Simplorio & Finório atacam de novo em Pouso Alegre!

DSC05351

… Menos de quarenta e oito horas depois!

A vitima da vez foi a senhora Brianezzi, 72 anos moradora do Esplanada. Caminhava ela bela e faceira para manter a forma no Fatima I, no final da manhã desta segunda, quando achou a sorte grande!

Nas proximidades do Posto Fatima apareceu Simplorio… Moço de uns quarenta anos, usando camisa polo verde escura e calça escura. Sem mais delongas o moço foi dizendo que tinha um bilhete premiado da Mega Sena, mas era analfabeto e não sabia como fazer para receber o premio. E prometeu dar a ela cem mil reais se ela o ajudasse.

Antes que dona Brianezzi ordenasse as ideias e calculasse quantos anos ainda precisaria viver para somar cem mil reais de aposentadoria, apareceu Finória!!! Senhora fina, educada, bem vestida, cerca de 50 anos. Dizendo ser advogada, foi logo recomendando que falassem baixo para ninguém ouvir, pois corriam o risco de serem assaltados… E Naturalmente se ofereceu para ajudar! Em troca de cem mil também, é claro!

Conversa vai conversa vem, Simplorio concordou em dar cem mil para cada uma, mas para isso precisava de uma ‘prova de confiança’ de ambas!

A advogada “Finória” imediatamente abriu uma bolsa feminina, retirou um pacote com notas de cem, dizendo ser cinco mil reais e entregou à Simplorio, que guardou o maço de ‘dinheiro’ na patrona de couro que trazia à tiracolo. Em seguida entraram no carro de Finoria e foram à residência da senhora Brianezi pegar a sua ‘prova de confiança’.

– Mas a senhora só tem R$ 2,500, dona Brianezi! – Choramingou ofendido Simplorio.

– Ah, não… Mas então você vai dar só 50 mil pra ela! – reclamou a advogada que havia dado cinco mil como prova de confiança!

Então – pasmem meus estimados leitores – a senhora Brianezi, 72 anos, vivida, aposentada, entrou novamente no carro com a dupla e foram ao banco Mercantil! Lá ela fez um empréstimo no caixa eletrônico, no limite do que podia… R$ 2.227 e entregou ao dono do bilhete premiado!

Com dim-dim da aposentada na guaiaca, seguiram para a Caixa Econômica Federal para sacar os milhões da Mega Sena. No caminho da Caixa deu uma fome danada no ‘milionario’ senhor Simplorio. Ao passar defronte uma lanchonete ele disse que precisava comer um lanche…

Sem espaço para estacionar, a advogada pediu à dona Brianezi para descer e comprar o lanche enquanto ela esperava com o pisca alerta ligado!

E ela desceu…

Deixando com Finorio R$4.727…

E nunca mais os viu!

– Mas a senhora não desconfiou que fosse um golpe senhora Brianezi? – perguntou o policial que registrava seu BO.

– Não! Eles eram tão bonzinhos, tão educados…! Além do mais, a advogada também entregou cinco mil pra ele! – ‘consola’- se dona Brianezi!

Só tinha uma nota de cem por cima do pacote de papel cortado, tia!!! E eles eram parceiros!!! Vivem de aplicar este golpe Brasil afora! O nome dele é Simplorio… O dela é Finória…!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s