Roubo na entrada da garage no Fatima

 

Adriano Velozo: O assaltante do portão da garage" caiu...!

Adriano Velozo: O assaltante do portão da garage” caiu…! Ele ficou pouco mais de um mês em liberdade!

Depois da onda do “crime das ‘michas’” – onda que durou pouco mais de um mês e passou sem ninguém ter sido preso! – agora é a vez da onda do “roubo na entrada da garage”!

É aquela em que você chega em casa depois do trabalho ou da balada, aciona o controle do portão e quando vai entrar… Um guampudo encosta um trabuco na janela, faz cara feia e manda você abrir a porta…!

Essa abordagem pode acontecer a qualquer momento! Pode ser no inicio da noite, no meio da noite ou de madrugada!

Se o guampudo levar apenas o carro, você ainda sai no lucro… Às vezes ele se convida e entra para tomar um cafezinho!!!

Mas dá pra evitar esse tipo de roubo sem passar sufoco… Basta ficar atento e não ter pressa em entrar em casa!

O “roubo na entrada da garage” tem acontecido com certa frequência nas ultimas semanas em Pouso Alegre!

Na ultima quinta feira, 02, foi a vez da minha amiga Cristina ver a coisa preta… Ou pelo menos morena!!

Ela chegava em casa, no Fatima I, na noite ainda criança e quando apontou o carro na porta de casa, um sujeito moreno alto e… feio, deu a ordem para ela descer  do carro e deixar a chave na ignição!

Apesar da cara feia, o assaltante até que foi delicado… Não disse nenhum palavrão! Antes de descer do carro Cristina meteu a mão na buzina! Sem saber que era ela, seu sobrinho saiu para atender…! E sem saber a reação do jovem, o assaltante desistiu do roubo e dobrou a serra do cajuru!

Vinte e duas horas depois, no mesmo bairro, foi a vez da minha outra amiga S.C. sentir o frio na espinha…!

     A noite mal havia estendido seu negro véu quando ela encostou no portão de casa. Antes de o portão abrir, um sujeito moreno alto e… feio, encostou do outro lado da porta e mandou ela descer!

     Stela pensou e agiu rápido…! Engatou primeira, acelerou e se afastou do portão… Deixando o ladrão com a calça na mão!

     Com a calça na mão mesmo o assaltante ficou minutos depois quando os homens da lei chegaram… Ele foi abordado há poucos quarteirões do local do frustrado assalto e recebeu as pulseiras de prata!

      Adriano Donizete Velozo,  ‘cadeieiro véio’ foi levado no taxi do contribuinte para a DP, sentou ao piano e assinou o 157.

    Como no Hotel do Juquinha em Pouso Alegre, há varias semanas ostenta plaquinha na portaria com os dizeres: “ Não há vagas”, Adriano foi se hospedar no Hotel do Contribuinte de… Alfenas!

      Adriano Donizete Velozo, 39 anos está na estrada do crime desde 1995. Seu currículo é bastante versátil… Tem 147, 155, 157, 168, 180 do código penal e o 10 da extinta 9437! Ele deixou o lar-doce-lar do Hotel do Juquinha no dia 25 de abril de 2015! Foi matar a saudade dos companheiros de caminhada…!

 

Anúncios