Brincadeira de ‘criança grande’ em Heliodora

Dois amigos saíram pela cidade dirigindo uma caminhonete em alta velocidade, exibindo uma revolver pela janela!

 

Heliodora Centro

O imbróglio chegou ao conhecimento da Policia Militar no final da tarde deste domingo, 08. Segundo os amigos ocultos da lei, havia dois cidadãos em uma caminhonete Nissan Frontier preta, circulando pelas ruas da cidade em alta velocidade e com manobras arriscadas, colocando a vida dos transeuntes em perigo. Ainda segundo os informantes, o passageiro estava com o braço na janela da caminhonete exibindo uma arma de fogo.
A abordagem aos arruaceiros aconteceu na estrada vicinal que liga a histórica cidade que homenageia “Barbara bela do norte estrela, que o meu destino sabes guiar…” à vizinha Natercia. Rodrigo “Tiziu” Eugenio Lino dos Santos, 25, morador do centro de Heliodora e Bruno Gonçalves Vinci, 21, morador da zona rural de Lambari juraram de pés juntos que não estiveram praticando direção perigosa na cidade. E negaram também a exibição da arma de fogo. A arma, no entanto, – de brinquedo! – foi encontrada a poucos metros dos abordados, jogada próximo a uma cerca de arame.
Bruno & Rodrigo – nome de dupla sertaneja… desafinada! – desceram para o quartel da PM e sentaram ao piano do sargento.
Como os delitos de direção perigosa e ameaça se enquadram na Lei 9.099/95, eles assinaram um TCO e foram liberados. Mas voltaram para casa à pé, pois além de duas multas de transito, a caminhonete foi apreendida!
Segundo um morador local e leitor do Blog, depois de apreendida, a Nissam preta voltou a desfilar pela cidade… mas desta vez sobre o caminhão do guincho! enquanto a população aplaudia a policia pela rápida atuação…!

Anúncios

2 respostas em “Brincadeira de ‘criança grande’ em Heliodora

  1. E enquanto isso…, em Sampa, brincadeira de marmanjo, dentro da galeria do MAM, na avenida Paulista:
    Mudando de assunto:
    Sobre exposições de nudez com crianças interagindo com homem nu no sudeste (SP): “ESPÍRITO do TEMPO da arte e a NUDEZ”.
    A questão não é a nudez.
    Todos gostamos da arte cujo tema é a nudez.
    Nós seres-humanos apreciamos milenarmente a arte de nudez clássica.
    Seja foto
    Pintura de Renoir
    Filme
    Desenho
    HQ de Milo Manara
    Arte grega
    Pintura clássica do Renascimento
    Performance
    Peça de teatro
    A esquerdalha — Kitsch, baranga, petista, psolista, cafona, de mau gosto, bregona, e jornalistas-supostos-moderninhos querem desviar de assunto e dizer, afirmar Q estamos contra a nudez: Não. Isso é para nos tachar e, também, tachar o brilhante e avançado MBL. O corpo nu é belo, como pôr-do-sol.
    1.
    O problema é a picaretagem. O engana-trouxa. O lixo de certa suposta pseudoarte contemporânea, qdo é de real mau gosto. Pornografia em vez de arte: consumo de lixo. E é disso que se trata quem se posicionou contra aqueles 2 lixaços: parte da exposição de P. Alegre & em bloco a do MAM.
    2.
    A outra questão é usar meu imposto para financiar picaretagem, embuste, vigarice mesmo com a normativa do MAM (mesmo sendo um espaço de AUTORIDADE artística e acadêmico).
    É como pichação: nunca foi arte. É puro engana-trouxa, diferente do graffiti.
    Gaudêncio Fidélis (curador) foi, naquele momento, um verdadeiro em embusteiro.
    Eis aí tempo de incertezas caóticas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s