“Madalena arrependeu” tarde demais!

Walter se arrependeu tarde demais...!

Walter se arrependeu tarde demais…!

Walter Henrique da Rosa, 27, foi preso por trafico de drogas e porte de arma em 2013 e recolhido ao Hotel do Juquinha. No dia 01 de julho de 2014 ele foi transferido para a APAC, no bairro dos Farias.

Como é do conhecimento do estimado leitor, no regime semi-aberto e aberto da APAC só cumpre sua pena quem quer. Quem não quiser basta pegar sua tralha, pular o muro e dobrar a serra do cajuru. – No caso dos condenados que moram em Pouso Alegre, é Cajuru mesmo, com ‘c’ maiúsculo, o bairro que fica a meio caminho entre a APAC e a cidade! E aí não será serra, mas sim a ‘baixada do cajuru’!

O Walter Henrique fez isso. Ele não estava gostando da hospedagem gratuita na APAC. Por isso, depois de sete meses fazendo arruação de café, cuidando de porcos, galinhas e vacas, ele fez as malas e foi embora para casa… Sem se despedir de ninguém!

Seis meses depois se arrependeu e resolveu voltar para o lar-doce-lar da APAC! Nesta terça, 11, ele bateu na porta da instituição prisional idealizada por Mario Otoboni, plagiando Roberto Carlos…

– “Eu volteeeei, voltei agora pra ficaaaaar! Por que aquiiiii… Aqui é o meu lugaaaaar”!

Não é mais!

Seu arrependimento foi tardio!

A figura jurídica do “arrependimento eficaz” está presente no artigo 15 do código penal. Ela trata do comportamento do sujeito que após realizar os atos de consumação de um crime, se arrepende e consegue evitar que o crime produza seus efeitos! Por exemplo…: Godofredo briga com Belarmino e resolve mata-lo. Planeja a execução, enche a espingarda de chumbinho, bucha, sal e fica de tocaia atrás de uma figueira ao pé da serra do cajuru esperando Belarmino passar. Ao vê-lo surgir na curva da estradinha poeirenta, montado no cavalinho baio, faz mira e puxa o gatilho… Acerta os dois tiros no peito do desafeto!

Ao se aproximar para ter certeza que o vizinho não vai mais roubar as laranjas do seu pomar, Godrofredo vê Belarmino agonizando, se arrepende, toma o desafeto no colo, coloca na sua charrete, leva-o imediatamente para o hospital e consegue salvá-lo!

Godofredo vai responder apenas pelo crime de lesão corporal… Será absolvido de tentativa de homicídio!

Mas o arrependimento tem que ser eficaz!

Ele é que tem que tomar a iniciativa antes que outrem a tome!

O arrependimento de Walter Henrique não foi eficaz!

Se ele tivesse se arrependido antes e voltado até o dia 28 de julho, poderia ter sido aceito. Receberia um puxão de orelha e voltaria a cuidar das vaquinhas, porquinhas e galinhas até cumprir o restante da pena.

Mas havia passado muito tempo!

No dia 29 de julho, com ‘saudade’ do seu custodiado e sem ter noticias dele, o homem da Capa Preta mandou expedir Mandado de Recaptura! Por isso, quando Walter Henrique foi reclamar o seu cantinho, ele já era “procurado”!

Os homens da lei foram chamados na recepção da APAC, Walter Henrique recebeu pulseiras de prata e foi levado no Taxi do Contribuinte para a DP. De lá seguiu no Taxi do Magaiver para o Hotel do Juquinha onde tudo começou em 2013!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s