Deficiente é espancado e assaltado em Congonhal

Alex "Tiguira"... A vitima da vez foi um deficiente em Congonhal!

Alex “Tiguira”… A vitima da vez foi um deficiente em Congonhal!

Ao sair ao portão de sua residência às seis  e meia da tarde deste domingo, Dia dos Pais, para respirar o ar fresco da noite o aposentado Antonio Donizete do Couto, portador de necessidades especiais deparou com velho conhecido Alex “Tiguira”. Com um sorriso sarcástico no rosto o franzino meliante fez a pergunta costumeira:

– E aí véio…! Tem dinheiro no bolso?

Ao ouvir a resposta negativa, o desalmado assaltante desceu o borralho no aposentado. Com os golpes recebidos no rosto, Antônio Donizete do Couto ficou tonto, perdeu o equilíbrio e tombou por terra. Sem mais delongas Tiguira enfiou a mão no seu bolso e pegou o que havia… R$15! E dobrou a serra do cajuru. Mas, manso de gaiola que é, não se deu o trabalho de ir longe. Foi gastar a bufunfa no Bar do Chacal, onde mais tarde recebeu as pulseiras de prata.

A prisão do assaltante Tiguira não foi fácil. Ao receber a ordem dos agentes da lei para se posicionar para a geral, Tiguira espalhou, rodou a baiana, soltou os cachorros nos policiais e rolou com eles na poeira! Só depois de muito forrobodó e alguns arranhões de ambos os lados, os homens da lei conseguiram colocar as pulseiras no assaltante de velhinho deficiente.

Antonio Donizete do Couto, 59 anos, passou pelo Pronto Atendimento Municipal onde recebeu curativos nos hematomas. Na ocasião ele contou que foi a quarta vez que se viu nas garras de Tiguira. Numas delas o assaltante sarcástico levou seu aparelho celular e ameaçou mata-lo caso ele o denunciasse à policia.  Mesmo assim o aposentado registrou o BO e pediu providencias contra o malvado assaltante pé-de-couve.

Alex “Tiguira” Delgado de Almeida, 22, é figurinha fácil no álbum da policia desde a adolescência. Assinou seu primeiro 155 como imputável poucas semanas depois de completar 18 anos. Desde então já passou diversas vezes pelo 157 e pelo 33. A ultima prisão foi na noite de 22 de fevereiro deste ano quando, na companhia de mais dois cumplices tomaram o dim-dim e a bicicleta do nóia Fabricio Vieira de Assis Barbosa na ‘Diquinha’ em Pouso Alegre e tentaram manda-lo para o andar de baixo! Por conta da tentativa de latrocínio, passou seis meses vendo o sol nascer quadrado. Saiu no ultimo dia 16 para tirar o dim-dim e o sossego do aposentado Antônio do Couto em Congonhal. A merreca de quinze reais que Tiguira ‘tomou na tora’ do aposentado deficiente, o levou de volta ao majestoso Hotel do Juquinha!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s