Simplório & Finório atacam novamente – Parte II

E levam R$20 mil do aposentado!

A vitima da vez foi o sr. Antônio, aposentado de 70 anos, morador do bairro Primavera em Pouso Alegre. Ele estava indo à igreja N.S. de Fatima no meio da tarde desta quinta-feira, 20, fazer suas costumeiras orações, quando o diabo apareceu, desculpe, Simplório apareceu. O moço claro, de meia idade, com cara de pelamordedeus foi logo dizendo que tinha um bilhete premiado cujo prêmio era de um milhão e duzentos mil, mas precisava depositar 20 mil na conta para poder sacar o prêmio. No entanto, além de não ter os 20 mil ele nem sabia ler!
– Se o senhor me imprestá os vinte mir, eu te dou 140 mir… – propôs Simplorio, com cara de pedinte de semáforo da Vicente Simões! Os de lá são mais espertos que os dos outros semáforos… ‘Trabalham’ na sombra dos frondosos Ficus!
Como sempre, antes que ‘seu’ Antonio se manifestasse, apareceu Finorio, o ‘esclarecido’, sempre disposto a ajudar, querendo também uma pequena gorjeta! E foi logo ligando para uma suposta casa lotérica e confirmando que os números do bilhete do Simplorio eram de fato os sorteados.
E o velho conto do vigário se repetiu… Seu Antônio entrou no carro do Finorio, que ‘por acaso’ estava logo ali depois da esquina, e foram ao banco sacar os R$ 20 mil. Do banco do ‘seu’ Antônio foram para outra agencia receber o prêmio da loteria.
No caminho Simplório passou mal. Precisava urgentemente de agua para tomar seu remédio, senão morreria ali mesmo. E o bondoso aposentado saltou para comprar a milagrosa garrafinha d’agua, deixando com a dupla os R$20 mil, economia de uma vida inteira de trabalho! Quando voltou com a garrafa d’agua… só o pó! Simplório & Finório haviam naturalmente dobrado a serra do cajuru…!
E ‘seu’ Antônio voltou pra casa só com o cabo do guarda-chuva na mão!

Anúncios

4 respostas em “Simplório & Finório atacam novamente – Parte II

  1. Complementando a postagem anterior, há alguns detalhes obscuros nesta história. Como é que alguém consegue sacar R$ 20 mil de um banco? Valores altos devem ser provisionados com, no mínimo, um dia de antecedência. Além disso, como é que o funcionário do banco entregou esta quantia sem desconfiar de nada, nem fazer nenhum tipo de questionamento?

    Curtir

    • De fato Nogueira… Há algum tempo fiz uma compra de uma motocicleta nesse valor e pra conseguir realizar a transferência bancária, tive que ir pessoalmente na agência, fazer 2 ligações pra 2 gerentes diferentes e ainda recebi uma terceira ligação confirmando os dados e se eu realmente estava comprando o veículo, só assim liberou o TED… Acho q seria uma boa a polícia já começar a investigar por quem entregou esses 20 mil reais pro senhor de 70 anos… Tem caroço nesse angu.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s