Furto de Bicicletas

Carlos Eduardo PInto, o uniuco 'dimaior' da quadrilha de ladrões de bicicletas, acabou segundo sozinho a bronca...!

Carlos Eduardo PInto, o uniuco ‘dimaior’ da quadrilha de ladrões de bicicletas, acabou segundo sozinho a bronca…!

Eram cerca de três da madrugada fresca desta sexta, 02, quando o alarme do Bicicletaria São Geraldo, no centro do velho Aterrado disparou. Naquele momento um grupo composto de quatro pessoas, quase todos adolescentes, estava arrombando a loja com um pé-de-cabra. Mesmo sendo delatados pelo alarme os quatro ratões da madrugada, filmados pelas câmeras de segurança da loja, levaram 14 bicicletas e vários acessórios tais como quadro, grafos, jogos de rodas, selins, passadeiras, cubos e rolamentos.

Durante levantamentos nas imediações da loja os policiais souberam que um tal de Luquinha, Eduardinho, William e Tainá foram vistos empurrando algumas bicicletas no meio da madrugada.

Luquinha é L.A., 17 anos, morador da Rua Luiz Prudenciano. Ele foi abordado na porta de sua casa e quando abriu o portão… A casa caiu. Sete das bicicletas furtadas estavam no corredor de sua casa.

– Foi eu mesmo seu ‘puliça’…! Mas eu tava sozinho na fita! Eu dei três viagens trazendo as magrelas, duas de cada vez… – Disse Luquinha

Mais tarde a policia apresentou as pulseiras de prata ao ‘parça’ dele, Carlos Eduardo Pinto. Os outros dois delinquentes que teriam participado do arrombamento da loja, não foram localizados.

 

O comerciante conseguiu recuperar ao menos metade dares furtiva...

O comerciante conseguiu recuperar ao menos metade da rês furtiva…

Além das sete bicicletas, os policiais recuperaram ainda em poder de Luquinha uma cavadeira de ferro usada para arrombar a porta da loja, dois selins, passadeiras, jogos de freios, câmbios de marcha, pinças e outros acessórios de ‘magrelas’!

Ao retirar parte da res furtiva recuperada pela policia, na DP, o comerciante Laercio Amaral comentou:

– Estou instalado naquele local há 19 anos… Esta foi a primeira vez que tive a loja arrombada e furtada desta maneira!

Segundo o pai do meliante Luquinha, seu filho passa as noites na rua…

– Ele só vai pra casa para dormir… Durante o dia! – disse ele.

E pelo andar da carruagem vai continuar a rotina, pois ‘dimenor’ não comete crime, comete apenas ‘ato infracional’ e ato infracional “não dá nada, mesmo”…!

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s