Estupro na 459

Marcos Maglioni, 50, passou os últimos seis anos atras das grades!

Marcos Maglioni, 50, passou os últimos seis anos no Hotel Recanto das Margaridas… Atras das grades!

Tudo começou com uma inocente carona no sitio Agua Preta no bairro Balaio, zona rural de Santa Rita do Sapucaí, na manha desta quarta, 15. Dona EFS precisava ir à cidade levar o filho infante a uma consulta e, como no local não passa linha regular de ônibus, aproveitou a carona oferecida pelo cidadão Marcos Moreira Maglioni, filho do dono da fazenda onde mora, até Santa Rita. Ao chegar à cidade, no entanto, Marcos passou direto e pegou a rodovia BR 459 em direção à Pouso Alegre. Quando EFS reclamou Marcos mandou que ela se abaixasse no carro e ficasse quieta…

– Cala a boca… Vou te levar para a cidade grande! Vou te levar para conhecer um motel…!

Segundo a vitima, tão logo pegou a rodovia, Marcos começou a passar a mão e acariciar seu corpo…! Na entrada da cidade ele parou para dar carona a duas mulheres na beira da estrada depois de ameaça-la caso ela o delatasse. No trajeto da entrada até o centro da cidade, … aproveitando a distração do tarado, escreveu um bilhete e entregou à uma das mulheres relatando o fato. Quando o carro parou para as caronas desceram na Avenida Vicente Simões, … saltou correndo do carro e procurou a delegacia de policia onde registrou o BO contra o estuprador.

Desde então Marcos Maglione passou a ser caçado pela PM. No final da tarde da quarta acabou caindo nas malhas da lei por outro crime… Ameaça! No dia anterior ele havia se apropriado indevidamente de um Fiat Palio azul da ex-companheira no bairro dos Ferreiras em Pouso Alegre e voltou na tarde seguinte para ameaçar seus familiares. Ele foi preso no bairro Foch em Pouso Alegre e levado para a DP, onde sentou-se ao piano e assinou os artigos 147 e 213 do CP.

Esta não foi a primeira vez que Marcos Moreira Maglioni recebeu as pulseiras de prata da lei.

Filho de tradicional e respeitável família de Santa Rita do Sapucaí, fazendeiros, Marcos anda às voltas – tortas – com a justiça desde 1999, quando assinou seu primeiro artigo criminal, o 180. Depois disso vieram o 171, 147, 149,129, 155, 168 e agora o mais pesado… O 213.

Em meados da década passada Marcos deu muito trabalho para este blogueiro. Depois de aproveitar as branduras do regime semiaberto ele ‘abandonou’ o Hotel Recanto das Margaridas onde cumpria pena e foi se esconder na fazenda dos pais, no bairro do Balaio. Devido à topografia do terreno, ele percebia nossa presença muito antes de chegarmos ao casarão e se embrenhava nas matas e cafezais ao pé da serra, como um verdadeiro matuto! Embora sua captura fosse ponto de honra para nossa equipe na época – pois todos os demais meliantes da capital da eletrônica já estavam atrás das grades – procurá-lo no meio de matas, capoeiras e cafezais era completamente inútil. Depois que penduramos as chuteiras e o perigo passou, Marcos foi ficando manso de gaiola, até que passou a frequentar novamente a civilização… E acabou caindo nas malhas da lei, em 2008. Estava em liberdade desde setembro do ano passado.

 

Embora nossos leitores já estejam devidamente ‘escolados’ nos principais artigos do Código Penal Brasileiro de 1940, convém esclarecer que, de acordo com a nova redação do famigerado artigo 213, dada pela Lei 12.015, de 2009, “Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso” é ESTUPRO! Portanto “mão boba” com libidinagem pode dar de  6 (seis) a 10 (dez) anos de cana!.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s