24 horas de liberdade…

Joel Santos de Jesus; O nome não ajudou...

Joel Santos de Jesus; O nome não ajudou…

Passavam os homens da lei pela Rua Rio Amazonas, na bicentenária São Gonçalo do Sapucaí, no final da noite desta quarta, 25, quando avistaram uma Kombi descendo a rua com as pernas bambas…! Antes que o utilitário se espatifasse num poste qualquer, os policiais se aproximaram e tentaram abordagem! Neste momento o piloto pisou fundo e tentou dobrar a serra do cajuru! Teria ido longe… Se não fosse um posto desavisado! Apesar da pancada no poste o motorista desceu trocando as pernas e tentou vazar mas tropeçou e caiu nos braços da lei. Era Joel Santos de Jesus, 39 anos, natural de Gandu-BA, morador de “Hotéis do Contribuinte”. Joel havia deixado o Hotel do Juquinha em Pouso Alegre no dia anterior após cumprimento de pena por furtos e roubos. Como a volta para casa à pé estava sendo muito lenta ele resolveu pegar a Kombi que estava estacionada na porta de uma casa com a chave no contato. Mas, como havia queimado pedra com suco de gerereba, passou a dirigir em zig-zag pela rua, o que atraiu a atenção dos policiais.

Levado para a Delegacia Regional de Pouso Alegre, Joel Santos de Jesus – o pai bem que tentou ajuda-lo com o nome, mas não adiantou! – sentou ao piano, assinou o 155 e 24 horas depois voltou para o lar-doce-lar do Hotel do Juquinha.

 

Ah, o dono da Kombi, Sr. Sergio dos Reis Flauzino Soares, como castigo por ter deixado a chave do veiculo no contato e ido dormir, ficou com o prejuízo do sinistro!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s