Policia prende travesti na madrugada

“Karol” foi surpreendido em cima do telhado de um ‘pet shop’!

A noticia que chegou até a policia militar, via 190, dava conta de que havia uma mulher no telhado de um pet shop da rua Dr. Samuel Libanio, tentando entrar na loja.
– O que você está fazendo aí? Perguntou o vigilante.
– Estou dando uma volta… – respondeu a figura com voz cantada.
– Quando eu disse que iria chamar a policia, ela começou arrancar telhas do telhado e jogar na minha direção… – contou o vigilante noturno da firma de segurança eletrônica.
Só faltou molhar a ponta do dedo indicador e dizer que iria me afogar..!!! – deve ter pensado o vigilante.
Quando a PM chegou ao pet shop, a ladra, quero dizer, o ladrão, ou talvez o ladra-ão, já havia dobrado a serra do cajuru. É que se tratava de um homem, que às vezes age como mulher, ou seja: um travesti! O moço, que se veste como moça, é Normando Ferreira Santos, também conhecido por “Karol”, 36, morador do Cidade Jardim.
Após atirar telhas no vigilante, Normando desceu do telhado do pet shop e passou sebo nas canelas, sendo seguido de perto até pular o muro de um quintal na rua Antonio Caixeta, onde finalmente recebeu as pulseiras de prata dos homens da lei.
Para entrar no pet shop, além de pular o muro e subir no telhado, “Norma” quebrou o vidro da janela dos fundos. Depois de danificar três sensores de segurança e revirar tudo sem encontrar nada de interessante, ele resolveu ir embora de mãos abanando, quando então foi surpreendido no telhado pelo vigilante e tentou mata-lo com uma telha. – Ou afogado em cuspe!
Embora não tenha levado nada, a cachorrada, desculpe, o arrombamento ao pet shop no meio da madrugada, rendeu ao travesti um 155 triplamente qualificado, portanto, sem direito à fiança! E lá foi Karol, mais uma vez, para o Hotel do Juquinha!

Anúncios

2 respostas em “Policia prende travesti na madrugada

  1. Boa noite sei Airton.
    Primeiramente qro esclarecer algo que o ato escreveu sobre este é do travesti.
    Eu sou o vigilante que viu tudo e avisei a PM…
    Não gostei das palavras colocadas pelo senhor sendo que não dei nenhuma entrevista ao não ser ao delegado de plantão.
    Da próxima vez averigue com mais precisão e cautela sobre seus comentários preconceituoso .

    Curtir

    • Boa noite Sr. Celso.
      Consta no referido BO que o sr.surpreendeu a pessoa no telhado, manteve conversação com ela e contou os fatos à policia, não é mesmo?
      Quanto ao linguajar usado pelo jornalista, ele é de inteira responsabilidade do jornalista.
      Abraços.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s