Assalto a residência na serrinha do Pantâno

Assustada com as ameaças dos bandidos, a velhinha só procurou a polícia mais de doze horas depois do crime!

Passava da uma hora da manhã desta segunda-feira, 16, quando Maria Aparecida, 71 anos, foi arrancada dos braços de Morfeu pelo barulho dos chutes na porta. Ao levantar-se da cama deparou com dois guampudos encapuzados já entrando no seu quarto portando um trabuco e um porrete e fazendo ameaças. Primeiro impediram que ela acordasse o marido enfermo. Depois, sempre com o trabuco no seu pescoço, os assaltantes reviraram toda a casa até encontrar o que queriam: R$ 8 mil em espécie. Enquanto reviravam a casa de pernas para o ar a procura do dinheiro, – que pelo jeito sabiam que havia! – os dois assaltantes faziam o ‘jogo do bandido mau e do bandido bonzinho’…:
– Um queria me amarrar com uma corda, o outro falava que eu estava cooperando…. – contou a senhora. E acabaram deixando a corda no local do crime.
Antes de dobrar – literalmente – a serra do Cajuru, os assaltantes ameaçaram voltar para matá-la caso ela chamasse os homens da lei. Dona Maria Aparecida procurou a polícia no início da tarde, cerca de treze horas depois do roubo! A esta hora os dois guampudos ameaçadores, assaltantes de velhinhas indefesas e velhinhos enfermos, já haviam apagado seus rastros…!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s