Meliante apressado assalta bar famoso no bairro Primavera…

… E leva mais de 100 cheques sem fundos!

O 157 nervoso aconteceu no Bar do Luizão, no bairro Primavera, ao pé da noite desta quarta-feira, 21. O sujeito negro, alto, de cerca de trinta anos, usando capacete rubro-negro, entrou repentinamente no bar, apontou um trabuco de pequeno porte e fez a proposta indecorosa de sempre…
– Perdeu Mané… entrega a bufunfa e fica quieto que dói menos…
Sem esperar qualquer reação o assaltante serviu-se do caixa e rapidamente dobrou a serra do cajuru.
Quando Luizão e seu sócio saíram à rua, não viram mais nem o rastro do assaltante!
O assaltante apressadinho do Bar do Luisão levou dois celulares, cerca de duzentos e… cerca de 100 folhas de cheques de clientes, devolvidos por falta fundos!!!
Será que o assaltante não é um dos caloteiros que passou cheques sem fundos no Bar do Luizão!?

Agente penitenciário é preso por trafico de drogas

Ele aproveitou seu turno de serviço para levar três quilos de maconha para os seus ‘vigiados’!
img_13481
O fato aconteceu nesta terça-feira, 20, na pequena Guaranésia, cidadezinha de 20 mil habitantes a 110 km de Poços de Caldas. O agente ‘caiu’ porque há tempos a arapuca já estava armada pra ele!
O turno de 12 horas de trabalho de Rodrigo Donizetti de Moraes nesta terça-feira, 20, durou menos de onze! Quando chegou para o trabalho no Hotel do Contribuinte de Guaranesia/Guaxupé às 07h da manhã, o agente penitenciário de 31 anos trazia consigo um cobertor bem dobradinho dentro de uma sacola de plástico. Enrolado no cobertor, para evitar pegar frio, havia uma encomenda especial… Cinco tijolinhos de maconha, cinco aparelhos celular, chips e carregadores! A encomenda quentinha, que poria o agente numa tremenda fria, seria entregue no apartamento 10 na ‘Ala B’.
Rodrigo passou o dia todo na portaria do presidio esperando pacientemente o momento oportuno de fazer a entrega em mãos. Às cinco e meia da tarde ele entrou na galeria carregando a sacola do ‘infortúnio’… Quando se aproximou da cela 10, a ‘arapuca desarmou’! Dois colegas de farda tomaram sua sacola com a droga e celulares… E mostraram-lhe as pulseiras de prata!
O apartamento 10 da Ala B do Hotel do contribuinte de Guaranésia, hospeda os ‘recuperandos’ Albano Gonçalves Rodrigues Junior e Eder Eduardo Bernardo, o “Torrão”. Ao ver a casa caindo diante dos seus olhos, ambos ficaram sem palavras!
img_13531
Eder Eduardo Bernardo, o “Torrão”, 31 anos, é figurinha fácil – e ‘sarcastica’ – no álbum da policia. Em 2012 ele foi preso com quase um quilo de farinha do capeta em casa. Em 2014, quando estava em liberdade condicional, recebeu nova visita dos policiais. Desta vez não acharam drogas dentro de casa… Mas acharam fora! Uma bela pedra de quase duzentos gramas de crack estava dentro de um saco plástico pendurado numa arvore defronte a casa de Torrão! Num terreno baldio, também defronte sua casa, os policiais desenterraram uma lata com R$ 5 mil em cédulas diversas. Torrão disse que o dim-dim era dele, mas tinha procedência lícita…
– O dinheiro é meu, sim. Recebi de um negócio que fiz com minha irmã. Guardei no terreno baldio por medo de ser assaltado! – contou ele ao delegado… sem ficar vermelho!
Desta vez, ao ver o agente Rodrigo Donizetti fazendo papel de “mula” na sua frente, Torrão preferiu o silencio!
Rodrigo Donizetti de Moraes, o mula que trabalhava no Hotel do Contribuinte de Guaranésia, depois de sentar ao piano e assinar o 33, continuará no presidio. Porém, seu turno de trabalho será looooooonnnnnnngooo… Poderá durar até cinco anos!

PM persegue e prende intrujão na Fernão Dias

Ele havia comprado uma moto Honda ano 2012 por R$700… Por isso tinha tanta pressa em deixar a cidade!

Ao chegar em casa no Arvore Grande, no final da tarde de sexta, 16, o cidadão W.B. estacionou sua Honda CG Fan cinza defronte sua residência e foi cuidar da vida. À meia noite, ao sair à porta para atender a namorada, percebeu que sua motoca havia ido embora… nos braços de outro! W.B. registrou o furto no dia seguinte e ficou esperando a policia achar sua Fan cinza. E teve sorte.

Raspava sete da noite desta segunda,19, quando a polícia militar recebeu uma informação de um amigo oculto da lei, dando conta de que um sujeito estava circulando pelo Jardim Jatobá com uma caminhonete Saveiro preta, levando na caçamba uma moto Honda cinza!
Ao perceber a aproximação da barca dos homens da lei o motorista da caminhonete pisou fundo e tentou dobrar a serra do cajuru. Com os policiais fungando no seu cangote, o piloto entrou pela prefeito Olavo Gomes, chegou ao trevo do Costinha, atalhou pelo canteiro e pegou a Fernão Dias sentido BH. Não foi longe. Com o pneu estourado na manobra desastrada do canteiro debaixo do viaduto, ele teve que parar sua caminhonete!
Fernando Ribeiro Godoy, 24, morador do Sitio Fazendinha, município de Lambari, não explicou aos policiais porque tinha tanta pressa! Mas a moto Honda Fan cinza que ele levava na caçamba do Saveiro explicou… Era a moto furtada na sexta feira na porta da casa do W.B. no Arvore Grande!
Apesar de pego com a res furtiva berrando na mão, o bagre ensaboado, quero, dizer o moço de Lambari, não deu o braço a torcer.
– A moto é minha… Eu comprei de um sujeito conhecido pela alcunha de “Baixote”, no Aterrado, por R$700.
Como receptação de produto de furto também é crime, o intrujão de Lambari recebeu as pulseiras de pratada lei e foi sentar-se ao piano do delegado Pelarico Junior na DP. E a Honda Fan voltou para os braços do seu dono…

Arrombou a casa para roubar… e acabou dormindo na cama da vitima!

Quando a policia chegou, a meliante estava angelicalmente nos braços de Morfeu!

Nas ultimas vinte e quatro horas a policia militar registrou pouco mais de 100 BOs em Pouso Alegre. Nenhum deles que mereça destaque na imprensa. Dentre os boletins de ocorrências, há dois sobre roubo de ‘menina dos olhos’! Num deles um macambúzio sujeito olhou feio para uma senhora que passava pela Mons. Jose Paulino e tomou o celular da sua mão.
No outro, o meliante saltou da garapa de uma moto e tentou tomar o celular de um jovem perto do campo da Escola Profissional. O rapaz resistiu e tentou correr, até que o piloto da moto também saltou e exibiu um trezoitão!
No Posto Tiger, na Vinicius Meyer, uma dupla de guampudos levou cerca de R$800 do caixa ao pé da noite de ontem.
Dentre os furtos insignificantes, um deles ocorreu no interior do supermercado Center Box no Arvore Grande. Um garotão de 17 anos colocou três litros de rum Bacardi, um energético e três velas coloridas numa mochila e saiu de fininho. Antes que ele fizesse o ‘despacho na esquina’, foi alcançado e detido pelos seguranças. Na fuga, dois dos litros de bebidas se quebraram!
O outro furto aconteceu também no hipermercado… Baronesa! Lá um cidadão de 41 anos pegou uma bandeja se queijo mussarela, desfilou pelos corredores e foi comendo tranquilamente a guloseima como se estivesse em sua casa. No final, dispensou a bandeja de isopor vazia no setor de frios. Ao passar pelo caixa colocou uma cartela se laminas de barbear na algibeira e saiu sem pagar! Acabou recebendo convite para o café – sem queijo – na gerencia! E de lá seguiu para a DP onde sentou ao piano e assinou o 155!
Todo o produto do furto não custa 20 reais. Mas o ‘distraído’ tec. de segurança do trabalho, morador do Cidade Jardim, teve que pagar um salário de fiança para poder voltar para casa!
O furto mais interessante talvez tenha sido este cometido por uma dupla no velho Aterrado no final da tarde desta segunda,19.
Ao chegar do trabalho o cidadão R.M.S. encontrou sua casa arrombada e chamou a policia, pois percebeu que o ladrão ainda estava no interior da casa. Chegando ao local os policiais constataram que não se tratava de ladrão, mas de ladra! A meliante que havia arrombado a casa de R.M. era Giovana Aparecida Ataliba. Ela ficou tão à vontade dentro da casa da vítima, que resolveu tomar um suco de ‘gerereba’! Mas bebeu tanto que se embriagou, deitou na cama da vitima e acabou dormindo!
Enquanto ela se entregava às caricias de Morfeu, seu ‘parça’, um sujeito que atende pela alcunha de “Alemão”, foi embora levando um mochila cheia de roupas, cosméticos e cerca de mil e cem reais!
Na ausência de Alemão que arrombou a porta da casa mas não dormiu em serviço, Giovana Ataliba segurou a bronca sozinha!
A maior de vitima de furtos nesta segunda foi a Copasa. Quatro de seus reservatórios foram furtados. Os meliantes levaram equipamentos eletrônicos (Softstar) das bombas do Jardim Parati, Jardim Jatobá, Jardim Jacarandá, e do Shopping Serra Sul!
Quem será que vai pagar este prejuízo!?

A policia vai parar…

Por conta do “pacote de maldades” do governo falido, que quer colocar sua incompetência na conta dos servidores do Estado!

O movimento dos policiais militares de Minas Gerais, contra a aprovação do PLP que retira conquistas dos servidores, eclodiu nesta segunda-feira,19, na capital mineira. Já chegou ao Sul de Minas e promete se espalhar para todo o interior do Estado, e se estender até aos Estados ‘falidos’ como Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.
Acostumada a movimentos reivindicatórios em busca dos seus direitos, desta vez a polícia não está pedindo aumento salarial ou melhores condições de trabalho. O motivo desta vez e outro… Os servidores estão lutando apenas pela manutenção dos direitos já adquiridos. Estão lutando contra o PLP 257, que, se aprovado na pauta de negociações com o governo federal, irá acabar com as conquistas de anos e anos de luta da classe. O projeto corta benefícios, congela salários, muda regras da previdência e do regime jurídicos dos servidores civis e militares e, por no mínimo dois anos, não haverá concursos ou contratação de novos servidores – enquanto a criminalidade continuará aumentando e os servidores com tempo de contribuição continuarão aposentando!

Deputado Sgt Rodrigues conclamando policiais militares ao movimento contra "pacote de maldades"...

Deputado Sgt Rodrigues conclamando policiais militares ao movimento contra “pacote de maldades”…


De acordo com os líderes do movimento, a partir desta terça-feira, 20 os policiais militares não sairão mais para a rua. Ficarão dentro dos quarteis até que o PLP seja retirado da pauta de negociações dos Estados “falidos” com o governo federal.
Denilson Martins, presidente SINDPOL...

Denilson Martins, presidente SINDPOL…


O movimento dos policiais militares, que promete ter a aderência da policia civil, Bombeiros militares e agentes prisionais, já chegou ao interior. O diretor regional da ASPRA-PM/BM, sargento Silveira, está convocando os policiais de Pouso Alegre para uma manifestação em praça publica, nesta terça-feira, 20, na Praça Senador Jose Bento. Pelas redes sociais, o delegado Jose Walter da Mota Matos também está convocando os policiais civis para aderirem ao movimento e engrossarem a manifestação contra o projeto que, segundo os líderes do movimento, ‘vai acabar de vez com a policia’!
Se o projeto 257, chamado de “pacote de maldades” contra o servidor publico passar, a policia vai parar! E a sociedade ficará a mercê das maldades… dos meliantes!
A greve dos policiais que começa terça,20, coincide com o nefasto “indulto de natal”, quando milhares de meliantes que cumprem pena nos ‘hotéis do contribuinte’, deixam os presídios para passar o natal em casa… ou nas ruas!

Velhinho espancado no dia 04, morreu neste domingo,18.

Ele havia sido encontrado pela família, ferido, inconsciente e sem o dinheiro na carteira!

O nefasto crime de roubo contra o ancião, virou latrocínio! O crime aconteceu na madrugada do dia 04 de dezembro no Jardim Santa Cruz em Pouso Alegre.
Antônio Fernandes de Oliveira foi encontrado pela filha no interior do quarto, com vários ferimentos no corpo e principalmente na cabeça. Sua carteira, na qual ele guardava suas economias, inclusive seu salário de aposentado recebido dias antes, perfazendo um total de cerca de R$ 3 mil, estava vazia.
O velhinho ferido foi levado inconsciente para o hospital regional Samuel Libânio onde recebeu os cuidados médicos, mas não resistiu… Morreu neste domingo, 18, duas semanas depois de ter sido espancado e roubado!
Antônio Fernandes de Oliveira havia completado 90 anos no ultimo mês de abril. Por isso vivia com uma filha e um bisneto!
Com a morte do velhinho, o roubo seguido de violência, ou vice-versa, ocorrido no dia 04, virou latrocínio, crime que prevê de 15 a 30 anos de cana. O suspeito “numero 1” de ter espancado e roubado o ancião, é seu próprio bisneto J., o qual, na manhã do crime, dobrou a serra do cajuru para não dar entrevistas!
E tem um problema! O garoto, que é usuário de drogas e vive às turras em casa para conseguir dinheiro para alimentar o vício, só tem 16 anos! Portanto, ainda que seja ele o autor do bárbaro crime contra o bisavô… “dá nada, não”!
A polícia ainda está investigando o caso!

Policia Civil prendeu mulher que jogou bebê no lixo… Mas a justiça mandou soltar!

Os cães já haviam comido parte da criança!

Vocês se lembram do caso em questão?

Então releiam o post publicado no dia 02 de novembro…

“O fato quase macabro aconteceu na pequena Bom Repouso, terra da batata e dos ‘Brandões’, a cerca de 40 quilômetros de Pouso Alegre, no final da tarde dessa terça, 01.
Quando fazia o trabalho de aterro no lixão da cidade, que fica no bairro dos Brandões, os operadores das maquinas perceberam uma grande agitação de cães brigando pela disputa de alimentos e resolveram parar as maquinas para verificar o que havia despertado tanta cobiça nos cachorros. E viram abismados que eles disputavam o corpo de um bebê recém-nascido! A cabeça do neném, que saia de um saco plástico, já havia virado café da tarde dos cães do lixão! O que restou do débil corpinho foi recolhido e entregue à funerária que o encaminhou ao IML de Pouso Alegre.
A princípio, não é possível afirmar se o corpinho descartado no lixão é resultado de um aborto, ou de infanticídio cometido pela mãe em estado puerperal. Qualquer que seja o crime, no entanto, se foi cometido no município de Bom Repouso, a autora que coloque as barbas de molho, pois nos próximos dias ela receberá a visita dos homens da lei!”

E recebeu mesmo…!!!

Há certos crimes que despertam a ‘cobiça’ dos policiais! Cobiça de correr atrás até encontrar o criminoso e apresenta-lo à justiça! O crime capital contra criança ou recém nascido, é um deles. Se a polícia tiver o fio da meada, dificilmente irá abandoná-lo sem chegar ao assassino.
Foi isso que o escrivão de polícia Luciano Finamor, da delegacia de Cambui, circunscrição à qual pertence o município de Bom Repouso, fez. Arregaçou as mangas e foi à luta. Subiu a serra e não demorou chegou à pessoa de Alessandra das Virgens Soares – vejam que nome sugestivo para quem faz um aborto ou mata um recém-nascido! -, recém-chegada da Bahia à terra da batata. Segundo apurou o abnegado policial sem farda, a baiana chegou à cidade dos Brandões, … ‘de barriga’! De ‘barriga’ grande! E dias depois a barriga murchou!!!
Ao sentar ao piano do paladino da lei em Cambui, a baiana jurou de pés juntos que era inocente!
– Óxente, mineirinho… Eu tenho três filhos que amo por demais e crio na graça de Deus … mais um eu ia amar do mesmo jeito! Mataria meu bebezinho, não!
– Mas e a barriga grande…?
– Eu estava gorda. Fiz regime, ‘meu rei’ – explicou com fingida indignação pela implícita acusação.
Dona Alessandra, 34 anos, mãe de um filho de 12, outro de 10, e outro de 8 anos, foi examinada no IML de Pouso Alegre. O exame não pôde afirmar se ela havia abrigado um bebezinho no útero até poucos dias atrás… Mas também não pode negar! E depois de um tete-a-tete com a medica legista, – que também é policial – a dona da barriga também não pôde mais negar! Orientada sobre as consequências de tentar tapar o sol com a peneira, Alessandra disse que iria pensar no que dizer ao delegado de Cambui!
Pensou, pensou, pensou, e resolveu contar o que até as criancinhas da creche de Bom Repouso já sabiam… O bebezinho encontrado sem cabeça jogado no lixão de Bom Repouso, havia, de fato crescido na sua barriga! Só não contou os detalhes… Não explicou se o bebê nasceu morto ou vivo! Não explicou como o débil corpinho sem vida foi parar no lixão! Afinal de contas, nenhum cidadão brasileiro é obrigado a produzir provas contra si… E a policia não pode obrigar ninguém a falar! De qualquer forma, o tirocínio policial do escrivão, corroborado com a sutileza do interrogatório e orientação da legista, levou a baiana a confessar e esclarecer o encontro do bebê nas garras dos cães rasga-sacos no lixão.
E quanto à punição da mãe que jogou o bebezinho no lixo?
Bem… Aí já são outros quinhentos!
A mãe, que depois de nove meses jogou o rebento no lixo… como se fosse um lixo! Só confessou o crime por que estava presa… ‘temporariamente’! A prisão tinha prazo de validade: 5 dias. Depois de esclarecida a autoria do crime, o douto delegado da comarca pediu a prisão preventiva da criminosa. O despacho do homem da capa preta não saiu dentro dos cinco dias! Por isso, como manda a lei, a suposta assassina foi colocada em liberdade.
Nos próximos dias, caso o Homem da Capa Preta defira o pedido de Prisão Preventiva, o escrivão subirá a serra da batata munido do competente ‘mandumus’ para apresentar as pulseiras de prata à mãe do bebê jogado aos cães no lixão. Mas, desta vez, só o pó! A baiana Alessandra e seus três filhos já desceram a serra, de taxi, e dobraram a serra da Cambuava!
Apesar da eficiência da polícia, graças à ineficiência da lei, o crime – provavelmente – ficará sem punição.

Simplório & Finório atacam novamente – Parte XII

E levam R$ 10 mil e as joias da aposentada!

A ladainha tanto dos vigaristas quanto da vitima é a mesma de sempre. Voltava a aposentada Creusa para casa, ao meio dia desta quarta-feira,14, distraída, pensando na morte da cabritinha, quando à sua frente surgiu Simplório. O moço negro e magro aparentando cerca de 50 anos, abordou a boa senhora, chorou as pitangas falando de família, e disse que tinha um bilhete da mega-sena premiado! Mas não tinha como receber o prêmio, pois estava sem documentos!
Antes que a ingênua senhora se prontificasse a ajudar o pobre homem, apareceu Finório! Moço jovem, bem trajado, boa prosa, cerca de 30 anos, e foi logo oferecendo ajuda… Em troca de uma pequena parte do premio da mega-sena: R$50 mil!
Como dona Creusa naturalmente não tinha cinquenta mil reais na bolsa, ela foi com a dupla, no carro bege do Finório, ao banco, onde sacou R$ 10 e entregou à Simplório junto com suas joias.
E a estória se repetiu: Quando iam para o banco sacar o prêmio do bilhete premiado, simplório ‘passou’ mal! Antes que ele morresse sem pagar a gorjeta de 50 mil, dona Creusa saltou do carro diante da primeira farmácia que encontrou para comprar o remédio para a galinha dos ovos de ouro, desculpe, para o pobre Simplório que passava mal! E quando saiu da farmácia, só o pó! Simplório & Finório já passavam muito bem! E bem longe dali! E dona Creusa ficou só com o cabo do guarda-chuva na mão…!

Pescador encontra mulher boiando no Rio Sapucaí

Até o momento do resgate ela não havia sido identificada!
indigente
O corpo foi encontrado pelo pescador L.M.Neto boiando no Rio Sapucaí no bairro Paraiso dos Pescadores, na divisa dos municípios de Pouso Alegre e São Sebastião da Bela Vista. Ao passar pelo ‘seveiro’ conhecido por Juca Custodinho, antes das seis da manhã, o pescador madrugador avistou o corpo enroscado na galhada. Com a chegada da polícia militar e da perita da PC, constatou-se que o corpo era de uma mulher branca, cerca de um metro e sessenta, cabelos castanhos lisos, aparentando ter entre 35 e 45 anos. O corpo, sem lesões aparentes, e já iniciando putrefação, – o que leva a crer que estava na agua há pelos menos 48 horas – estava semi-nu!
Sem documentos, o corpo da indigente foi recolhido pelos agentes funerários de plantão e encaminhado ao IML de Pouso Alegre para exames de necropsia, buscando esclarecer a causa mortis!
Não há no município, ou nos municípios vizinhos rio acima, registros de mulher desaparecida!

Aconteceu o 25º homicídio do ano em Pouso Alegre

É o 14º por desacerto de drogas, o 12º envolvendo meliantes da baixada do Mandú.

O crime aconteceu ao pé da noite desta terça, 13, no bairro São Cristóvão, em Pouso Alegre. Luiz Gustavo da Costa, 19, foi executado no meio da rua. Ele bem que tentou fugir do seu destino, correndo desesperadamente pela Rua Vicente Calderaro até tombar com três tiros nas costas e um na nuca. Luiz Gustavo ainda chegou a ser levado no camburão da PM para o PS do Hospital Regional Samuel Libânio, mas morreu ao dar entrada ao nosocômio!
Segundo informações de amigos ocultos da lei repassadas à policia militar, o crime foi cometido pelos meliantes “Peterson Henrique” e Patrick Felipe, ambos envolvidos em outras mortes e tentativas no velho Aterrado, no decorrer deste ano.
Luiz Gustavo é figurinha fácil no álbum da policia. Pesam contra ele diversos BOs de ameaças e agressão ao padrasto, e uso e tráfico de drogas. Depois da morte de alguns ‘parças’ e desafetos do crime, entre eles o Alyssinho Gouveia, Beleu, Gigante, Luiz Gustavo mudou-se para o Chapadão, na tentativa de escapar das juras de morte dos inimigos na Baixada do Mandú.
Este foi o 25º assassinato ocorrido em Pouso Alegre em 2016, O 14º por desacerto de drogas; o 12º envolvendo meliantes do bairro São Geraldo.

* Essa noticia foi postada às 11h00 da manha da cidade de Morganville, New Jersey-USA.