Policia Civil prende ladrão de carro e assaltante da enfermeira

Ele usou uma máquina de choque para subjugar e atacar as vítimas.

Luciano Gonçalves de Souza, o “Baiano” “Paulista” diz que o autor dos roubos é outro “Paulista”.

Luciano Gonçalves da Silva, o “Paulista” ou “Baiano” recebeu as pulseiras de prata da lei ao pé da manhã desta quarta, 12, no Cidade Jardim. Apesar de estar manso de gaiola, para evitar que ele batesse asas e levantasse vôo, o delegado Gavião e seus pupilos bateram à sua porta bem cedinho, e pegaram ainda no ninho. Embora não estivesse em flagrante, Luciano Baiano Paulista Gonçalves de Souza tinha a prisão preventiva decretada pelo Homem da Capa Preta, doutor Marcio Tulio L.Mota Naves, a pedido do delegado Renato Gavião. A investigação dos pupilos do delegado de furtos & roubos colocou Luciano na cena de ao menos dois roubos “chocantes” no comecinho deste mês.
No final da noite de sábado 1º de julho, o caminhoneiro J.B.N. estava dentro do seu Kadet, parado defronte a lanchonete do Gomes, perto da Medicina, esperando seu lanche, quando um macambuzio sujeito apareceu na janela, apontou uma pistola de choque e ameaçou eletrocutá-lo se ele não entregasse o carro. Mais tarde o Kadet foi vendido para dois moleques no Cidade Jardim por trezentos reais!
Segundo os moleques intrujões – que disseram que não sabiam que o carro era roubado! – eles o haviam comprado do tal “Baiano” ou “Paulista”.
Na aurora do domingo, 02 de julho, depois de uma noite de plantão no hospital Regional Samuel Libanio, a enfermeira J.D.R. voltava para casa pela Brito Filho, quando conheceu também a pistola de choque. Não só conheceu como sentiu os choques! Na tentativa de proteger sua bolsa ‘com tudo dentro’, ela foi agredida com socos, pontapés, puxões de cabelos e choques elétricos.
A dupla de assaltantes chocantes, que desceu o borralho na enfermeira e tomou sua bolsa com celulares e tudo mais, dobrou a serra do cajuru em um Fiat Palio Weekend… O Palio foi o fio da meada que levou os pupilos do delegado Gavião ao assaltante ‘chocante’.
Depois do ‘café na cama’ com os policiais em sua casa ao pé desta manhã de quarta, Luciano Gonçalves de Souza foi sentar-se ao piano do paladino da lei na DP… mas jurou de pés juntos que é inocente!
– Devo nada, não doutor. Já paguei minha cana tudo. Tô limpo. Quem fez essa fita aí da enfermeira foi o ‘Ditão’ e outro ‘maluco’ que tem o apelido de Paulista… Sou eu não senhor! O Kadet também foi desse Paulista. O carro tava parado na porta da minha casa… Só pedi para os moleques tirar ele de lá – afirmou o ‘cadeieiro véio’.

Luciano Baiano ou Paulista já passou 17 dos seus 40 anos atrás das grades paulistas e do Hotel do Juquinha, por roubos e trafico.


Se Luciano Gonçalves de Souza, figurinha fácil no álbum da policia, e no bairro Cidade Jardim, pelas alcunhas de Baiano e Paulista está dizendo a verdade, ele deve ter um irmão gêmeo univitelino! Com a mesma cara – e os mesmos hábitos – pois seu rosto estava no local dos dois crimes! Tanto a enfermeira quanto o caminhoneiro e uma testemunha que viu o assaltante levar o Kadet, reconheceram Luciano “Baiano” “Paulista” como sendo o assaltante da pistola de choque. Nos dois casos. Inocente ou não, ele voltou para o lar-doce-lar do Hotel do Juquinha! E pode ser reconhecido por outras vitimas em outros casos…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s