Epidemia de ‘ratos’ em Santa Rita do Sapucaí

Enquanto os foliões fazem a festa nas ruas e na Cidade do Urso, eles fazem a festa nas suas repúblicas!

Apesar das blitz e de todo o aparato de segurança para inibir os crimes, nas ultimas vinte e quatro horas a policia militar registrou uma dúzia de furtos e dois roubos na cidade! Em um deles, o ‘bloco dos ratões’ de repúblicas renderam o vigia e limparam a casa!

O primeiro roubo aconteceu no crepúsculo do domingo, 11, no bairro Joaquim Marques. O cidadão V.N.P. estava quieto na sua residência na companhia dos filhos e netos, onde funciona também um boteco, quando os assaltantes chegaram pilotando uma Yamaha Fazer roxa e tocaram o terror. Um deles sacou um trabuco 38, anunciou  o roubo e depois de limpar os bolsos do aposentado, obrigou-o a abrir um cofre no interior da residência. Do cofre não levaram nada, pois só tinha poeira!

O segundo roubo aconteceu na Vila Operaria.

Para evitar furtos na republica onde alugaram, os oito foliões oriundos de Campinas-SP, contrataram um casal de caseiros para fazer a segurança… E o furto virou roubo!

O casal estava no terraço da casa por volta de uma e meia da madrugada quando quatro assaltantes de aproximaram. Dois deles apontaram os trabucos para o casal e ameaçaram atirar se eles tentassem sair da mira. Enquanto isso outros dois pularam o muro, entraram na casa e trancaram o casal no banheiro.

Durante varredura nas imediações do local do roubo a polícia militar conseguiu prender um dos ratões de república. Na verdade ratinho! Ele só tem 17 anos! Com ele a polícia apreendeu parte da res furtiva, um radio HT sintonizado na frequência da policia, e uma das armas usadas no crime, um revolver de plástico!

A.P.S.R. contou que dois dos seus ‘parças’ no roubo são conhecidos por Mateus Alemão e Mateus Zóio. Nem Alemão nem Zóio foram vistos!

Mas é bom ficarem de olho, de preferência longe do terraço e fora da mira dos trabucos, pois o carnaval só acaba na quarta feira de cinzas…!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *