Nascimento do blog

DSC04677“Há sete anos criei o jornal impresso “FOLHA de Pouso Alegre”. No meu primeiro contato com o leitor escrevi um conciso e ufanista Editorial justificando sua criação e propagando que tínhamos fôlego para virar o ano político e caminhar com as próprias pernas… Errei feio! Consegui circular por 23 semanas e fechei o escritório no mais absoluto vermelho! Com independência política e de pensamentos, mas no vermelho.

Fiquei alguns anos sem passar perto de um teclado. Mas sempre bisbilhotando o que meus colegas estavam escrevendo nos jornais.

Muitas vezes tive vontade de voltar, mas não encontrava razão. Afinal, escrever o quê?

Para quem?

Quem está interessado em ler jornais do interior, cheio de classificados, de propaganda de veículos e de releases dos órgãos públicos?

Matutei, matutei, matutei… Debrucei sobre o velho dilema; “quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha”? Ou; “é fresquinho porque vende mais… ou vende mais porque é fresquinho”?

Afinal, o cidadão não lê jornal porque não tem conteúdo… ou é inútil escrever conteúdo, pois o cidadão não lê?

Você sabe responder com precisão? Eu também não…

Mesmo assim não consegui ficar longe dos meus leitores! Ainda que sejam pouco mais de meia dúzia…

Mas se meia dúzia de leitores se derem ao trabalho de ir à banca na sexta feira comprar o jornal por minha causa, já sou um colunista feliz. Vai que cada um destes leitores fale de mim para um amigo seu…, o amigo fala para outro, que fala para outro, depois de amanha já serão mais de… quinze!

Mas espere aí… o que o meu falecido jornal e agora minha coluna no Folha de P. Alegre tem a ver com este Blog?

Tudo, ué!

DSC05384   Se não fosse esta meia dúzia de leitores que toda semana procura avidamente o jornal para ver o que eu escrevi; se não fosse esta meia dúzia que me enche de confetes através de e-mails dizendo que eu tenho que publicar minhas historias em livros; se não fosse esta meia dúzia de abnegados leitores que fazem birra para que eu crie meu próprio blog, eu estaria quietinho criando galinhas lá atrás da serra do cajuru…!

É por causa desta meia dúzia de leitores que, ao me verem conversando com alguém na rua, no supermercado, no restaurante, se enche de sorrisos e vem me cumprimentar se derretendo em elogios, que eu decidi partir para a luta, quero dizer… Para o Blog!

Comecei falando com seriedade e relaxei no final, né? Desculpe. É que o bom humor não desgruda de mim!

Mas falando serio, pois comunicação é coisa seria, não prometo que vou estar no ar no mês que vem, como prometi com o FOLHA em 2004. Tudo vai depender de você meu estimado leitor. Da sua paciência, do seu interesse, do seu estado de espírito, da sua propaganda – anote num papel qualquer meu endereço eletrônico e passe para seu melhor amigo. Ele vai se emocionar com o presentão!!! – e também da sua participação enviando comentários, criticas e sugestões. Até elogios… pode!

A pagina do Blog ainda está pelada? Não tem quase nada e que tem é só sobre “bandidos & mocinhos”?

Calma meu estimado leitor, muita calma nesta hora. Para chegar ao décimo passo antes temos que dar os outros nove!

Entramos no ar no dia primeiro de setembro. A primavera começa no dia 21. Por enquanto só temos os botões. Mas vamos desabrochar. Não vamos ficar atrelados somente à pulseiras de prata, e viajar apenas no taxi do contribuinte. Vamos sentar ao piano e ‘dar o serviço’ no esporte, na política, na cultura, no lazer… No cotidiano de nossa gente.

Quem mais vai participar do Blog além do estimado leitor? Ah, muitos e renomados colunistas da cidade vão escrever aqui! Tem o…, tem também o… e ainda o… Brincadeirinha de novo!

Tem muitas cabeças pensantes, pensando em como expressar seus pensamentos no Blog do Chips, para despertar o pensamento do cidadão que pensa em melhor qualidade de vida para ele e para as pessoas que o cercam…!

Isso mesmo! Comunicação é a engrenagem que move o mundo. Sempre foi. E Blog é o principal veiculo de comunicação do momento. Portanto, acesse o Blog do Chips. Leia, interaja e fale para os seus amigos. Parece coisa atoa, pretensão minha, talvez, mas navegar aqui poderá fazer diferença na sua vida.

‘É de gratis’… Aproveite e deleite!”

Este foi o Editorial de abertura do Blog no dia 01 de setembro de 2011. Após acabar de publicá-lo, desliguei o computador, tornei a liga-lo, acessei Blog do Airton Chips e… Não contive uma ponta de emoção! Eu estava na internet, em um blog que poderia ser visto em qualquer parte do planeta!

Hoje, 02 de setembro de 2015, 2.787 posts depois, o blog tem tres pontos em comum com o jornal FOLHA, que sobreviveu 5 meses e me levou à bancarrota em 2004!

1-   Nenhum dos dois atendeu à expectativa quanto ao conteúdo eclético e seus autores;

2 – Tanto no blog quanto no FOLHA em continuo sozinho… Só com os leitores!

3 – Tanto num quanto noutro continuo sem ganhar um centavo!

A diferença é o jornal impresso custava mil reais por semana… O blog custa bem menos!

E tem outras diferenças gritantes…!

– O blog recebe de 70 a 80 mil visitas por semana!

– Tem sido acessado e lido em cerca de 95 países do mundo!

– Rendeu 08 processos na justiça comum! – Uma ninharia se comparado a outros veículos de imprensa por aí!

– Obteve 08 vitórias na justiça, com arquivamento dos mesmos processos, pois as alegações eram infundadas. Os argumentos de defesa são os próprios posts!

– Milhares de fãs, admiradores, amigos e seguidores…!

E o mais importante…

– O reconhecimento de autoridades e pessoas sérias, sensatas e compromissadas com a conscientização do cidadão para uma sociedade melhor… Com menos drogas!

Ao publicar ‘o crime e suas consequências’, o blog se torna um cumplice das autoridades que zelam pela manutenção da lei. Ao publicar as mazelas dos homens públicos, o blog se torna um parceiro do cidadão que produz e paga impostos. Ao levar informação precisa à sociedade, o blog se sente cumpridor da sua nobre missão… Ao interagir com o leitor – através dos comentários e e-mails – o blog valoriza o seu leitor e se sente inserido na sociedade.

No aniversario de 4 anos, o blog não estabelece uma meta, uma distancia a percorrer! Mas reafirma o compromisso de buscar e esmiuçar os fatos e leva-los ao leitor… Enquanto estiver caminhando, enquanto tiver leitor!

Portanto, se você tem o habito de abraçar Severina do Popote e ao chegar em casa amarrado num pé de cana, mamadino mamadinho, com o terrível bafo de jiboia, desce o borralho na cara-metade, e quando os homens da lei aparecem com pulseiras de prata você dobra a serra do cajuru sem dar entrevistas… Coloque as barbas de molho! A batata está assando pra voce! A qualquer momento amigos ocultos da lei levarão os ‘zomi’ até seu mocó, e você sentirá o frio das pulseiras de prata, receberá carona no taxi do contribuinte e descerá pra DP, para sentar ao piano do paladino da lei, assinar o 129 com tempero de Maria da Penha e subir no taxi do Magaiver para o Hotel do Juquinha!

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s