PM fecha ‘biqueira’ do “Geléia”

Juliano Monteiro foi preso minutos depois de um nóia sair de sua casa com as narinas esbranquiçadas de farinha do capeta!

Denuncias de amigos ocultos da lei levaram a polícia às proximidades da biqueira do cidadão conhecido pela alcunha de “Ju Geleia”, no bairro Alto da Aparecida, em São Gonçalo do Sapucaí nesta segunda-feira, 11. Os policiais chegaram na noite ainda criança e ficaram à distância, filmando o movimento, até que um nóia se aproximou, fez a transação comercial, consumiu imediatamente o ‘produto’ e se afastou do local com as narinas esbranquiçadas pela farinha do capeta! Abordado e interpelado, ele não teve como tapar a luz da lua com a peneira… e deu com a língua nos dentes!
– Eu comprei a farinha do “Ju Geléia” por dez reais! – disse ele se encolhendo de medo do… traficante.
Juliano Monteiro, o “Ju Geleia”, 35, foi preso no minuto seguinte, perto de sua casa. Os dez reais do nóia ainda estava em sua algibeira. Na sua casa havia mais, muito mais. R$ 3.688 em dinheiro de porta de igreja! Droga mesmo havia pouca coisa: apenas 9 barangas de farinha do capeta, mocosada num buraco do muro do quintal. Havia também na cozinha, um rádio HT, ligado e sintonizado na frequência da policia. Se ele estivesse em casa, saberia que os homens da lei estavam na sua sombra!
Diante dos indícios e provas da traficância, “Ju Geléia” derreteu, quero dizer, desceu para a Delegacia Regional de Policia Civil de Pouso Alegre, na companhia da amasia Rafaela Isabel Garcia, que disse que não sabia de nada sobre as atividades do amasio!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s