Abril se encerra com roubos de velhinhos

Abril se foi… E não deixará saudades! Não no que tange a criminalidade, pelos menos! Afinal, apesar das lições que ficam, ninguém quer lembrar coisas ruins!

Em Pouso Alegre e micro região, abril de 2017 deixou um rastro de – felizmente – pequenos crimes contra o patrimônio. A menina dos olhos dos ‘mãos leves’ – e alguns mãos pesadas, que tiveram que segurar um trabuco, – foi o cobiçado celular. Muitos, dezenas deles mudaram de mãos neste primeiro quarto de ano.
Furtos mixas não foram muitos nestes primeiros quatro meses do ano, mas aconteceram!
O crime contra o patrimônio mais praticado pelos meliantes nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril, foi o furto a residência. Pior, furtos praticados na periferia da cidade, onde as vítimas são mais carentes! Nestes primeiros meses do ano, muita gente simples da periferia acordou de madrugada com um gatuno sorrateiro dentro de casa. Outros tiveram o desprazer de voltar do trabalho ou da viagem e encontrar portas e janelas arrombadas.
Além dos furtos de celulares e residências, cuja res furtiva mal dá para adquirir uma bicicleta, teve também o furto de velhinhos… de carros velhinhos! Carros com mais de vinte anos de uso foram o prato predileto dos ladrões. Principalmente gols e unos.
E pra fechar o mês de abril, mais dois ‘gols contra’.
O primeiro foi percebido no inicio da madrugada de domingo, 30, na praça central de Congonhal. Wellington Pereira da Silva, morador do Cervo, estava ‘festando’ na cidade quando o furto aconteceu. Mas Wellington estava com sorte. Seu gol branco, ano 1993, placas de Borda da Mata foi encontrado por volta de dez da manhã de domingo. O carro estava num desvio deserto da Via Oeste, no Bairro Recanto das Andorinhas, em Pouso Alegre… Sem a bateria e sem as quatro rodas!
O segundo ‘gol contra’ da madrugada aconteceu no bairro Fatima III em Pouso Alegre. Diego Duarte estacionou o possante branco, ano 1993 e foi ao Saideira… tomar a saideira! O ladrão foi rápido. Dez minutos depois, quando Diego foi pegar o carro, só o pó… O possante havia ido embora nos braços de outro! Até o momento o carro não foi encontrado. Nem mesmo depenado!

E teve mais carro mudando de mãos no fim de abril… e de maneira mais tensa!
O casal Igor e Sabrina passava próximo à igreja de Santo Antonio, no Alto das Cruzes, no inicio da madrugada de domingo conduzindo o Honda Civic dourado, quando de repente dois guampudos pularam – literalmente – na frente do carro. Quando parou para evitar o choque, Igor viu o cano negro de um trezoitão bem pertinho dos seus olhos. E a dupla de lombrosianos não queria apenas a carteira e os celulares! Queriam o carro, mesmo. E para mostrar que falava sério, o assaltante deu um tiro no chão. Para evitar incomodar a vizinhança com mais tiros o casal desceu do carro e ficou à pé, no meio da madrugada.
O Honda Civic dourado, ano 2008, foi encontrado ao pé da manhã de domingo. Ele estava abandonado numa quebrada do bairro Jardim Brasil II… Dentro de um buraco!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s