Assaltante esquece documentos no carro da vitima

 

Lindomar...

Lindomar…

A noite de terça, 01, era ainda um bebezinho de olhos cor de mel, dormindo angelicalmente no bercinho branco coberto com véu protetor de mosquitos, de com renda azul, quando um moço alto, claro e magricela usando calça e camisa social se abaixou na janela do taxi do Sr. Toninho na rodoviária de Cambui e solicitou uma ‘corrida’ até a vizinha Itapeva, há menos de 30 km dali.

O viajante, no entanto parecia absorto, indeciso… Parecia que estava ‘viajando’! Depois de se acomodar no banco do carro ele mudou o destino! Pediu para ser levado à vizinha leste, Córrego do Bom Jesus, a seis quilômetros de Cambui! Lá chegando deu uma volta na praça parecendo um cachorro caído de mudança e pediu para voltar para Cambui!

De volta ao ponto de partida, perguntou ao taxista se ele tinha troco para cinquenta reais. Ao ver o taxista manuseando o dim-dim para devolver troco, o viajante que ‘viajava’ pulou sobre o taxista e tentou tomar-lhe o dim dim na marra!

‘Seu’ Toninho, apesar das 69 primaveras, não entregou o ouro ao bandido… Lutou com ele e conseguiu escapar, mas ficou sem uma nota de R$50!

Depois de fugir das garras do assaltante, o taxista percebeu que ele havia deixado no carro uma pasta verde. Ao abrir a pasta deixada pelo assaltante, encontrou os documentos pessoais, tais como CNH, titulo de eleitor, fotografia 3×4 e até conta de luz com o endereço do assaltante na cidade de Itapeva! Ele era Lindomar Macedo!

 

Lindomarzinho...!

Lindomarzinho…!

Ao tomar conhecimento do roubo e apreender os documentos, os policiais militares de Cambui, Córrego e Itapeva saíram na sombra do assaltante. Horas depois, trafegando pela Rodovia Fernão Dias avistaram Lindomar ainda mais perdido do que cachorro caído de mudança voltando para Itapeva, à pé. Ao avistar a ‘arvore de natal ambulante’ o Lindomar passou sebo nas canelas e voou no mato à margem da rodovia! No entanto já era tarde. Com os homens da lei fungando no seu cangote ele logo tropeçou e caiu nos braços lei.

Ao sentar ao pino do delegado de plantão na Regional de Pouso Alegre Lindomar Macedo, 25 anos, morador da pequenina Itapeva, já não levava mais a ‘onça pintada’ do taxista Toninho…

– Eu comprei 6 pedras de crack e fumei…! – Disse Lindomar, sem medo de fazer feiura!

Ele assinou um 157 e no final da tarde desta quinta pegou o Taxi do Robertão para o velho Hotel de Extrema!

Necessário salientar que Lindomar, o assaltante trapalhão de Cambui, não era assaltante até no pé da noite de terça feira. Ele ingressou definitivamente no mundo do crime em busca dim-dim para satisfazer o vicio da droga! E foi pouco. Para aplacar a fissura, tem nóia que vai muito mais fundo na dignidade humana!

Anúncios

Uma resposta em “Assaltante esquece documentos no carro da vitima

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s