO!
Agora que você já sabe o que é e como age um punguista, quando for a um show musical, abra o olho… Não dê sopa para o malandro em prato fundo!
A dona Rita Cristina, moradora do centro de Pouso Alegre, foi a primeira vítima de um provável punguista no Show das Patroas no domingo à noite, a procurar a policia. Seu BO foi registrado no segundo minuto da madrugada. E foi a única a recuperar seu ‘menina dos olhos’! Seu celular tem rastreador. Com a ajuda da filha, dona Rita conseguiu localizar seu Iphone4 perambulando pelas ruas de Pouso Alegre. Aí foi só chamar a policia e seguir a luzinha verde que piscava sem parar… no bolso do cidadão Aleksandro Anderson Silva. Ele foi abordado perto de um ponto de Ônibus na Rua Com. Jose Garcia!
Ao ser pego com a boca na botija, ou melhor, com o celular da dona Rita na algibeira, Aleksandro Anderson Silva, 32, deu uma explicação bem original:
– “Eu estava no show das patroas com minha namorada, no camarote, aí eu desci na praça de alimentação para fazer um lanche… de repente senti um objeto debaixo do meu pé! Quando abaixei para ver o que era, vi que era um celular. Aí eu coloquei no bolso, ligado, esperando ele tocar para devolver para a dona, mas quando tocou o som da festa estava muito alto e eu não consegui ouvir, por isso fui pra casa com ele esperando que pessoa tornasse a ligar” – contou o bom moço!
Levado para a delegacia Aleksandro sentou ao piano e repetiu a ladainha. Na ausência de provas da subtração do aparelho, o douto paladino da lei não ratificou o flagrante e mandou soltar Aleksandro.
Ao menos dona Rita pegou de volta seu celular. Dezenas de outras pessoas que foram curti o “Show das Patroas” estão falando sozinhas!

Você viu esse carro?

Ele foi furtado no final da tarde desta terça-feira, defronte o Asilo Bethânia da Providencia em Pouso Alegre.

Por ironia do destino, o velhinho foi furtado justamente perto do asilo dos velhinhos! Foi ali, na Rua Olegario Maciel, no centro de Pouso Alegre, que a senhora Neusa Batista Freitas, moradora do bairro Vista Alegre, estacionou seu Fiat Uno Mille 2 portas, vinho, placas GRR-0659, no meio da tarde de ontem. Quando ela voltou ao local, por volta de cinco da tarde, seu Uno vinho 1996 havia ido embora nos braços de outro!
Ajude o ‘uninho’ da dona Neusa a voltar pra casa!

Policia Civil prende assassino de policial

“Gardenal” era procurado desde 2013 quando matou um policial à paisana durante um assalto em São Paulo.

Tiago Lopes Magalhães no momento da prisão. Ele vivia com outro nome em Cambui

A prisão do latrocida aconteceu no final da tarde desta segunda-feira, 06, na cidade de Cambui-MG, a 54 quilômetros de Pouso Alegre e 140 de São Paulo. Os homens da lei chegaram até o assassino após extensas investigações feitas pela policia militar paulista. O assassino Tiago Lopes Magalhaes, 29, vulgo “Gardenal”, estava mocosado na cidade sul mineira com nome falso.
O crime de Gardenal e seu bando aconteceu no dia 12 de julho de 2013 no bairro da Barra Funda, na capital paulista. Durante assalto a um estabelecimento Comercial os assaltantes passaram a revistar todos os presentes. Ao ver que seria identificado, pois portava na carteira sua identidade funcional, o policial militar à paisana reagiu, e foi morto.
A investigação que culminou com a prisão de Gardenal em terras mineiras ontem à tarde, foi encetada pela “Divisão PM Vitima” da policia militar de São Paulo. Tiago Lopes Magalhães, o Gardenal, foi levado para o presidio da Barra Funda, onde está com a prisão preventiva decretada. Quatro policiais militares de São Paulo participaram da prisão do matador de policial.

Semana começa com roubos em Cambui

Pouso Alegre está há seis dias sem nenhum roubo… Mas na vizinha Cambui!!!

A pequena Cambui de 27 mil habitantes , às margens da Fernão Dias, por mais que lute e labute, não consegue ficar longe das páginas policiais! No final do dia desta segunda-feira, 06, aconteceu mais dois arroubos à mão armada na cidade. Se servir de alento, os assaltantes quase sempre são ‘de fora’!
O primeiro roubo da tarde aconteceu a um deposito de gás de cozinha no Jardim América. No momento em que o comerciante fazia o acerto com um cliente no escritório, tres guampudos encapuzados entraram, um deles portando uma pistola, tocando o terror. O da pistola se atrapalhou e acabou puxando o gatilho. A azeitona quente ricocheteou na parede e atingiu a perna da comerciante. Os bandidos dobraram a ‘Serra da Canguava’ levando celulares e três cheques de clientes.
O carro usado pelos ladrões, um GM Cruze, placas OPC-0580, é clone de outro registrado na cidade de São Jose da Varginha!


O segundo roubo aconteceu às nove e meia da manhã desta terça, 07. Tres guampudos, sendo dois atrás de trabucos entraram na loja “The Point” e fizeram a proposta de halloween:
– Gostosuras ou… Travessuras?
Sem esperar resposta o trio fez a limpeza dos caixa e dobrou a serra da Canguava em um Fiat Uno cinza com placas de São Paulo.
A policia militar foi chamada e saiu na sombra dos assaltantes paulistas. Enquanto seguiam pela Fernão Dias, os policiais de Cambui avisaram os co-irmãos de Camanducaia. No cesso norte da quase tricentenária cidade mantida pelo famoso distrito de Monte Verde, os policiais avistaram o Fiat Uno cinza e apontaram o trabuco. Enquanto o passageiro do Uno e deitava no chão avisando que tinha um trezoitão na cinta, o motorista do veiculo manteve uma mão para o alto e outra na cintura, segurando o 22 , até que o policiais encostaram o bacamarte na sua orelha.
João Carlos de Castro Souza, 25, o que relutou em se entregar e entregar o revolver calibre 22, e J.P.S., 17, o que tremeu e entregou logo o revolver calibre 38, saíram de São Paulo de manhazinha para cometer os assaltos em Cambui. Segundo o “dimenor”, na companhia de outro parceiro, que fugira num Fiat Palio, já havia assaltados outras duas lojas na cidade anteriormente.
João Carlos Castro de Souza assinou o 157 e deverá se hospedar no Velho Hotel de Extrema. O ‘dimenor’ J.P.S…. bem, o ‘menino’ só tem 17 anos! Não pode responder pelos seus crimes…!

Leia logo mais:Policia Civil prende assassino de policial

Identificado o homem da foto

Ele é Wesley Cesar de Oliveira, vulgo “Hello Kit”, 23 anos, morador da cidade de Campanha-MG.

Wesley Cesar de Oliveira


Uma hora depois de publicada a matéria aqui no blog, o rosto da foto foi reconhecido pelos leitores do grupo “Alô Alô Cidade”, do blogueiro Eriton, da cidade de Campanha.
Wesley Cesar de Oliveira, vulgo “Hello Kit”, 23, é figurinha fácil no álbum da policia. As dezenas de tatuagens que cobrem quase todo seu corpo, foram feitas nos presídios por onde passou por furtos e roubos. Sua ultima estadia atrás das grades foi na Penitenciaria de Três Corações, de onde saiu no dia 15 de junho do corrente.
Segundo informações levantadas pelo blogueiro Eriton, Wesley foi jogar futebol na cidade de Natercia e, na volta se desgarrou do time para beber em um bar e acabou ficando para trás. Quando tentava pegar carona na estrada, acabou sendo atropelado.
Os familiares também reconheceram a foto e deverão busca-lo no IML de Pouso Alegre na manha desta terça-feira.

Você conhece este homem?

FOTO RETIRADA EM RESPEITO À FAMILIA, UMA VEZ QUE O OBJETIVO JÁ FOI ATINGIDO. MUITO OBRIGADO!

Ele foi atropelado no final da madrugada desta segunda-feira na rodovia Fernão Dias. O corpo sem vida e sem documentos foi encontrado à margem da via, entre São Sebastião da Bela Vista e Careaçú, a cerca de 30 quilômetros de Pouso Alegre. O jovem usava apenas uma bermuda jeans.
Segundo o IML, além das tatuagens próprias de presidiários ou simpatizantes de facções criminosas tais como: “carpas”, “escorpiões” e “palhaços”, o corpo tem também tatuagens com nomes de pessoas, provavelmente familiares ou, do seu convívio tais como:
– Duas ‘lagrimas’ abaixo do olho esquerdo;
– Um cifrão ($) perto do olho esquerdo;
– Wilian, no antebraço direito;
– Yasmim, no antebraço direito;
– Ana Julia, no pé;
– Thais, no tornozelo;
– Patricia, na nuca;
– “Vida loka” nas costas;
– Jesus com um terço, na face posterior da mão esquerda;
– ZONE nos dedos da mão esquerda e, ainda
– Piercing na sobrancelha direita.
O corpo, até o momento não identificado, está no IML de Pouso Alegre. Se você o conhece, entre em contato com a polícia civil de Pouso Alegre.

André do Prado caiu nas malhas da lei…

Ele estava limpo, “diboinha”, na porta da sua casa, mas foi preso por causa do que andou fazendo no ‘verão passado’! Aliás… nos ‘verões passados’!

A prisão do velho traficante aconteceu no meio da tarde abafada deste primeiro domingo de novembro. Manso de gaiola, sem nenhum ‘flagrante’ por perto, André estava placidamente sentado na calçada defronte sua casa na famosa Oscar Dantas, na Baixada do Mandú, quando os homens da lei encostaram a barca, saltaram, deram a geral e disseram a frase que gelar a espinha:
– “Teje preso”!
– Como assim, seu puliça!? Estou limpo! To ‘diboinha’!
Estava mesmo. Na algibeira do traficante – e pintor de paredes nas horas vagas – não havia nem mesmo uma sementinha de cannabis sativa de Linneu ou migalha de farinha. Aliás, André Ferreira do Prado, o “Véio”, 32 anos, há muito passou desta fase formiguinha, de ficar sentado na esquina com duas barangas de drogas à espera do cliente… Ele tem quem faça essa parte por ele… “Véio”, segundo a policia, é ‘patrão’! Ele foi preso com base em outra modalidade legal de prisão prevista no código de processo penal: “por ordem escrita e fundamentada da autoridade”! O ‘mandamus’ do homem da capa preta só não especificava se a prisão era preventiva ou por condenação.
No dia 26 de fevereiro de 2015 a policia militar abordou um cidadão aparentemente acima de qualquer suspeita pedalando na rua Oscar Dantas. Benedito Pedro da Silva, o “Tim”, na época com 49 anos, funcionário de um supermercado na cidade, levava na garupa duas crianças. No guidom ele levava uma sacolinha… E na sacolinha levava um quilo de pedra bege fedorenta! Ao ser interpelado pelos policiais sobre a droga, “Tim” se apressou em dizer:
“– Eu não vendo droga não, sargento… Eu só guardo para o “Véio” na minha casa. Ele me paga R$ 1 mil por quinzena pra mim guardar a droga na minha casa e levar um pouco de cada vez na casa dele de tardezinha… – Choramingou Benedito Pedro “Tim” da Silva, como se estivesse usando a sua casa para guardar batatas, pés-de-moleque ou ovos…!”

Essa droga, aprendida no dia 26 de fevereiro de 2015, segundo “Tim”, era do “Véio”…


No dia 01 de outubro daquele mesmo ano, os homens da lei entraram na casa da faxineira Regina Celis Inacia e encontraram uma pequena refinaria de drogas. Regina deu uma explicação bem parecida aos policiais. Segundo ela a prensa, o cilindro e demais petrechos para dolagem de drogas pertenciam ao cidadão André Ferreira do Prado, o “Véio”.
– Quando ele precisa usar esse material ele vem aqui, pega a chave e me manda sair e voltar só de noite. Ele paga o aluguel da casa pra mim e ainda me paga R$500 por semana para guardar o material aqui.
Além destes, André “Véio” Ferreira do Prado, 32, tem outros BOs de ameaças e disparo de arma de fogo.
Por estas e por outras, “Véio” foi se hospedar no Hotel do Juquinha…!