Foi furto? Ou foi mais um conto do bilhete premiado???

No final da tarde desta segunda-12, a viúva HJF, 62 anos chamou a policia militar à sua casa, no Jardim Europa em Pouso Alegre, para dar queixa de furto. Segundo ela, uma mulher bem arrumada, com blusa de oncinha, tomou-lhe a quantia de R$4 mil! Mas a estória é um tanto quanto obnubilada…!!!

O golpe do falso sequestro é quase tão velho quantos essas cédulas… Mas tem gente que ainda cai!


-Eu havia acabado de sair da casa lotérica da Silviano Brandão, quando uma senhora se aproximou e disse para eu ficar quieta. Em seguida ela me fez entrar no seu carro. Dentro do carro ela falou que precisava de 4 mil reais!
– “Vou te levar ao banco e você vai sacar 4 mil e me entregar”! – Teria dito a tal mulher.
Ainda segundo a viúva, elas passaram quase duas horas rodando no carro da mulher de oncinha pela cidade, até foram juntas à matriz da Caixa Econômica Federal na Praça Senador Eduardo Amaral sacar o dinheiro.
– E a senhora sacou o dinheiro no caixa eletrônico? – quis saber o policial.
– Não. Sacamos na “boca do caixa”… – contou a viúva.
– Mas ela te ameaçou, te mostrou alguma arma? – indagou o policial.
– Não. Mas eu fiquei com medo, por isso obedeci e entreguei o dinheiro pra ela na boca do caixa…
Segundo a viúva, depois de entregar o dinheiro, entraram novamente no carro da ‘mandona’ e seguiram em direção ao bairro Faisqueira. Logo depois do Baronesa a vigarista parou o carro e mandou a viúva descer, deixando-a só com o cabo do guarda-chuva na mão…
O ‘roubo’ do qual a viúva foi vitima, segundo ela, desenrolou-se a partir das dez e meia da manhã, mas chegou ao conhecimento da policia militar às três e meia da tarde, quando finalmente dona HJF chamou os policiais à sua casa, no Jardim Europa, e contou o imbróglio.
Ainda segundo a viúva, a ladra era alta, forte, loira, bem arrumada, tinha cerca de 45 anos e usava blusa de oncinha!
Essa foi a estória que a viúva HJF contou aos policiais…!!!
Essa é mais uma típica estória de Conto do Bilhete Premiado que, por vergonha de si mesmo, por ter caído na conversa do vigarista e entregado seu rico dinheirinho de mão beijada, a vítima conta – tardiamente – pela metade!!!
Contado assim, pela metade, tardiamente, a polícia tem muito pouco a fazer…!

Anúncios

Uma resposta em “Foi furto? Ou foi mais um conto do bilhete premiado???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s