Dabordinha caiu… Outra vez!

Ao cair nas malhas da lei pela segunda vez em menos de 48 horas, Dabordinha levou com ele o 'patrão'  Isaqueu Bidi'

Ao cair nas malhas da lei pela segunda vez em menos de 48 horas, Dabordinha levou com ele o ‘patrão’ Isaqueu Bidi’…

Raspava meio dia desta quarta, 22, quando os homens da lei, seguindo os rastros do assassino de Luan Mariosa, foram bater à porta da cidadã Poliana Marcela Manoel Justino, no inicio da velha Rua Nova, na Baixada do Mandu. Os policiais militares não tinham o ‘mandamus’ do Homem da Capa preta, mas tinham denuncias de amigos ocultos da lei, recebidas e registradas através do famigerado “181”, dando conta de que ela mantinha mocosados em sua casa armas de fogo usadas no assassinato do menor no ultimo sábado. Embora alegasse desconhecer tal fato, diante das circunstancias, Poliana Marcela franqueou a entrada aos homens da lei.

Durante as buscas, os policiais encontraram razoável quantidade de drogas espalhadas por toda casa… Havia maconha no guarda roupa, numa gaveta, na algibeira de Poliana além de fitas e utensílios comumente usados para embalar drogas.

Numa gaveta do guarda roupa os homens da lei encontraram a artilharia… Dois revolveres Taurus 38 bem conservados e municiados – devem ser aqueles que “Dabordinha” exibia com orgulho nas redes sociais!

"Dabordinha" de cabelo novo...!

“Dabordinha” de cabelo novo…!

Tão logro encontraram as provas dos crimes na casa de Poliana, os policiais apresentaram as pulseiras de prata à ela, a seu marido Isaquel Miguel de Oliveira e ao seu pistoleiro Helson Lemes de Almeida, o Dabordinha, que estavam mocosados em casa.

Com relação à droga encontrada em sua casa, Poliana Marcela deu a explicação clássica…

– A droga é minha, sargento… É para meu uso!

Isaquel “Bidi” e Helson “Dabordinha” também tinham explicação pronta, na ponta da língua…

– Os parentes do Luan ‘acham’ que nós estamos envolvidos na morte dele e estão fazendo ameaças… Por isso compramos os trabucos para nos defender! – Disseram ambos.

Poliana também rodou com o marido...!

Poliana também rodou com o marido…!

Aos vinte e nove anos de idade, Isaquel “Bidi” Miguel de Oliveira, tem no ‘currículo’ um 12 da charmosa 6368, um 33 da nova 11.343, um 121 do CP, tentado e alguns anos de ‘estagio’ no Hotel do Juquinha!

Proporcionalmente o currículo de Helson Lemes “Dabordinha” de Almeida é bem mais rico! Ele tem um 121 de dois atrás, devidamente apurado, um 121 tentado no domingo de pascoa, um 121 consumado no ultimo sábado, ambos já com 18 anos, ainda em investigação, um 180 apurado na ultima segunda feira, 20, do qual pagou R$2 mil de fiança para livrar-se solto de acordo com a lei e agora um duplo 16 da Lei 10.826, e, pasmem estimados leitores! se não fossem as barangas e patuás de maconha encontrados no mocó onde eles se escondiam, ele voltaria hoje mesmo para as ruas!

Neste momento o ‘patrão’ Bidi, o ‘empregado’ e pistoleiro Dabordinha e a comparsa Poliana Marcela estão sentando ao piano do delegado Gilson Baldassari na DP, onde deverão assinar além do porte de armas e munições, o famigerado 33 que os levará para o Hotel do Juquinha!

A bala que matou Luan, no sábado, saiu de um destes trabucos...!

A bala que matou Luan, no sábado, saiu de um destes trabucos…!

O interrogatório a respeito do assassinato de Luan deverá acontecer no decorrer da semana…!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s