Atropelou de carro… tentou vazar a pé

O jovem João Pedro Neves Gonçalves, 19 anos, voltava para casa no inicio da madrugada deste domingo, 26, conduzindo seu Peugeot 207, quando na altura do numero 1570 da Prefeito Olavo Gomes de Oliveira, a pista ficou pequena e um poste de sinalização entrou na sua frente… Com a cabeça e as mãos doloridas, ele disse que havia tomado apenas duas latas de cerveja muitas horas antes e, portanto, estava cem por cento sóbrio, pronto para soprar o etilômetro. Sua mãe – mãe é mãe! – o incentivou.

- Sopra, filho… Não vai dar nada!

Que azar, deu!!!

O que este aparelhinho tem de nome difícil, tem também de sensibilidade. O danadinho acusou 0,44 dg/l de álcool por litro de sangue correndo nas veias do garotão. Essa ínfima quantidade de álcool, dá cana…

João Pedro só pode voltar para o jardim Califórnia, onde mora, depois que mamãe pagou R$622 de fiança.

Ainda bem que a placa de sinalização impediu que ele continuasse pilotando seu 207 pela madrugada…!!!

O cidadão Henrique Pereira Vieira, 36 anos, foi mais funesto…!

Ele conduzia seu Fiat Palio pela avenida João Batista Piffer, no Jardim Aeroporto, quando de repente a jovenzinha Nayara de Oliveira Alves, 18 anos surgiu à sua frente. Henrique havia passado a tarde vendo o Corinthians perder de virada para o São Paulo, abraçado a umas loiras geladas e estava, portanto, mamadinho, mamadinho. Ao ver a jovenzinha na beira da rua, na verdade viu varias Nayaras e fez o que pôde… desviou de quase todas elas. Mas acabou atropelando justamente a verdadeira…!!!!!

Com muita dificuldade ele desceu do carro e tentou vazar à pé. Foi contido por populares e entregue à policia. O sisudo bafômetro acusou que 17,8 dg/l do liquido que corria em suas veias era suco de gerereba.

Apesar do alto teor de embriagues ao volante, ele pagou a mesma fiança do João Pedro e foi para casa. Mas vai responder também pelas lesões corporais que causou na pequena Nayara, que foi levada para o PS do Regional Samuel Libanio.

Comentários