Policia militar prende ladrão de Cachorro

Chamar Rodrigo Rosa Martins de ladrão de cachorro é de fato uma ofensa! Afinal, meliante que furta 15 residências em menos de cinco meses, merece mais respeito! Mas ele furtou também um cachorro…

Rodrigo – Foto Vale Independente

Rodrigo Rosa Martins foi preso no meio da madrugada desta terça-feira, 30, no centro de Santa Rita do Sapucaí. Ele foi abordado pela PM no momento em que saia de uma residência da rua Cel. Antonio Moreira da Costa, no entro da cidade com a mão na massa. Na verdade, ele estava com a mão num vaso de cerâmica e outra mão numa ‘moça namoradeira’, também de cerâmica! Pilhado com a mão na massa já seca e dura no meio da madrugada fria, Rodrigo não conseguiu tapar o sol com a peneira. E foi logo dando o serviço.
– Eu furtei naquela casa ali, ó… – disse apontando a casa da qual acabara de sair.
Além das peças de cerâmica, Rodrigo levava nas costas uma mochila com ferramentas de pedreiro, inclusive uma chave de fenda. Apesar da vida dura, de ter que trabalhar de madrugada para ganhar o pão de cada dia, Rodrigo Rosa não é servente e nem pedreiro!
– Mas pra que então essas ferramentas, Rodrigo? – Quiseram saber os policiais.
– São para arrombar portas e janelas de residências e lojas… – teria dito o meliante solitário.
E não mentiu. Antes de afanar o vaso e a estatueta de moça namoradeira na rua Cel. Antônio Moreira, ele já havia arrombado a porta da FoxKids na Com. Custodio Ribeiro, cujos objetos furtados já havia mocosado na sua casa, na Ananias Marques, no entro da cidade.
Foi lá que o homens da lei encontraram e apreenderam dezenas de res furtiva, mais de 70 itens que vão desde violão a um cachorrinho de madame. O fofucho cãozinho de cor cinza da raça Shitzu foi roubado de uma residência no bairro Inatel.

O fofucho ja voltou para casa, no Inatel – Foto vale Independente

Como já estava mesmo na chuva, Rodrigo resolveu se molhar de vez, e confessou meia dúzia de furtos em lojas e residências na cidade, com o mesmo modus operandi:
– Eu sempre uso uma chave de fenda para abrir as portas. Às vezes é necessário quebrar alguns vidros e janelas – confessou o gatuno das madrugadas.

São mais de 70 itens apreendidos no mocó do ladrão de cachorro. Muito mais do que isso ja virou pedra ou pó nas biqueiras nas de Pouso Alegre – Foto vale Independente.

A polícia militar no entanto, acha que suas façanhas vão além. Só neste início de 2017, aconteceram 15 furtos deste gênero na cidade, os quais podem ter a assinatura do ladrão de cachorros. A maioria do produto dos furtos, segundo o meliante, foi vendida a preço de banana a intrujões de Pouso Alegre.
Apesar da paixão pelos bens alheios, Rodrigo Rosa Martins, 34, é um meliante sincero e diz que quando sair da cadeia vai continuar roubando…
– Vou ter que correr atrás do prejuízo, né, sargento! – Disse ele aos policiais que o prenderam.
Isso, no entanto, deve demorar um pouco. Cerca de quinze furtos, triplamente qualificados, poderão render perto de 80 anos de hospedagem gratuita para Rodrigo no Hotel Recanto das Margaridas! Foi pra lá que ele subiu no início da tarde desta terça-feira, 30.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s