Espancamento na fila da danceteria

A jovem foi agredida na cabeça pelo ex-companheiro, até perder os sentidos, na fila do Andurah.

Segundo Bruna, o agressor é seu ex-amasio Andre Luiz “Guinho” Cardoso.


Atender chamados no ‘point’ da galerinha jovem na Tuany Toledo nas quebradas da noite, não é novidade para a polícia militar. Desde que o conceituado restaurante passou – também – a danceteria, isso tem acontecido com certa frequência.
O BO deste domingo, no entanto , foi um pouco diferente. A jovem foi agredida enquanto ainda estava na fila para adentrar a danceteria! Quando chegaram ao local os policiais depararam com um grande tumulto e uma jovem estendida no chão… desacordada! Segundo testemunhas, ela fora agredida na nuca com uma barra de alumínio.
– Depois que ela caiu ao chão o cara e um amigo continuou batendo nela com socos e pontapés… – contou uma testemunha que exigiu o anonimato.
Ao recobrar os sentidos, ainda zonza e confusa, B. Scodeler contou que fora agredida pelo ex-amasio “André Luiz Cardoso”.
– Eu tenho uma filha com ele… – contou ela já no hospital para onde fora levada pelos anjos do Samu e ficou internada.
Ainda no local da selvageria, um dos populares entregou aos policiais uma chave de veículo GM, que o agressor havia derrubado durante a agressão. O ‘dono do sapatinho de ouro’ era o Astra cinza, placa DEC-5837, estacionado a poucos metros do local do sinistro. Como o veículo tem ligação direta com o fato criminoso, ele foi apreendido pela polícia.
“André Luiz “Guinho” Cardoso” – que, segundo a PM possui um mandado de prisão em seu desfavor – não foi encontrado para dar entrevistas. Isso não impede que ele tenha a prisão preventiva decretada pelo Homem da Capa Preta. Como a agressão à jovem mãe, e quiçá tentativa de homicídio, se deu em virtude da convivência marital, o agressor deverá ser enquadrado na famigerada Lei Maria da Penha. Embora não tenha sentido o frio das pulseiras de prata, a batata está assando pra ele!

*** Se o leitor quiser saber um pouco mais sobre a “convivência marital” do agressor com Bruna, leia a matéria “Guinho é preso – de novo – dentro do Hotel do Juquinha…” publicado aqui no blog no dia 03 de julho de 2013.

Anúncios

Uma resposta em “Espancamento na fila da danceteria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s