Sequestro, cárcere privado e extorsão em Ouro Fino

Família do gerente do banco passou a noite toda em poder dos sequestradores. Dois deles foram presos.
menino-da-porteira
A família do gerente do BB de Ouro Fino viveu mais de doze horas de terror e medo nesta quarta-feira, 11. Tudo começou às oito da noite de terça quando o gerente chegou em casa. No momento em que entrava na garage, ele foi abordado por dois guampudos armados de pistola. Sob a ameaça dos trabucos ele foi levado para o interior da casa e isolado num quarto juntamente com a esposa e a filhinha de dois anos. Logo depois de assumirem o controle da casa, os dois assaltantes chamaram outros dois e passaram a noite toda na casa do gerente cheirando cocaína! Apesar das poucas palavras ficou claro que os assaltantes queriam o dinheiro do banco
O terror da família aumentou de manhazinha. As seis e meia os assaltantes colocaram a esposa e a filha do gerente num Honda e deixaram o local. Uma hora depois um dos assaltantes foi com o gerente ‘fazer a retirada’ do dinheiro do banco. Mas deu tudo errado. Ao tentar abrir o cofre, fora do horário programado, o sistema de segurança travou… E ficaram só com o cabo do guarda-chuva na mão! E tiveram que abortar o assalto!
Enquanto um assaltante tentava fazer o saque no cofre no banco, os outros ficaram circulando a esmo pelo município com a família do gerente como refém. Ao serem informados da abortagem do roubo, os assaltantes liberaram a mulher com a filhinha próximo ao bairro Escolinha, a dez quilômetros da cidade. Aos prontos e sem saber o destino do marido, ela pediu ajuda a um motociclista e conseguiu comunicar seu drama à polícia.
Algumas horas mais tarde a Policia Civil prendeu dois dos autores do sequestro. Os meio-irmãos Valdeci Aparecido de Souza e Ewerton Batista de Oliveira ainda estavam no bairro Escolinha. Ambos se embrenharam no mato e tentaram dobrar a serra do cajuru. Valdeci atirou nos policiais enquanto fugia, mas foi recebeu dois tiros na perna e caíram ambos nas malhas da lei.
Valdeci Aparecido de Souza, 33, é um dos mais ilustres traficantes de Ouro Fino. Tem vários ‘empregados’ espalhados pela cidade. Usando quase sempre motos, ele próprio abastece seus formiguinhas com ‘kits’ pedra e farinha a cada dois dias. Por conta deste ‘currículo’ fartamente enriquecido pelos dossiês da PC e PM, ele estava com a PP decretada pelo homem da capa preta da comarca. Como o homem é produto do meio, seu meio-irmão Ewerton Batista de Oliveira, também entrou para o ramo de drogas. Agora que resolveram expandir os negócios, finalmente caíram nas malhas da lei, e foram se hospedar no velho hotel Menino da Porteira.
A polícia está agora na sombra dos outros dois sequestradores da família do gerente!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s