Aconteceu o primeiro homicídio do ano

Foi só cutucar o diabo com vara curta que ele mostrou os chifres!
O sinistro aconteceu poucas horas depois da publicação da estatística de homicídios do ano passado aqui no blog, na noite ainda criança deste terceiro dia do ano novo!

A vitima da vez é Rafael Bernardes dos Santos, 31, o Cebolinha. Ele foi executado com 07 tiros de revolver de calibre fino numa quebrada da ‘baixada do Mandu, na localidade conhecida como “campo dos ciganos”, as nove e meia da noite desta quarta-feira, 03. Antes do ocorrido, Cebolinha estivera numa padaria ali perto e se afastara dizendo que iria cobrar uma dívida. Pelas circunstâncias do crime, parece que ele é que foi cobrado! Rafael Cebolinha recebeu sete tiros, sendo dois nas pernas, dois no abdome, dois nas costas e o sétimo tiro na testa.
O autor do crime, segundo populares que ouviram os estampidos ecoando nas imediações, é P.H.R.S. conhecido pela alcunha de “Perninha”. O garotão de 16 anos foi detido minutos depois do crime chegando em sua residência, limpinho, como se estivesse chegando de Paris e jurou de pés juntos que é inocente.
Rafael Bernardes dos Santos, o “Cebolinha” era figurinha fácil no álbum da policia. Tem dezenas de abordagens e fugas na condução de motos em atitudes suspeitas pela cidade. Tais abordagens sempre visaram descobrir o que ele levava com tanto zelo e pressa de um lugar a outro. Numa de suas prisões, no entanto, ele estava parado. Em outubro de 2013 Cebolinha foi preso em casa, no bairro São João, com 650 barangas de farinha do capeta. Mas não deixou a peteca cair… Disse que a droga era de um cunhado!
Apesar da prisão com a boca na botija, o Cebolinha não criou raízes na cadeia. Saiu em julho de 2014 sem ter sentado no banco dos réus. Voltou a ser preso em novembro de 2015 mediante mandado de prisão expedido pelo Homem da Capa Preta. Mas, como vimos, Cebolinha não é muito de criar raízes…! Ontem estava de novo em liberdade. Se a justiça penal foi branda com ele em relação ao trafico, os próprios envolvidos foram implacáveis. Ao ser morto ontem à noite Rafael Cebolinha levava na algibeira uma folha de papel com nomes. A policia ainda não sabe se são nomes de clientes ou de inimigos do trafico.

Anúncios

Uma resposta em “Aconteceu o primeiro homicídio do ano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s