Mais uma noite de insônia no Astúrias

Desta vez a poluição sonora foi bem mais embaixo!

Asturias…


Menos de doze horas depois de ver sua queixa publicada aqui no Blog, João da Silva teve que chamar a polícia novamente para reclamar do volume excessivo de um som que não o deixava dormir em paz! Mas desta vez a poluição sonora não era produzida no cume do Residencial Astúrias! A festa, que havia começado às nove da noite e passava da hora da assombração, estava acontecendo a quase um quilometro dali, bem mais embaixo, em um sitio às margens da BR 459!
Segundo a polícia militar apurou, tratava-se de uma festa periódica dos acadêmicos de medicina nas dependências do Pesqueiro do Compadre, logo depois do Posto Bonanza. Mas o som era tão volumoso que atrapalhava o descanso do “João da Silva” e dos seus vizinhos no Pousada dos Campos. Ainda segundo o BO, no local, à meia noite e meia, havia cerca de 200 estudantes de medicina e seus convidados!
A polícia militar, como de praxe, puxou a orelha dos ‘festeiros’ e advertiu que se ligassem o som novamente seriam enquadrados no artigo 329 do CP. Os futuros médicos Antônio e Bem-Hur, organizadores da festa, baixaram o som.
Resta saber agora qual o tom que o João da Silva vai dar a mais este som nas alturas no Astúrias!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s