Policia Civil prende estuprador de Extrema

Ele estava sendo investigado por roubo de celulares e de abuso sexual de um casal de adolescentes.

Fabio Ramos da Silva Braz confessou o roubo, mas negou o estupro…


O hediondo crime aconteceu no final da noite de sábado, 25, no interior do apartamento no bairro Portal de Extrema, na progressista cidade a meio caminho entre Pouso Alegre e São Paulo.
A adolescente V.M.A, 15, estava em casa, na companhia do namorado G.T.C., 16 anos, quando um sujeito magro, de cor negra, estatura mediana, usando camiseta, bermuda e chinelos invadiu o apartamento brandindo uma faca. Depois de perguntar pela mãe e constatar que os adolescentes estavam sozinhos casa, o meliante inicialmente tomou-lhes os celulares. Em seguida ordenou que eles tirassem a roupa e obrigou o garoto a fazer sexo com a namorada na frente dele. Como o garoto não conseguiu consumar o ato, o meliante o trancou no banheiro e levou a garota para o quarto. Algum tempo depois foi embora levando o celular de ambos e R$30.
Emocionalmente abalada com a situação, a garota não conseguiu relatar o que se passou no interior do quarto com o bandido. Mais tarde acompanhada de familiares ela foi encaminhada para exames no hospital local. Desde então a policia civil passou a investigar o roubo seguido de estupro.
Na segunda-feira,27, os pupilos do delegado Valdemar Lidio Gomes Pinto conseguiram identificar o estuprador. Trata-se de Fabio Ramos da Silva Braz, 36 anos, morador das imediações do local do crime.
A pedido do zeloso delegado, o homem da capa preta decretou a prisão temporária do estuprador do Portal de Extrema. Ele sentiu o frio das pulseiras de pratada lei às quatro e meia da tarde desta quarta-feira,29. A prisão se deu no interior do bar do Marcio, na Vila Esperança. Quando os policiais chegaram ele já estava nas unhas de populares. Aliás, a prisão do meliante evitou que ele fosse linchado por populares revoltados com o hediondo crime.
O roubo dos celulares foi ‘um ponto fora da curva’. O que Fabio queria mesmo era abusar da adolescente. Para isso ele passou a filmar a rotina do prédio de apartamentos, e só entrou em cena quando constatou que a mãe dela estava ausente. O namorado dela estava ‘no lugar errado na hora errada’. Ou não!
As roupas que usava no momento do crime, o estuprador dispensou numa caçamba de entulho. Os celulares ele jogou num córrego onde os detetives o apreenderam.

O celular da garota foi encontrado no córrego, no local indicado por Fabio Ramos.


Ao ser preso Fabio Ramos confessou o crime de roubo. Mas jurou de pés juntos que não abusou sexualmente dos adolescentes! Mas não teve choro e nem vela e nem fita amarela… Fabio Ramos sentou ao piano, assinou o 157 e o 213 e foi se hospedar no velho hotel do contribuinte de Extrema.

Anúncios

Uma resposta em “Policia Civil prende estuprador de Extrema

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s