Tentativa de estupro à luz do sol no Jardim Aureliano

Carlos Adriano: - "Nao sei o que deu em mim.. Quando vi eu estava segurando o bumbum da moça!

Carlos Adriano: – “Nao sei o que deu em mim.. Quando vi eu estava segurando o bumbum da moça”!

Seis da tarde do dia 19 de junho de 2015.

EMS saiu da academia de ginastica no Jardim Olímpico e resolveu voltar à pé para casa. Afinal seriam menos de três quilômetros da academia até sua casa, no Jatobá, caminhando pela movimentada Avenida Prefeito Olavo Gomes de Oliveira. Além do mais, ela pretendia passar no supermercado! Seguiu. Pouco depois da rotatória do Fórum, atravessou a avenida e seguiu pela contramão. Havia andado poucos metros à margem da avenida quando de repente sentiu um agarrão por trás! Que medo! Tentou se desvencilhar do abraço do estranho mas ouviu uma voz ameaçadora:

– Fique quieta, não grite… Continue andando normalmente!

Junto com a ameaça EMS sentiu um objeto pontiagudo pressionando sua costela. Minutos depois ela saberia que o objeto era uma faca, provavelmente de cozinha. EMS foi levada para um local ermo a pouco metros da avenida, onde outrora funcionou um deposito de veículos credenciado pela policia! Ali, com a faca encostada na costela, ela foi estuprada! Toda a ação criminosa, segundo ela, durou cerca de 20 minutos. Já saciado o estuprador relaxou e afastou a faca… Neste instante a jovem botou a boca no trombone e viu o estuprador se afastar na penumbra das seis e meia da tarde fria de junho.

– No escuro eu não sabia se ele ainda estava por perto com a faca, por isso esperei alguns instantes para sair do local. Quando saí ele já havia desaparecido. – contou-me ela.

– E você procurou a policia imediatamente?

– Não! Eu fiquei morrendo de vergonha…

– E como a policia ficou sabendo do seu caso?

– Eu procurei depois. No final de semana passada eu fiz o teste e fiquei sabendo que estava gravida! Por isso na segunda feira (27) procurei a policia e registrei o crime! Eu não posso ter um filho de um estuprador!

 

Dez da manha ensolarada do dia 31 de julho de 2015.

A jovem MDC, como habitualmente faz, com os fones do celular no ouvido, caminha absorta pela Rua Luiz Barbato no Jardim Aureliano. De repente sente duas mãos fortes agarrando suas nádegas! Vira de supetão e vê um sujeito gordo, barba por fazer, agarrando seu traseiro! Institivamente ela se desvencilha dele e solta-lhe os cachorros!

Quase tão assustado quanto ela, o sujeito vira as costas e se afasta do local antes que alguém apareça e tome as dores da bela donzela indefesa!

Embora as ‘vias de fato’ para o estupro não tenha passado de ato libidinoso, figura presente no artigo 213 do código penal, a jovem aciona a policia.

Minutos depois os homens da lei abordam o cidadão Carlos Adriano Ramos Pereira no bairro Arvore Grande. Levado à presença da jovem MDC, ela confirma:

– Foi ele que me agarrou por trás enquanto eu fazia caminhada!

A policia militar, que desde o começo da semana andava na sombra do estuprador da jovem EMS ocorrido no dia 19 de junho na Avenida Prefeito Olavo Gomes de Oliveira, há poucos quarteirões dali, liga a pessoa ao fato! Apresenta primeiro a foto do moço que agarrara as nádegas de MDC, à jovem EMS. Depois o próprio maníaco!

EMS também confirma:

– Foi ele que me agarrou, encostou uma faca na minha costela, me levou pro mato e me estuprou no inicio da noite do dia 19 de junho.

Abatidos dois pombos com um tiro só!

Carlos Adriano Ramos Pereira, 38 anos, industriário, casado, admitiu ter passado a mão no traseiro da garota na manhã desta sexta…

– Eu ia passando, de repente não sei o que deu em mim! Quando vi eu estava com as mãos no bumbum da moça! Mas eu não fiz nada com ela. Ela me xingou e eu fui embora… – contou ele preocupado com o emprego de cinco meses que até ontem ocupava numa renomada empresa do Distrito Industrial de Pouso Alegre.

– E a garotinha que voltava da academia de ginastica no dia 19 de junho?

– Essa eu juro por Deus que não fiz nada!

Talvez não, mas o depoimento da garotinha EMS serviu para reforçar o depoimento de MDC. De acordo com o artigo 213 do Codigo Penal, com redação dada pela Lei.12.015, “Constranger alguém a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso”… ou seja: “passar a mão boba” nas partes pudendas da mulher sem o seu consentimento, dá cana… De 6 a 10 anos!

Por isso, apesar do choro, não teve vela e nem fita amarela, o Sr. Carlos Adriano e sua mão boba, a partir desta sexta 31, é mais um hospede do Hotel do Juquinha!

A região onde aconteceu o estupro e a tentativa, ao sul de Pouso Alegre, guarda amarga lembranças. Parece ter um íma que atrai crimes de cunho sexual…

Há cerca de três anos Emerson Luiz Barbosa tentou agarrar uma senhora que fazia caminhada no Jardim Aureliano… Debaixo da luz do sol! Em 2013 uma senhora que voltava da faculdade foi agarrada e estuprada perto dali, no Jardim Canada! No final daquele mesmo ano, estávamos jogando futebol na quadra do Canadá quando ouvimos gritos de mulher ali perto. Chegamos à tempo de salvar uma jovem donzela de 18 anos que havia subido na garupa do motoboy Aguinaldo Lima. Ele foi preso dois meses depois e responde por dez estupros!

O crime hediondo mais hediondo no entanto, aconteceu há mais tempo, em meados de 97. Marcelo Nascimento e a jovem noiva voltavam para a casa dela à pé, por volta de nove e meia da noite, quando foram abordados pelos terríveis irmãos Lima e levados para um milharal à margem da então estrada que leva ao bairro Curralinho. Ali, depois de duas horas de estupro coletivo, os irmãos mataram o jovem noivo e finalmente libertaram que sobrou da jovem estuprada. Esta ultima historia começa na pagina 49 do livro “Meninos que vi crescer”!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s