Aconteceu o 24º homicídio do ano em Pouso Alegre

A vitima da vez e o mecânico de motos Mauro de Paiva, 44 anos, morador do Aterrado.

O crime aconteceu as três da tarde deste sábado,20, na oficina da vitima, na Rua Daniel Paulino dos Santos na Baixada do Mandú.
Estava o mecânico conversando com o amigo V.P. no interior da oficina, quando um motoqueiro saltou de uma moto preta, entrou na oficina, perguntou quem era “Mauro” e ao receber a informação, sacou um trabuco aparentemente um 38 e despejou balas no mecânico. Mesmo ferido Mauro correu para o interior da oficina e foi imediatamente socorrido ao PS onde chegou consciente, mas não resistiu aos ferimentos.
Antes de morrer, com um tiro nos braços, outro no tórax e outro na cabeça, Mauro disse ao amigo V.P. que desconhecia o motoqueiro assassino e os motivos dos disparos. O mecânico não tinha passagens pela polícia.
O assassinato de Mauro de Paiva é o 24º do ano em Pouso Alegre. É o oitavo nos últimos 45 dias, desde o dia 05 de outubro!

Assaltante pés no chão assalta pizzaria no Jatobá

Ele portava um revolver 22 velho e enferrujado, mas levou dinheiro e celulares novos!

O crime aconteceu no final da noite desta quarta-feira no bairro Jatobá, extremo sul de Pouso Alegre. Estava o pizzaiolo Edcarlos quieto no seu canto na ‘Pizzaria e Lanches Tradição’, quando o sujeito entrou. Estatura mediana, forte, pardo, camiseta vermelha e bermuda e … Pés no chão! Parecia mais um pedinte do que um assaltante! E era pedinte mesmo! Ele fez cara feia, sacou um revolver 22 velho e enferrujado e ‘pediu’ todo o dinheiro que havia no estabelecimento! Pediu e ganhou! Ganhou cerca de cerca de R$500 que estavam no caixa e levou também o celular do pizzaiolo e dos seus dois funcionários.
Sem agradecer e sem se despedir, o assaltante pés descalços dobrou a serra do cajuru, naturalmente … à pé!

PM fecha ‘biqueira’ do Gegê

O dono do boteco de drogas vazou, mas deixou a batata assando…

Segundo denúncias de amigos ocultos da lei, o comerciante Afonso Barbosa de Almeida, vende de tudo em seu mercadinho denominado “Supermercado do Gegê”… inclusive farinha! Do capeta!
Para conferir as informações de amigos ocultos, os homens da lei de Camanducaia armaram uma campana nas imediações do mercadinho ontem à tarde e ficaram ‘filmando’ à distancia! Não demorou apareceu um cliente! Após adquirir a mer… cadoria, o cidadão Giovani Pedro Barbosa entrou no seu Chevrolet Onix branco e foi se afastando de fininho para fazer seu pic-nic. Não foi longe! Durante abordagem os policiais apreenderam com ele dois patuás de farinha do capeta. Sem poder tapar o sol com a peneira, Giovani abriu o samburá…
– Acabei de comprar no mercadinho do Gegê por cem reais!
Ao perceber que o seu cliente havia caído, Gegê não esperou para dar entrevistas! Montou sua motoca vermelha e dobrou a serra do cajuru, deixando o mercadinho por conta do ‘Abreu’!
Afonso Barbosa “Gegê” de Almeida, 29 anos, tem no currículo 22 BOs por delitos leves, inclusive delitos de transito. Por conta desse ‘currículo’, segundo o BO desta quarta, Afonso Gegê já cumpre liberdade vigiada imposta pelo MP! Todo dia ele tem que comparecer ao quartel da PM para assinar o livro de presença e mostrar que é um bom menino!
A fuga de Gegê, no entanto, não evitará sua prisão. Com as denúncias dos amigos da lei, corroboradas com as declarações do nóia Giovani, que assinou o 28 e foi liberado, ele será processado de acordo com o artigo 33 da Lei 11.343. Quando receber o veredicto do Homem da Capa Preta, sentirá o frio das pulseiras de prata. Portanto… A batata está assando para o Gegê de Camanducaia!

PM fecha ‘biqueira’ do Gegê

O dono do boteco de drogas vazou, mas deixou a batata assando…

Segundo denúncias de amigos ocultos da lei, de Camanducaia, o comerciante Afonso Barbosa de Almeida, vende de tudo em seu mercadinho denominado “Supermercado do Gegê”… inclusive farinha! Do capeta!
Para conferir as informações de amigos ocultos, os homens da lei armaram uma campana nas imediações do mercadinho ontem à tarde e ficaram ‘filmando’ à distancia! Não demorou apareceu um cliente! Após adquirir a mer… cadoria, o cidadão Giovani Pedro Barbosa entrou no seu Chevrolet Onix branco e foi se afastando de fininho para fazer seu pic-nic. Não foi longe! Durante abordagem os policiais apreenderam com ele dois patuás de farinha do capeta. Sem poder tapar o sol com a peneira, Giovani abriu o samburá…
– Acabei de comprar no mercadinho do Gegê por cem reais!
Ao perceber que o seu cliente havia caído, Gegê não esperou para dar entrevistas! Montou sua motoca vermelha e dobrou a serra do cajuru, deixando o mercadinho por conta do ‘Abreu’!
Afonso Barbosa “Gegê” de Almeida, 29 anos, tem no currículo 22 BOs por delitos leves, inclusive delitos de transito. Por conta desse ‘currículo’, segundo o BO desta quarta, Afonso Gegê já cumpre liberdade vigiada imposta pelo MP! Todo dia ele tem que comparecer ao quartel da PM para assinar o livro de presença e mostrar que é um bom menino! Embora tenha em eu currículo 22 BOs!
A fuga de Gegê, no entanto, não evitará sua prisão. Com as denúncias dos amigos da lei, corroboradas com as declarações do nóia Giovani, que assinou o 28 e foi liberado, ele será processado de acordo com a Lei 11.343 e quando receber o veredicto do Homem da Capa Preta, sentirá o frio das pulseiras de prata. Portanto… A batata está assando para o Gegê de Camanducaia!

Andarilho é ‘empalado’ na Fernão dias

O sádico crime aconteceu depois de ele ter feito uma parada para pedir comida no posto Dom Pedro!

No inicio da manha desta quarta, 16, a policia militar foi chamada ao Hospital Regional Samuel Libânio em Pouso Alegre, para registrar uma ocorrência de lesões corporais. Segundo o chefe do plantão médico, dera entrada àquele nosocômio, um cidadão com um frasco de desodorante aerossol introduzido no anus! Ao ser interpelado pelos policiais o cidadão contou que fora agredido por três guampudos, sendo que dois seguraram e o terceiro colocou o frasco no seu corpo.
– Eu tinha acabado de parar o posto Dom Pedro para pedir comida… Quando saí de lá e seguia pela pela margem da estrada em direção à Estiva, apareceram os três e me agarraram… – contou o andarilho.
P. C., 56 anos, é natural de São Paulo. Ele disse ainda que conseguiu caminhar até o posto de atendimento da Auto Pista, onde pediu socorro e foi levado para o hospital regional. Depois de retirado o frasco do corpo o andarilho permaneceu internado em observação.
A Policia Civil, responsável pela investigação do crime de lesões corporais, ainda não sabe se os três sádicos tem alguma ligação com o posto de combustíveis onde o andarilho havia mendigado o café da manhã!

PM descobre plantação de maconha em Camanducaia

O “agricultor” plantou a erva longe de casa, mas registrou a ‘lavoura’ no celular!

Dalton cultivava a erva num local bem escondidinho... mas a deixou exposta no seu celular!

Dalton cultivava a erva num local bem escondidinho… mas a deixou exposta no seu celular!


Passavam os homens da lei pelo loteamento Tancredo Neves quando perceberam a presença de um cidadão com pinta de ‘somongó’ e resolveram abordá-lo. O ‘somongó’ era Dalton Malaquias Pinto, 27, morador da Rua Sete. Na barra da sua calça os policiais encontraram uma baranga de maconha. No padrão de energia elétrica defronte sua casa, onde ele estava, havia mais três barangas prontas para venda e consumo.
A prova substancial de atividades ilícitas, no entanto, Dalton levava dentro do aparelho celular! Ao navega-lo em busca de mensagens relativas a atividades de trafico os policiais encontraram um ‘álbum’ completo com uma plantação de Cannabis Sativa de Linneu!
A plantação de maconha ficava escondida numa clareira no meio da mata fechada, perto da Torre, na parte alta do bairro São Jose. No local, levados pelo ‘agricultor’ Dalton Malaquias, os policiais apreenderam 42 tenros pés da erva ‘marvada’!
Dalton Malaquias desceu no taxi do contribuinte para a delegacia regional de Pouso Alegre, sentou ao piano e, pelo conjunto da obra, assinou o 33 da Lei 11.343, e foi se hospedar no Velho Hotel do Contribuinte de Extrema!

Assaltante leva R$ 3 mil do posto Fatima

O assaltante foi ardiloso e silencioso… Ninguém percebeu sua presença!
img_12581
No início da manhã desta segunda-feira, 14, um cidadão bem trajado chegou ao posto Fátima, na esquina da Av, Tuany Toledo com Porfirio Ribeiro de Andrade e perguntou pelo gerente Eronaldo. Informado pelo frentista, ele se dirigiu ao escritório e pediu ao gerente para fornecer-lhe uma ‘nota’ de combustível no valor de cem reais, cujo abastecimento, segundo ele, havia feio fora do expediente no fim de semana, para efeito de prestação de contas. Quando se viu na frente do gerente, com o cofre aberto procurando entre os envelopes o suposto comprovante de abastecimento, o cidadão sacou um trezoitão e mostrou suas garras…!
– Entre no banheiro e fique aí ‘pianinho’! Só saia do banheiro quando ouvir o barulho de uma moto se ‘arrancando’ do posto – disse ele brandindo o trabuco para o gerente. Enquanto isso, o mundo lá fora girava alheio aos acontecimentos no interior do escritório!
Passados alguns minutos ouvindo apenas o burburinho da rua e a música sonolenta da chuva fina que caia lá fora, o gerente saiu do banheiro e, percebendo que o meliante havia levado todos os envelopes do cofre com cerca de R$ 3 mil, chamou a polícia.
O gerente, que diz ter visto o cano frio do trezoitão a poucos centímetros do seu rosto, descreveu o assaltante ardiloso como sendo um sujeito de boa aparência, usando camisa moletom preta e camisa branca por baixo, e calça jeans também preta. Ao checar as imagens do circuito se segurança do posto, constataram que o assaltante usava camisa polo verde com listras nas mangas, calça jeans clara, boné, e portava uma bolsa tipo tiracolo!
As câmeras de segurança de um vizinho do posto mostram o assaltante silencioso embarcando num Honda Civic que deixara estacionado ali perto, antes de dobrar calmamente a serra do cajuru.

Policia Civil prende assassino da “barbearia”

Ele tem 17 anos, já foi preso por trafico, e disse que matou porque estava sendo ameaçado de morte!

G.G.C.... - Ele ja tinha tentando me matar duas vezes!

G.G.C…. – Ele ja tinha tentando me matar duas vezes!

No meio da tarde do dia 24 de julho do ano em curso, dois garotos passavam pela velha Rua Nova na ‘Baixada do Mandu’, quando de repente ouviram uma saraivada de balas, e saíram correndo cada um para um lado. Gegê sentiu o calor de uma azeitona fervendo penetrando sua perna esquerda, rasgando sua carne por trás da veia femoral, até sair do outro lado. Antes que uma segunda bala o atingisse, Gegê achou uma porta aberta e entrou! Seu companheiro não teve tanta sorte… Continuou correndo debaixo de bala, entrou num matagal, e lá ficou. Uma hora mais tarde o corpo de Allyson Henrique dos Santos Gouveia foi encontrado numa vala perto da Lagoa da Banana, com vários tiros na cabeça.

No dia 24 de julho o alvo era Allyson Gouveia, mas uma bala atravessou a perna de Gegê, bem perto da veia femoral...

No dia 24 de julho o alvo era Allyson Gouveia, mas uma bala atravessou a perna de Gegê, bem perto da veia femoral…


Gegê passou poucas horas no hospital e voltou para casa. Desde o início ele sabia quem havia matado Alyssinho e tentado mata-lo. Mas preferiu não dizer nada a policia! Talvez quisesse ele mesmo ‘cobrar’ a dívida! Mas o feitiço virou contra o feiticeiro… o tiro saiu ela culatra! Segundo Gegê, desde então ele passou a ser ameaçado pelos algozes e sua ‘turma’!
– “Eles queriam me apagar porque eu sabia quem era eles”… – contou-me Gegê.
Ainda segundo o garoto que completou 17 anos no inicio deste mês, um da ‘turma deles’ tentou mata-lo no sábado dia 05, mesmo dia em que mataram o Daniel “Bá” defronte o estúdio de tatuagem.
Na manha do dia 08 de novembro, terça-feira, o mesmo pretenso assassino deu outra investida contra ele. Foi aí que Gegê então decidiu que tinha que deixar de ser a caça… E virar o caçador!
As 11:40h da manhã Lucas Ferreira “Patinho II”da Cunha entrou na barbearia, se ajeitou na cadeira e quando ia ouvir os primeiros tics da tesoura, ouviu o primeiro tiro! Percebeu logo que era o alvo e tentou se defender correndo para os fundos! Mas acabou ‘ouvindo’ outros tiros, e morreu a caminho do hospital! Era o 22º homicídio do ano em ‘terras manduanas’… o 10º na Baixada do Mandú, o 12º envolvendo drogas!
– Depois que o “Patinho” tentou me matar pela segunda vez, eu fiquei seguindo ele… Quando ele entrou na barbearia eu entrei e mandei bala! Era ele ou eu… – contou-me, como se estivesse falando de uma cobrança de pênalti durante uma pelada na várzea, o delinquente Gegê!
A investigação sobre o assassinato da ‘barbearia’ foi menos intrincada do que a do assassinato o motoboy no bairro Ipiranga. O delegado de homicídios, Rodrigo Bartoli, e seus pupilos precisaram de poucas horas para chegar ao criminoso. A pedido do cauteloso paladino da lei, G.G.C. teve a custodia preventiva decretada pelo honorável Homem da Capa Preta. Na sexta feira,11, três dias depois de matar Lucas “Patinho”, o assassino sentiu o frio das pulseiras de prata. Ainda esta semana o Taxi do Magaiver deverá levar Gegê para um “Centro de Recuperação de Menores Infratores” na região central do Estado, onde, segundo o Sr. Eca, ele deverá ficar até completar 21 anos.

* Leia logo mais aqui no Blog: Assaltante leva R$ 3 mil do posto Fatima

Assalto a residência no Foch

Casal acordou com três assaltantes dentro de casa! Depois de trancar o casal no quarto, os assaltantes fugiram levando um cofre com R$50 mil.

Depois de uma semana com tantos assaltos pés-de-couve na cidade, este foi para tirar a ‘barriga’ da miséria. Além de joias, TV, celulares, aparelho de som os assaltantes levaram um cofre com cerca de R$50 mil!
O tenebroso crime contra o patrimônio aconteceu antes da aurora deste domingo, 13, no bairro Cidade Foch. Faltava ainda alguns minutos para as seis da manhã escura e chuvosa quando o casal Neusa & Nelson foi arrancado dos braços de Morfeu pelos bandidos. Dois deles, usando toucas ninja já estavam no quarto, de armas em punho. O terceiro assaltante ficou ‘administrando’ da penumbra da sala!
Os primeiros gritos de susto da dona da casa foram sufocados pelos assaltantes com ameaças de morte. Sempre atrás do cano dos trabucos, os meliantes primeiro fizeram a coleta das joias da família. Depois exigiram as chaves de um cofre onde, pelo jeito, sabiam que havia R$50 mil. Sem conseguir abrir o cofre, pois a chave fica na casa de um dos filhos do casal, os assaltantes levaram o cofre com tudo dentro! E para aproveitarem bem o carreto, levaram também uma TV 55, três celulares, um relógio de pulso e um aparelho de home theater.
Toda a ação dos bandidos no final da madrugada, desde o arrombamento do portão da residência, até o embarque de toda res furtiva no veículo foi registrado pelo sistema de segurança da própria vitima. No entanto, os assaltantes roubaram também o aparelho de vídeo monitoramento com os arquivos!
Antes de dobrarem a serra do cajuru deixando para trás um rastro de terror, os bandidos trancaram o casal de feirantes num dos quartos e desligaram toda energia elétrica da casa. Meia hora depois a vitima conseguiu sair pela janela do quarto, libertar a esposa e comunicar o crime à Policia!
Os bandidos não sabem, mas eles deixaram para trás uma importante pista que poderá colocar a polícia nos seus calcanhares!

Policia civil esclarece assassinato do motoboy

O macambúzio crime aconteceu no dia 12 de fevereiro, numa estrada vicinal perto do Clube de Campo Fernão Dias. Era o primeiro assassinato de 2016 em Pouso Alegre!

Cícero, o sogro...

Cícero, o sogro…


Desde a noite do funesto crime, a policia tinha as pistas dos suspeitos. Provar os fatos é que eram elas! Foram necessários nove meses para garimpar as provas e colocá-las na mesa do Homem da Capa preta, e pedir autorização para mostrar as pulseiras de prata aos assassinos. Foi um trabalho minucioso de inteligência policial, algo que não seria possível antes da era hight-tech! Foram as conversas, antes e depois do crime, trocadas entre os envolvidos que levaram o delegado Rodrigo Bartoli e seus pupilos aos assassinos, confirmando o que os familiares já suspeitavam! Para o minucioso delegado, Cicero e Eutacio, sogro e cunhado, são os assassinos do motoboy.
Jose Marcos Saturnino da Silva, 37, morreu com dois tiros na cabeça, antes de descer da moto que pilotava. O crime aconteceu por volta de nove da noite do dia 12 de fevereiro numa estrada vicinal do bairro Ipiranga, a poucos metros do Clube de Campo F.Dias. Aparentemente o motoboy fora atraído até o local para ser executado. Ele já havia sofrido outra tentativa de assassinato três semanas antes, em janeiro.
Eutacio, o cunhado...

Eutacio, o cunhado…


Para os familiares do motoboy, ele teria sido assassinado por causa de partilha de bens de família. Os suspeitos, Cicero e Eutacio, sogro e cunhado do morto, chegaram a ser presos na ocasião. Mas foram liberados por falta de provas.
Ao assumir as investigações, os policiais civis perseguiram e conseguiram juntar as provas para mandar pai e filho pra cadeia. Cicero Barros Sobrinho, 53, e Estácio Pereira Barros, 27, foram presos pela PC nesta sexta-feira,11, e recolhidos ao Hotel do Juquinha à disposição do Homem da Capa Preta. Se condenados poderão pegar até 30 anos de cadeia!